Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Letras

O Exame as tradições fariseias de Uriel da Costa. Edição crítica anotada, com estudo introdutório
O ocultamento da música na poética aristotélica e a presença da musicalidade no trovar
Aspectos da Retórica Seiscentista
Estudo crítico e tradução do texto árabe da Poética de Aristóteles (Século X)
Edição comentada de Os infortúnios trágicos da constante Florinda
Edição da Obra Completa do Padre Antônio Vieira

Doutora em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1996). Professora livre-docente da área de Literatura Portuguesa da Universidade de São Paulo. Pós-doutorado na Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales. Atua principalmente nas seguintes grandes áreas: poética, retórica, literatura portuguesa antiga, literatura brasileira colonial, prosa e poesia dos séculos XVI e XVII, Antonio Vieira.

As instâncias de pessoa na discursividade. Perspectiva comparada em domínios discursivos da Hispano-América e do Brasil
Funcionamento da enunciação em português brasileiro e espanhol
Planeamiento del lenguaje en el MERCOSUR: estudio glotopolítico y propuestas para la enseñanza media
Proximidade lingüística e memória discursiva. Exploração em gêneros da cultura de massa
Tópicos contrastivos no funcionamento do Português brasileiro e do espanhol
Regularidades enunciativas em discursividades do português brasileiro e do espanhol

Possui doutorado em Linguística e Língua Portuguesa pela UNESP-Araraquara (2002). Fez estágio de pós-doutorado em 2006, na Universidad de Buenos Aires (Argentina), com bolsa da FAPESP. Atualmente, e desde 2002, é professor doutor com dedicação integral na Universidade de São Paulo (USP), atuando na graduação e pós-graduação no Departamento de Letras Modernas. Pesquisa sobre a proximidade entre o Espanhol e o Português na América do Sul focalizando o plano discursivo e os processos enunciativos. Publicou artigos em revistas científicas de diversos países do mundo, com avaliação de pares, é autor e organizador de vários livros na especialidade. Coordena ações de cooperação internacional para pós-graduação e tem ministrado cursos em diversos programas de mestrado e doutorado da Argentina, a partir de 2005, e de Cabo Verde em 2003. É parecerista de diversos órgãos governamentais de fomento à pesquisa. É bolsista de produtividade, nível 2, do CNPq. Presidente da Associação Brasileira de Hispanistas no biênio 2010-2012. Integrou a coordenação do VII Congresso Brasileiro de Hispanistas (2012) e presidiu a Comissão Organizadora do I Congresso Internacional de Professores de Línguas Oficiais do Mercosul (2010). 

As páginas autobiográficas de Calvino
Italo Calvino e a metaliteratura do século XX
Questões literárias: os desafios da escrita italiana dos séculos XX e XXI
O artista como crítico: Italo Calvino e o ensaio
Gêneros híbridos da modernidade
Ensino de italiano no curso de Graduação em Letras

Possui graduação em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho- UNESP (1987), especialização em Literatura Italiana pela Università degli Studi di Firenze, Florença-Itália (1989), mestrado (1998) e doutorado (2005) em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo. Foi professora na Universidade Estadual Paulista, UNESP-Assis (1991-2007). Atualmente é Professora Doutora MS3, nível 2, de Literatura Italiana do Departamento de Letras Modernas e do Programa de Pós-graduação em Língua, Literatura e Cultura Italianas da Universidade de São Paulo (USP). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Italiana Moderna e Contemporânea, e atua no campo das narrativas estrangeiras contemporâneas, dos estudos comparados e da teoria literária.

A construção da memória ficcional na literatura argentina contemporânea
Intermitências de vida: poesia e memória autobiogrãfica
Modernidade na América Latina. Do Modernismo às Vanguardas: configuração de tradições e de gêneros dos diversos campos intelectuais
Modalidades de Alguns Processos Constitutivos da Literatura Ibero-Americana: do Modernismo às Vanguardas

Possui graduação em Professora de Ensino Médio e Superior Em Letras pela Universidad Nacional de Rosario(1986), doutorado em Letras (Literatura Espanhola e Hispano-Americana) pela Universidade de São Paulo(2001) e pós-doutorado pela Universidade Estadual de Campinas(2007). Atualmente é Professor Doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literaturas Estrangeiras Modernas. Atuando principalmente nos seguintes temas:Literatura Hispano-Americana, Literatura cubana, Revistas, Orígenes, Lezama Lima.

Lexicologia e Lexicografia
Teoria das Operações Enunciativas
Marcas culturais e tradução (regionalismos ou termos) Lexicografia bilíngüe diferencial: elaboração do Dicionário Relacional - DIRE Elaboração de corpora paralelos português-francês (CPF) Tradução e enunciação

Possui graduação em Letras Bacharelado com Habilitação de Tradutor (Francês) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1991), mestrado em Letras (Literatura Brasileira) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (CNPq, 1994), doutorado em Letras, Linguística e Língua Portuguesa, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (CNPq, 2002, com estágio na Université de Paris VII), Pós-Doutorado em Estudos Tradutológicos pela Universidade de São Paulo (CITRAT/FAPESP, 2003-2006) e Pós-Doutorado em Linguística - Teoria das Operações Enunciativas pela Université de Paris VII (FAPESP, 2009). Atualmente é professora doutora (francês - tradução) junto ao Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Sua área de interesse é a Tradução, considerando suas interfaces com a Linguística (enunciativa e de corpus), a Lexicologia/Lexicografia bilíngue, a Terminologia/Terminografia bilíngue e a Literatura (o desenho em estilo mangá que aparece como minha imagem é de autoria de Renata Saito, realizado em 23/10/2006, Sorocaba-SP).

Quéreas e Calírroe: tradução e estudo do romance de Cáriton de Afrodísias
Cenas de reconhecimento na prosa grega antiga
Cenas de Reconhecimento na Poesia Grega
Intersecção entre tragédia e comédia na Atenas do final do século quinto a. C.
A parábase na comédia de Aristófanes
Estudo e tradução da comédia

Adriane da Silva Duarte é graduada em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1987), com mestrado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo (1993, "Palavras Aladas: As Aves de Aristófanes") e doutorado em Letras (Letras Clássicas) pela mesma Universidade (1998, "O dono da voz e a voz do dono: a parábase na comédia de Aristófanes). Em 2010 tornou-se livre-docente. Atualmente é professora associada da Universidade de São Paulo na área de Língua e Literatura Grega, atuando tanto na graduação como na pós-graduação. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua e Literatura Grega, Teatro e Tradução, pesquisando principalmente os seguintes temas: O teatro de Aristófanes, Comédia grega antiga, Teatro grego e Cenas de reconhecimento na poesia e na prosa grega. Coordena, junto com a Profa Dra Zélia de Almeida Cardoso, o Grupo de Pesquisa "Estudos sobre o Teatro Antigo". Tradutora de Aristófanes, publicou as comédias "As Aves" (SP: Hucitec, 2000) e "Duas Comédias: Lisístrata e As tesmoforiantes" (SP: Martins Fontes: 2005), além dos estudos "O dono da voz e a voz do dono: a parábase na Comédia de Aristófanes" (SP: Humanitas/Fapesp, 2000) e "Cenas de reconhecimento na poesia grega" (Campinas: Editora da Unicamp, 2012). Fez parte da equipe de redatores do Dicionário Grego-Português (SP: Ateliê Editorial, 2006-2010).

A nomenclatura dos vasos gregos em português

Professor de Língua e Literatura Latina na Universidade de São Paulo. Bacharelado em Latim e Português (2002) e Árabe (2008), Mestrado em Linguística (2006), Doutorado em Letras (2011) e Pós-doutorado (2013) pela Universidade de São Paulo.

Platão e a dialética
A retórica latina
Sofística e Retórica
Práticas discursivas na Grécia Clássica
O elenchos socrático
Sobre o orador de Cícero

Possui graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1988); graduação em Latim, Grego e Português pela Universidade de São Paulo (1987); mestrado em Filosofia - Fac. de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP (1994) e doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (2001), desenvolvido com bolsa-sanduíche da CAPES na École Normale Supérieure rue d'Ulm. Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo junto ao Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas na área de Língua e Literatura Grega. Tem experiência na área de Letras e Filosofia, com ênfase em Línguas e Literaturas Clássicas e em Filosofia Antiga, atuando principalmente nos seguintes temas: sofística, poética e retórica greco-latina.

A invenção no Do orador de Cícero: um estudo à luz de Ad Familiares I, 9, 23
Sátiros e sátiros na poesia antiga: Estudo e tradução dos De Satyrica Graecorum Poësi et Romanorum Satira libri duo, de Isaac Casaubon
Polêmica como estratégia retórico-persuasiva nas obras retóricas latinas

Possui graduação em Letras: Latim/Português pela Universidade de São Paulo (1999), mestrado em Letras Clássicas pela Universidade de São Paulo (2003) e doutorado em Letras Clássicas pela Universidade de São Paulo (2009). Atualmente é professor assistente da Universidade de São Paulo, atuando na área de Retórica Antiga, particularmente na obra de Marco Túlio Cícero. Lidera a linha de pesquisa "Estudos Ciceronianos", pelo PROAERA. Dedica-se, atualmente, à pesquisa da polêmica como estratégia retórico-persuasiva nas obras retóricas latinas.

Estudos das línguas, culturas e textos
A tradução entre línguas e práticas
Literaturas em tradução
Estudos de língua francesa

Possui graduação em Lettres Modernes - Université de Orléans (1973), mestrado em Lettres Modernes - Université de Orléans (1974) e doutorado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (1995). Atualmente é professor do Curso de Francês da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Língua francesa e tradução com ênfase em Lingüística, Letras e Artes, atuando principalmente nos seguintes temas: tradução, oralidade, legendagem, língua francesa e tradução do texto literário.

Leitura de contos de Machado de Assis
Poesia de Ferreira Gullar
Consciência lírica em Drummond
Lírica e sociedade
Tendências poéticas contemporâneas

Tem graduação (bacharelado e licenciatura) em Letras pela Universidade de São Paulo (1971). Fez mestrado (1976) e doutorado (1984) em Literatura Brasileira, orientado pelo Prof. Dr. Alfredo Bosi, nessa mesma universidade. Aprovado em concurso de Livre-docência (1999), é, desde 2003, Professor Titular de Literatura Brasileira na FFLCH-USP. Tem longa experiência na área de Letras, com ênfase em Poesia Moderna. Vem se dedicando principalmente aos seguintes temas: lírica e sociedade; poéticas de Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Melo Neto, Manuel Bandeira e Ferreira Gullar ; tendências poéticas contemporâneas. Nos últimos anos tem estudado a produçao contística de Machado de Assis. Vem ministrando com regularidade cursos de graduação e pós-gradução na USP e exercendo suas funções como orientador na área de Literatura Brasileira.

Brépols brasileiro

Doutor em Letras e bacharel em História, pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências da Universidade de São Paulo (FFLCH - USP), onde exerce a pesquisa e a docência na área de literatura francesa.

Estudo da organização dos livros das Odes de Horácio
Poesia, poética e tradução de textos gregos e latinos
Poesia bucólica greco-latina

Possui graduação incompleta em latim pela FFLCH/USP (2000), graduação em Jornalismo pela PUC/SP (1997), mestrado em Letras Clássicas pela FFLCH/USP (2005) e doutorado em Letras Clássicas pela FFLCH/USP (2010), com estágio de pesquisa (agosto/08 a julho/09) na Università degli Studi di Roma "La Sapienza", mediante bolsa CAPES (PDEE). É professor do curso de graduação em Letras da Universidade de São Paulo e membro do Classics Research Seminar, ligado à Università degli Studi di Roma "La Sapienza", e ao VerVe (Verbum Vertere): grupo de pesquisa sobre poética e tradução de textos latinos e gregos, cadastrado no CNPq. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas e Literatuas Clássicas, atuando principalmente nos seguintes temas: gêneros poéticos, bucólica, iambo/epodo, lírica, organização de livros poéticos e tradução.

A tradução de literatura francesa no Brasil
Tradução e retradução da poesia de Mallarmé no Brasil
Tradução de literatura francesa no Brasil
Traduzir o poema: operações textuais
Traduzir "Les Fleurs du mal" de Baudelaire: em que medida?

Doutor em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (2003). É professor livre-docente de Literatura Francesa da USP. Tem experiência na área de Poesia e Tradução, atuando principalmente nos seguintes temas: tradução, poética comparada e poesia. É também tradutor, poeta e cancionista.

Ensaio e ficção na literatura hispano-americana dos anos 1990-2010 Juan Villoro, Sergio Chejfec e Roberto Bolaño
Ensaio de narradores na literatura argentina de 1970 a 2010: Luis Gusmán e Sergio Chejfec
Ensaio e ficção na literatura latino-americana 1970-1990

Possui Bacharelado em Letras Modernas - Universidad Nacional de Córdoba (1985), , mestrado em Teoria Literária pela Universidade Federal de Santa Catarina (1994) e doutorado em Letras (Língua Espanhola e Lit. Espanhola e Hispano-Americ.) pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é professora doutora da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Hispano Americana, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura latino-americana, literatura argentina, discurso crítico, ensaio hispano-americano, narrativa hispano-americana e revistas culturais latino-americanas. 

Possui graduação em Fisica pela Universidade de São Paulo (1985), mestrado em Letras pela Universidade Federal do Paraná (1989), doutorado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (1997) e pós-doutorado na Universidade de Massachusetts (2000). Realizou estágios na University of British Columbia (2005), na Université Paris 8 (2009) e na Université Paris 7 (2010 e 2012). Desde 1998 é docente do Depto. de Lingüística da Universidade de São Paulo. Atua principalmente nas seguintes áreas: semântica formal, interface sintaxe-semântica e línguas indígenas brasileiras. Site da pesquisadora: http://linguistica.fflch.usp.br/node/556.

Literatura, cultura, política: romance e leituras do Brasil a partir de 1930
Realismos em perpectiva: Graciliano Ramos e o romance norte-americano dos anos 1930
Formas do romance moderno: ironia e demonização
Trânsito social e trauma subjetivo: a história paralisada em romances de Graciliano Ramos e Dyonélio Machado
Romance e periferia
Ordem e desordem: perspectivas de um ritmo histórico brasileiro nas obras de Graciliano Ramos e Dyonélio Machado

Graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1996), graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1995), doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo (2002). Atualmente é professora de Teoria Literária e Literatura Comparada na Universidade de São Paulo (desde fev. de 2005). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, Literatura Brasileira, Crítica Literária, atuando principalmente nas seguintes linhas de pesquisa: literatura e sociedade, formas e gêneros literários, narrativa e modernização brasileira, realismo e mito, literatura brasileira do século XX e contemporânea.

Cross-linguistic reflections of cognitive distinctions
Formação de Palavras, Estrutura Argumental e Geometria de Traços sob a perspectiva da Morfologia Distribuída
A Morfologia Distribuída e as Nominalizações Eventivas no Português do Brasil
A Natureza do Léxico e suas Relações com a Morfologia, a Sintaxe e a Semântica
Estudo dos Princípios e Parâmetros Lingüísticos

Ana Paula possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1988), mestrado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (1996) e doutorado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (2004). Realizou estágios pós-doutorais na University of Calgary (2006) e na University College London (2011-2012). É professora doutora da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Gramática, pesquisando, principalmente, dentro do paradigma da Gramática Gerativa, em particular, da Morfologia Distribuída. Interessa-se pelas interfaces que a morfologia faz com a sintaxe, a fonologia e a semântica. Dentro dessas interfaces, pesquisa os fenômenos relacionados à estrutura argumental e sincretismo, bem como à derivação de nomes deverbais não afixais, particípios inovadores, formas truncadas e adjetivos com uso adverbial. 

Texto e Discurso na Modalidade Oral e Escrita
Texto e Discurso nas Modalidades Oral e Escrita
Estratégias linguístico-discursivas do discurso joralístico na imprensa escrita.
Um estudo das marcas de Interação no texto jornalístico
O discurso jocoso e sua manifestação na imprensa escrita

Possui graduação em Língua e Literatura Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1975), mestrado em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1986) e doutorado em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (1994). Atualmente é professora do quadro de carreira, categoria titular, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; e professora efetiva, doutora, da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: jornalismo popular, redação de vestibular, discurso da violência, humor e criticidade.

Possui graduação em Filosofia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP) e é doutor em filosofia na mesma instituição. Atualmente faz pós-doutoramento, junto ao Departamento de Filosofia da Universidade de Brasília (UnB)

Fraturas no olhar: realidade e representação em Cornélio Penna
União, cisão, reunião em Lavoura arcaica, de Raduan Nassar

Possui graduação em Letras pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (1996), e mestrado (2000) e doutorado (2006) em Literatura Brasileira também pela FFLCH / USP. Desenvolveu projeto de pesquisa em Teoria e Crítica Literária (pós-doutorado) junto à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (2008-2011). Foi Visiting Research Fellow junto ao Institute of English Studies, School of Advanced Study, University of London (2009). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira. É autor de "Ritos da paixão em Lavoura arcaica". Atualmente, é professor de Literatura Brasileira na Universidade de São Paulo. 

Odisseu e a astúcia: uma interpretação da Odisseia
Uma interpretação da Odisseia: Cantos 1-8
Épica hesiódica e homérica
Crítica do mito homérico
Tradução da poesia e da prosa grega
Gêneros literários na Grécia antiga: absorção, disputa e usos da narrativa

Possui bacharelado em Letras (1993) e mestrado (1998) e doutorado (2003) em Letras Clássicas, todos pela Universidade de São Paulo. No ano de 2011-2012, fez pós-doutorado junto à Brown University/EUA, e em 2013 realizou sua livre-docência pela USP, onde é professor de língua e literatura grega desde 2001, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Desenvolve atualmente os seguintes projetos: "Odisseu e a astúcia: uma interpretação da Odisseia" (bolsa de produtividade do CNPq); "Épica hesiódica e homérica" (estudos temáticos e/ou comparativos); e "Tradução da poesia e da prosa grega". É autor dos livros "O regaste do cadáver: o último canto da Ilíada" (Humanitas/2000), "A selvagem perdição: erro e ruína na Ilíada" (Odysseus/2006) e "Homero múltiplo: ensaios sobre a épica grega" (Edusp/2012). Traduziu, de Platão, as seguintes obras: " Íon e Hípias Menor" (L&PM/2007) e "Êutifron, Apologia de Sócrates e Críton" (L&PM/2008).

Experiência e representação na narrativa contemporânea
A Crise da Experiência na Narrativa Contemporânea
Formas e Tendências na Narrativa Contemporânea
Exclusão e Marginalização na Narrativa Brasileira Atual
A França e a Literatura Brasileira Contemporânea
Narrativas Periféricas

Possui graduação em Letras Português Bacharelado e Licenciatura pela Universidade de São Paulo (1987), mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1993) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1999). É professora do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da Universidade de São Paulo desde 1998. Foi professor/pesquisador convidado - Université Paris 8 no ano letivo europeu de 2003/2004. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária e Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura brasileira, teoria literária, crítica literária, literatura comparada, narrativa contemporânea e literatura contemporânea. 

exicologia, Lexicografia, Fraseologia e uso de corpora no ensino e na tradução
Lexicologia, Lexicografia, Fraseologia e uso de corpora no ensino e na tradução
eitura e produção de textos em língua estrangeira
Fenômenos de contato entre o italiano e o português
Subsídios no processo de ensino/aprendizagem de italiano língua estrangeira: uso de dicionários e formação de corpus de textos escritos

Angela M. T. Zucchi é docente na Área de Língua e Literatura, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Na mesma instituição, graduou-se em português, espanhol e italiano(1992) e Licenciatura (2000), titulou-se mestre em Língua Italiana (2002), fazendo um estudo sobre as colocações verbais (verbal collocations/ collocazioni verbali ) em italiano e doutorou-se em Linguística (2010), especializando-se na área de Lexicologia e Lexicografia, com foco no uso de dicionários por parte de aprendizes de italiano. É tradutora pública, nomeada pela Junta Comercial do Estado de São Paulo e também traduz textos literários e outros. Antes de seu trabalho na Universidade de São Paulo, além de lecionar italiano, morou na Itália onde fez diversos cursos em diferentes instituições e regiões, nas cidades de Bologna, Siena, Assisi e Reggio Calabria. Sua vivência de estudos e trabalho no exterior também inclui Inglaterra e Alemanha. Atualmente, leciona disciplinas de Língua e Cultura Italiana e de Teoria e Prática de Tradução, nos cursos de graduação e de pós-graduação na FFLCH/USP. Tem resultados de suas pesquisas publicados em livros e revistas especializadas. Participa, com apresentações, de eventos científicos no Brasil e no exterior, cuja temática esteja no âmbito de seu interesse de pesquisas, ou seja, léxico e lexicografia, ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras, linguística de corpus e tradução.

Da Torre de Marfim à Torre de Babel

Possui graduação em Língua e Literatura Inglesas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1976), mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1985) e doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996). Realizou pesquisa de Pós-Doutorado na Universidade de Campinas e na Universidade de Montreal. Atualmente é professor-doutor - MS3 da Universidade de São Paulo. Suas pesquisas concentram-se na área de Lingüística Aplicada e seus interesses de pesquisa estão ligados à análise do discurso, ensino de língua estrangeira, mídia e práticas identitárias.

A Lírica oitocentista e suas especificidades
Estudos oitocentistas
Poéticas e Escritas da Modernidade
Camilo Pessanha, Cruz e Sousa, leituras do Simbolismo francês e as poéticas da modernidade
A poesia de Mário de Sá-Carneiro e a de Augusto dos Anjos e a escrita do eu na modernidade
António Nobre, Alphonsus de Guimaraens e outros simbolistas
Literatura e formação de leitores: a aptidão dos instrumentos de ensino

Graduou-se em Letras (Bacharelado e Licenciatura) em 1993, pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), onde fez o Mestrado em Teoria e História Literária (1996). Doutora em Letras (Literatura Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (2001), teve sua pesquisa apoiada pela FAPESP, que também fomentou por duas vezes (em 1997/1998 e em 2000/2001) o Programa de Estágio e Aperfeiçoamento no Exterior realizado na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Em 2002-2003 fez seu Pós-Doutoramento na Universidade de São Paulo, tendo participado do Programa de Estágio Docente para Recém-Doutor ministrando as disciplinas Literatura Portuguesa III e Literatura Portuguesa IV no Curso de Letras. Em 2008, com apoio da FAPESP, realizou segundo Pós-Doc, na Universidade Nova de Lisboa. É Professora Doutora da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, onde ministra disciplinas na Graduação e na Pós-Graduação, orienta pesquisas em nível de IC, Mestrado e Doutorado, participa, como organizadora e palestrante, de Programas de Extrensão e desenvolve atividades de Representação e Coordenação. É líder do Grupo de Pesquisa "Poéticas e Escritas da Modernidade (poem)" e pesquisadora principal dos projetos de pesquisa: "A poesia de Mário de Sá-Carneiro e a de Augusto dos Anjos e a escrita do eu" e "Camilo Pessanha, Cruz e Sousa, leituras do simbolismo francês e as poéticas da modernidade". Coordena o Laboratório de Estudos de Poéticas e Ética na Modernidade (LEPEM). Mantém publicação regular, no Brasil e no exterior, em importantes revistas e periódicos da Área, em dicionário e em livros. Tem experiência na Área de Letras com ênfase em Outras Literaturas Vernáculas e atua principalmente nos seguintes temas: Poesia, Lírica Moderna, Século XIX, Simbolismo, Geração de Orpheu. É membro da Casa da Escrita (Coimbra/Portugal).

Antologia de Poetas das Dinastias Tang e Song
A Revolução Cultural (1966-1976): iconografia, slogans e canções

Possui graduação em Letras com habilitação em Língua e Literatura Chinesa pela Universidade de São Paulo (1992) onde foi aluno dos professores Sun Chia Chin e Mario Bruno Sproviero. Também estudou Cerimônia do Chá com o mestre Sokey Hayashi da Escola Urasenke, na Casa de Cultura Japonesa da USP (1988-1996). Atualmente é professor da área de Língua e Literatura Chinesa do Departamento de Letras Orientais da FFLCH-USP, atuando principalmente nos seguintes temas: Poesia Chinesa Clássica e História da Revolução Cultural (1966-1976). Também é escritor e poeta tendo como principais referências Julio Cortazar, Kurt Vonnegut Jr e Augusto de Campos. 

O discurso da poesia concreta - uma abordagem semiótica
Retórica e semiótica
O discurso da tradição esotérico-religiosa

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1989), mestrado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (1997) e doutorado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente é professor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Teoria e Análise Lingüística, atuando principalmente nos seguintes temas: semiótica, análise do discurso, literatura, literatura brasileira.

Estudos culturais
Literatura e religião
Literatura e outras formas do saber
O salazarismo e seus estertores: diálogos entre literatura e cinema
Heterodoxias nas Literaturas de Língua Portuguesa
Literatura, Cinema e Cultura dos países de Língua Portuguesa: Intersecções
Heterodoxias: da Geração de 70 à Geração de Orpheu
Interlocuções luso-brasileiras: a Revista de Portugal
O sagrado e o profano em José Saramago

Aparecida de Fatima Bueno concluiu o doutorado em TEORIA E HISTÓRIA LITERÁRIA pela Universidade Estadual de Campinas em 2000. Atualmente é Professor Associado da Universidade de São Paulo. Realizou Pós-Doutoramento na Universidade de Lisboa (2004-2005), com bolsa da Fapesp. Publicou inúmeros artigos em periódicos especializados e inúmeros trabalhos em anais de eventos, tanto no Brasil como no exterior. Possui diversos capítulos de livros e 2 livros publicados. Tem orientado trabalhos em nível de iniciação científica, mestrado e doutorado. Suas pesquisas exploram as relações entre Literatura, História e Cultura, com enfoques na Literatura Portuguesa Oitocentista e Contemporânea, além dos diálogos entre Literatura e Cinema. Atua na área de Letras, com ênfase em Literaturas de Língua Portuguesa. 

O romance brasileiro contemporâneo (1980/90)
Teoria dos gêneros: prosa moderna no Brasil (1945-85)

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo(1981), mestrado em Letras (Literatura Brasileira) pela Universidade de São Paulo(1990) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo(1997). Atualmente é Professor da Universidade de São Paulo e Membro de corpo editorial da Magma (USP). Tem experiência na área de Letras.

Representações da História Árabe no século XX, entre o Orientalismo e a Historiografia Árabe Contemporânea
Cultura e Política na Formação da Nacionalidade Palestina

Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1994), mestrado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1998) e doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (2003). É Professor Doutor do Departamento de Letras Orientais (FFLCH) da Universidade de São Paulo, atual Diretora do Centro de Estudos Árabes da USP e membro do comitê de coordenação do United Nations International Coordinating Network on Palestine (ICNP-UN). Tem experiência na área de História, com ênfase em História Contemporânea, atuando principalmente nos seguintes temas: história da palestina, história árabe, marxismo, questão judaica, questão palestina. 

A Arte de Dostoiévski
Aspectos Intertextuais do Teatro Russo Moderno e Contemporâneo
Tradução e Estudo Crítico de Textos do Teatro Russo Soviético
Literatura Russa: Estudos Comparativistas

Possui graduação em Português e Russo pela Universidade de São Paulo (1975), graduação em Licenciatura pela Universidade de São Paulo (1975), mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1985) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1991) e Pós-Doutorado pela Universidade Nova de Lisboa (FAPESP 1992). Profa. Associada - Livre-Docente do DLO/FFLCH da Universidade de São Paulo (2008) e Professora Titular DLO/FFLCH/USP (2012). Coodenadora do Curso de Graduação de Língua e Literatura Russa e Vice-Coordenadora do Programa de Pós-Graduação de Literatura e Cultrua Russa da Unviersidade de São Paulo. Foi Professora Leitora e Professora Visitante da Universidade Estatal Lomonóssov de Moscou e da Universidade Nova de Lisboa. Tem experiência na área de Letras (Teoria Literária e Estética Teatral), atuando principalmente nos seguintes temas: Teatro Russo, Literatura Russa, Cultura Russa, Estética e Crítica Teatral, Estudos Comparados.

Documentação e Análise do Português Culto falado em São Paulo
História do Português de São Paulo
Projeto de Gramática do Português Culto Falado no Brasil

Formação científica: na FFLCH da Universidade de São Paulo, Licenciado em Letras Clássicas em 1959, Especialização em 1960, doutor em Linguística em 1966, livre-docente em Filologia e Linguística Portuguesa em 1993. Atividades profissionais: Professor Titular da Universidade Estadual Paulista, campus de Marília (1961-1975), então CESESP. Visiting professor da Universidade do Texas em Austin (1970). Professor Titular do Dep. de Linguística do Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas (1975-1991), cargo em que se aposentou em 1991. Professor Titular de Filologia e Língua Portuguesa na FFLCH da Universidade de São Paulo (1996 a 2006). Professor emérito da FFLCH/USP em 2013. Atualmente é professor colaborador voluntário na Universidade Estadual de Campinas. Atividades de pesquisa: coordenou os seguintes projetos coletivos de pesquisa: Projeto NURC/SP (1970-1988), Projeto de Gramática do Português Falado (1988-2011), Projeto para a História do Português Brasileiro, equipe de São Paulo, de 1995 a 2011, quando foi substituído a seu pedido. Editor geral da obra coletiva História do Português Brasileiro, 10 volumes, em andamento. Areas de pesquisa: Linguística do Português, com ênfase nas seguintes sub-áreas: descrição da língua falada, sintaxe funcionalista do português brasileiro, história do português brasileiro, análise multissistêmica do português brasileiro. Vida associativa: Sócio honorário da Associação de Linguística e Filologia e América Latina e do Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo. Membro do corpo editorial das seguintes revistas: Alfa (Revista de Linguística da UNESP), Linguística (revista da Associação de Linguística e Filologia da América Latina), Revista do GEL, Cadernos de Estudos Linguísticos (Unicamp), Filologia e Linguística Portuguesa (USP), Biblos (Coimbra), Editora da Universidade de Londrina.

(Texto informado pelo autor)

Poesia Modernista
Crônica e memorialismo
Prosa e poesia contemporâneas

Graduado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1983), mestre em Literatura Espanhola e Hispano-America (1992) e doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (2004). Desde 1990, trabalha como professor de Literatura Brasileira na Universidade São Paulo. Tem atuado como poeta, crítico e editor com ênfase em publicações relacionadas a poesia modernista (Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira, Murilo Mendes, Raul Bopp e João Cabral de Melo Neto), crônica e memorialismo (Machado de Assis, Lima Barreto, Rubem Braga, Iberê Camargo e Cícero Dias), prosa e poesia contemporâneas (Dalton Trevisan, Chico Buarque de Holanda, Francisco Alvim, Cacaso, Orides Fontela).

Mito e literatura
Tradução literária
Literatura Russa

Possui graduação em Língua e Literatura Inglesa pela Universidade de São Paulo (1963), graduação em Curso livre de língua russa pela Universidade de São Paulo (1966), mestrado em Letras (Língua e Literatura Italiana) pela Universidade de São Paulo (1970), doutorado em Letras (Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (1973). É professora titular do DLO-FFLCH da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria e Critica Literárias, atuando principalmente nos seguintes temas: Teoria e Critica Literárias, Literatura Russa, Literatura Italiana, Literatura Comparada e Teoria da Narrativa, Semiótica Russa.

(Texto informado pelo autor)

Lexicologia e Terminologia do Português
Ensino de português para falantes de outras línguas
Ensino de português acadêmico
Morfologia e Léxico em práticas de leitura no ensino de PLE
Estudo do texto no ensino de português para falantes de outras línguas
Estudo do léxico na perspectiva discursiva

Possui Mestrado em Didática pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (1997) e Doutorado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (2002). Atualmente é professora doutora da Universidade de São Paulo, na área de Filologia e Língua Portuguesa e coordena, desde 2007, a área de Português do Centro de Línguas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nas seguintes áreas: lexicologia, léxico e ensino e ensino de português para falantes de outras línguas.

Sincronização na fala e no canto: diferentes organizações temporais da canção brasileira e da fala
Sounds of the Brazilian Language - UNESCO Chair Multilingualism and local content production in Digital World
De uma borda a outra da vogal nasal: por evidências de um padrão específico do gesto nasal em português brasileiro
Aspectos articulatórios da fala e do canto em PB: investigação via IRM e filmagem da face
Aspectos estudos fonéticos da fala e do canto: do acústico ao perceptual e ao articulatório

Tendo obitido o doutorado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas em 2002. é, desde 2003, professora doutora da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Lingüística, atuando principalmente nos seguintes temas: fonética, fonologia, linguagem, fala e canto. Há duas vertentes em seu trabalho de pesquisa: a questão da nasalidade vocálica em PB, como um gesto complexo, que deve ser estudado à luz de uma teoria fonológica dinâmica e as relações entre a fala e o canto que apontam para os aspectos lingüísticos que interagem com a música.

Leitura e Produção de Textos
Teoria da Poesia
Teoria da Narrativa

Possui os seguintes títulos: graduação em Letras (Português e Francês) pela Universidade de São Paulo (1976); mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1985) ; e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) também pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é professora doutora tanto da Universidade de São Paulo, na FFLCH, em que faz parte do DLCV, quanto da Universidade São Judas Tadeu. Na área de Letras, tem experiência em Língua Portuguesa, com ênfase em Leitura e Produção de Textos; e em Literatura, sobretudo Teoria da Poesia e Teoria da Narrativa, atuando principalmente nos seguintes temas: poesia e prosa modernas, leitura estilística e ideológica. 

Literatura e sociedade nas literaturas de língua portuguesa
Literatura Africana

é professor titular da FFLCH da Universidade de São Paulo. Pesquisador 1 A do CNPq, foi adjunto de representante e coordenador da área de Letras e Lingüística da CAPES; ex-representante das áreas de Humanas no Conselho Técnico-Científico dessa agência do MEC. Ex-presidente da Associação Brasileira de Literatura Comparada, foi por duas gestões representante dessa área do conhecimento no CNPq. Membro do Conselho Editorial de várias revistas científicas, foi diretor ou coordenador de séries ou coleções editoriais, entre elas, a Princípios e Fundamentos (Editora Ática), Literatura Comentada (Editora Abril), Ponto Futuro e Livre Pensar (Editora SENAC-SP). Suas pesquisas, desde o Mestrado, na Universidade de São Paulo, situam-se no campo da Literatura Comparada, atuando no âmbito das literaturas de língua portuguesa. Foi um dos introdutores dos estudos das Literaturas Africanas no país. Ex-vice-diretor da Comissão de Cooperação Internacional e chefe do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da USP, é o primeiro presidente da AFROLIC - Associação Internacional de Estudos Literários e Culturais Africanos. Publicou cerca de quarenta títulos de livros (livros de autoria individual, organização de coletâneas críticas e antologias), entre eles A escrita neo-realista (1981); História social da literatura portuguesa (1984); Tempos da Literatura Brasileira (1985); Literatura, história e política (1989); Fronteiras múltiplas, identidades plurais: um ensaio sobre mestiçagem e hibridismo cultural (2002); De vôos e ilhas: literatura e comunitarismos (2003); Literaturas de língua portuguesa: marcos e marcas - Portugal (2007); Literatura comparada e relações comunitárias, hoje (2012). Entre as coletâneas que organizou ou co-organizou, podem ser mencionadas Ecos do Brasil: Eça de Queirós, leituras brasileiras e portuguesas (2000); Personae: grandes personagens da literatura brasileira (2001); Incertas relações: Brasil e Portugal no século XX (2003); Margens da cultura: mestiçagem, hibridismo & outras misturas (2004); Portos flutuantes: trânsitos ibero-afro-americanos (2004); Moderno de nascença: figurações críticas do Brasil (2006); Literatura Comparada e relações comunitárias, hoje (2012); Estudos comparados: teoria, crítica e metodologia (2014); e Literatura e memória política (2014), Um mundo coberto de jovens (2016).

(Texto informado pelo autor)

raços e linhas: literatura e artes plásticas em Drummond, Murilo Mendes, Jorge de Lima e João Cabral
O aspecto formal da prosa machadiana e o século XIX no Brasil

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1992) e Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (2002). Desde 2003 é Professora MS-3 do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da Universidade de São Paulo. É autora do livro "Razão da Recusa: um estudo da poesia de Carlos Drummond de Andrade" (São Paulo, Nankin, 2005). Na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, atua principalmente nos seguintes temas: Modernismo, Lírica, Literatura e artes plásticas, Literatura e Sociedade.

Poesia e prosa greco-latina
A História Pragmática de Políbio

Bacharel e Licenciado em História (1999), Mestre (2002) e Doutor (2006) em História Social pela USP. Professor Doutor de Língua e Literatura Grega do DLCV-FFLCH-USP desde 2002. Principais interesses: historiografia grega, recepção de outros gêneros por historiadores gregos, recepção da historiografia grega por historiadores modernos.

David Vygodski: América Latina e Vanguarda Russa
Literatura russa e Estado Novo: Crítica, Censura e Mercado Editorial
Estudo da obra dispersa de Boris Schnaiderman
Recepção da Literatura russa no Brasil
Paralelos literários Rússia-Ocidente
Ficção russa: Dostoiévski, Tolstói, Gógol, Bábel

Doutor em Teoria e História Literária pela Unicamp, com estágio de doutorado CAPES em Berkeley. Pesquisador visitante no Instituto Górki de Literatura Mundial (Moscou), na Universidade de Glasgow, no Púchkinskii dom (S. Petersburgo) e em Harvard. Realizou cursos e estágios nas Universidades de Cambridge (Inglaterra), Illinois e Indiana (Estados Unidos), Lingüística de Moscou, UERJ e em São Petersburgo. Foi palestrante convidado na Biblioteca Nacional Argentina, na Universidade de São Petersburgo, na Universidade de Londres e em Yale. É criador e coordenador do grupo de literatura russa da ABRALIC. Desde 2005 é professor da Universidade de São Paulo, na área de Literatura e Cultura Russa. É coordenador do Programa de pós-graduação em literatura e cultura russa desde agosto de 2010. Tem participado dos principais congressos e periódicos internacionais de eslavística. É pesquisador do CNPQ desde março de 2012. Seus principais temas de pesquisa são a cultura russa e soviética, a história intelectual russa, a recepção da literatura russa no ocidente e paralelos entre a ficção russa e a brasileira. 

Fernando Pessoa: autoria e ironia
O ensino da literatura: uma fenomenologia do olhar
O império do autor na moderna teoria da literatura - o problema da autoria no século XX

Professor do DLCV-USP na área de Literatura Portuguesa desde 2008. Concluiu Pós-Doutorado em Teoria Literária (USP/2008), Doutorado em Teoria e História Literária (UNICAMP/2005), Mestrado em Teoria Literária (UNICAMP/2000) e Graduação em Letras (UNICAMP/1997). Seus principais trabalhos estão voltados para a obra de Fernando Pessoa.

Possui graduação em Enegharia Química - National Taiwan University (1968), mestrado em Engenharia Química - University of Missouri System (1971) e doutorado em Engenharia Química pela Universidade de São Paulo (1981). Atualmente é professor assitente da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Lingua Chinesa, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura chinesa, língua chinesa, cultura, budismo e cultural chinesa.

Gêneros poéticos e discursivos na tragédia ática
Poesia grega arcaica: tradições poéticas e gêneros discursivos em Homero e Hesíodo
Poesia lírica arcaica: Píndaro
A performance do adivinho na Odisséia de Homero
Odisséia de Homero: tradução dos cantos IX-XXIV
A tradição épica na poesia grega - partes 1 e 2
Epigrama grego
A caracterização de Odisseu em Homero e na tragédia ática
Gêneros literários na Grécia antiga: absorção, disputa e usos da narrativa

Professor Livre Docente de Língua e Literatura Grega na Universidade de São Paulo. Líder do grupo de pesquisa Gêneros poéticos na Grécia antiga: tradição e contexto e pesquisador do grupo Estudos sobre o teatro antigo . Licenciado em Letras (Português e Grego) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1996), tem Mestrado (1999) e Doutorado (2004) em Letras Clássicas pela Universidade de São Paulo. Entre 2009 e 2010, estágio de pós-doutorado na Freie Universitaet Berlin. Tem publicado e orientado trabalhos na área de literatura grega, especialmente sobre a poesia arcaica e clássica, e a recepção da tradição clássica na literatura brasileira contemporânea, com destaque para J. Guimarães Rosa. Para isso, tem recebido regularmente auxílios e bolsas da FAPESP, CAPES e CNPq. A editora Cosac&Naify deve publicar sua tradução da 'Odisseia' em 2014.

O ócio no romantismo brasileiro
A Sátira Romântica

Possui mestrado (1994) e doutorado (2000) em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professora de literatura brasileira em regime de dedicação integral, na Universidade de São Paulo (USP/ FFLCH), autora do livro "O Belo e o Disforme, Álvares de Azevedo e a ironia romântica". Atua principalmente nos seguintes temas: nacionalismo, literatura brasileira, romantismo, história literária, romantismo brasileiro, Machado de Assis e naturalismo.

Representação do Espaço / Espaço da Representação

É professora associada de literatura francesa na Universidade de São Paulo. Tem estudado sempre a literatura pelas bordas, a partir da tudo aquilo que aparentemente não é (ainda) literatura. Seus trabalhos giram em torno da crítica, dos diários, dos manuscritos, dos textos inacabados, mas também das obras impossíveis, que ainda não foram escritas. Apesar de não gostar da palavra especialista, tem se dedicado a estudar com mais atenção a obra Georges Perec e Roland Barthes, com alguns flertes com a literatura do Caribe, especialmente com Édouard Glissant. É membro da equipe editorial das revistas Criação & Crítica e Manuscrítica. 

As representações da ausência na literatura e no cinema alemães pós-reunificação
Um cânone da literatura alemã nos trópicos
A recepção de Thomas Mann no Brasil

Possui graduação em Letras Português Alemão pela Universidade Federal Fluminense (1984), mestrado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1992) e doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1997). É docente da Universidade de São Paulo desde 1987. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em literatura alemã, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura em diálogo com o cinema, a pintura, a fotografia; intermedialidade, interculturalidade. 

Crítica literária e Psicanálise
Questões da contística na literatura hispanoamericana
Freud e o circuito literário brasileiro

Possui graduação em Letras Português e Francês pela Universidade de São Paulo (1972), mestrado em Letras - Université Montpellier 2 Sciences et Techniques (1977) e (parte dos cursos em) Université Vincennes/St. Denis -Paris 8; doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1985). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: confluências: crítica literária e psicanálise, teoria da narrativa, Julio Cortázar, Guimarães Rosa.

Lidile Brasil - Livro didático de língua estrangeira
Didáticas do Francês Língua Estrangeira em perspectiva
Estudos das línguas, culturas e textos
Educação e Memória: organização de acervos de livros didáticos
Contextos, suportes e demandas no ensino-aprendizagem do francês língua estrangeira
Leitura e construção do sentido
Representações e interações no ensino-aprendizagem do francês língua estrangeira
Autonomização e informatização no ensino-aprendizagem do francês língua estrangeira
Leitura e construção do sentido em Francês Língua Estrangeira
Flelimm - Enseigner le français langue étrangère

Possui graduação (bacharelado e licenciatura) em Francês e Português pela Universidade de São Paulo (1986), mestrado em Sciences du Langage - Université Stendhal Grenoble 3, França (1990) e doutorado em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (1996). Foi leitora de português na Université Lumière Lyon 2, de 1987 a 1990 e, desde 1993, é docente e pesquisadora da Área de Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Pesquisadora, atua principalmente nas seguintes áreas: leitura em língua estrangeira; ensino-aprendizagem do francês língua estrangeira em diferentes contextos e suportes; história do ensino do francês no Brasil; manuais escolares de francês no Brasil desde 1837; novas tecnologias da informação e da comunicação no ensino-aprendizagem das línguas. É autora do livros Percursos de Leitura (Ed. Annablume, SP, 1997), Questões de Leitura (Ed. Annablume, SP, 2001). Em 2003 recebeu o prêmio F de la Francophonie , atribuído pelo Jornal Le Franc-Parler, e o título de Chevalier des Palmes Académiques , pelo Governo Francês em 2004. Foi presidente da Associação dos Professores de Francês do Estado de São Paulo (APFESP) de 2001 a 2007, e diretora (de 1999 a 2001) e coordenadora de francês (de 1997 a 2008) do Centro de Línguas da FFCLH-USP. Trabalhou como professora visitante no Département des Langues Romanes da Université Lumière Lyon 2 em novembro e dezembro de 2008.

Charles Dickens: um escritor no centro do capitalismo
Um Artista da Fome: a imagem do artista numa narrativa de Franz Kafka

Daniel Puglia é graduado em Administração de Empresas (FEA-USP) e em Letras (FFLCH-USP), com mestrado em Psicologia Social (IP-USP) e doutorado em Estudos Linguísticos e Literários em Inglês (FFLCH-USP). É professor do Departamento de Letras Modernas da Universidade de São Paulo, onde tem por tema de pesquisa as relações entre literatura, cultura, história e filosofia. É autor de Franz Kafka: uma imagem do artista (2005), Duas Margens (2007) e Charles Dickens: um escritor no centro do capitalismo (2008).

Relações entre filosofia, retórica e poética em textos latinos
Filosofia Grega Clássica: Platão, Aristóteles e sua Influência na Antigüidade
Pensamento Ético-Político Grego dos sécs. V e IV a.C.
Os Diálogos de Platão
A Nomenclatura dos Vasos Gregos em Português
Projeto Odorico Mendes

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (1998), graduação em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas (2004), mestrado e doutorado em Grego Clássico pela Universidade Estadual de Campinas (2002 e 2008, respectivamente), e Pós-doutorado em Filosofia Antiga junto à Universidade de Cambridge, Inglaterra (2012). Atualmente é professor doutor de Língua e Literatura Grega da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras Clássicas, atuando principalmente nos seguintes temas: filosofia grega, oratória grega, historiografia grega, história do pensamento político grego e tradução. 

Armênios: Genocídio, Imigração e Memória
Armênia: História e Cultura
Projeto de História do Português Paulista (Projeto Caipira)
Produção de material didático para o curso de Língua e Literatura Armênia
Tradução literária de autores armênios clássicos, modernos e contemporâneos
Projeto Para a História do Português Brasileiro

Possui graduação em Letras (Armênio e Português) pela Universidade de São Paulo (1998), Mestrado em Letras (Filologia e Língua Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (2004) e Doutorado em Letras (Filologia e Língua Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (2007). Atualmente é docente da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, atuando principalmente nos seguintes temas: Sociolinguística, Linguística Funcional, Linguística Cognitiva, identidade cultural, tradução literária (Armênio-Português) e análise da variação e mudança gramatical do Português Popular Brasileiro. 

Questões semânticas e discursivas em língua estrangeira
Designando saber(es): representações de conhecimento e relação com o saber de professores de inglês em escolas públicas
GESDELE - Grupo de Estudos Semânticos e Discursivos em Língua Inglesa
A (não) proficiência em língua estrangeira: o lugar da falta

Possui Bacharelado e Licenciatura em Língua e Literatura pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1988), mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1993) e doutorado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (2002). Atualmente é docente no Departamento de Letras Modernas, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da Universidade de São Paulo (USP). Tem experiência na área de Lingüística e Lingüística Aplicada, com ênfase em Semântica Histórica da Enunciação e Análise de Discurso, atuando principalmente nos seguintes temas: livro didático, análise de discurso da mídia, discurso ecológico, identidade, novas tecnologias, ensino/aprendizagem de língua estrangeira e língua inglesa.

Intolerância e preconceitos lingüísticos - LEI/ Diversitas
Projeto NURC - SP
História das idéias linguísticas no Brasil
Estudos do texto e do discurso; Semiótica discursiva; Estudos da língua falada; História das idéias lingüísticas.
O Processo Discursivo e a Produção Textual
Diana Luz Pessoa de Barros é professora titular (aposentada) do Departamento de Linguística da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo - USP, Brasil e e professora do Centro de Comunicações e Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie - UPM. Obteve o título de mestre na Universidade de Paris III (França, 1971) e os de doutor, adjunto, livre-docente e titular na Universidade de São Paulo (1976, 1985, 1988 e 1997). Realizou estágio de pós-doutoramento na Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais em Paris, França, em 1976/1977, 1988/1989 e em 1995. Obteve bolsa do governo francês em 1970/1971 (para o Mestrado), do CNPq, em 1988/1989 (para pós-doutoramento na França) e da FAPESP, em 1995 (para pós-doutoramento na França). Ministra aulas de Linguística na pós-graduação das duas Universidades e orienta teses de doutorado e dissertações de mestrado. Dois de seus orientandos ganharam o prêmio da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística - ANPOLL, de melhores dissertação e tese do ano, em 1998 e 2002, dois outros receberam menção honrosa da CAPES, em concurso de teses (2006 e 2012), e outro ainda o prêmio de melhor tese na área de Artes, Letras e Linguística na Comemoração dos 100 mil títulos de pós-graduação da Universidade de São Paulo, em 2011. É Secretária Geral da Associação de Linguística e Filologia da América Latina - ALFAL (2008-2014), foi membro da comissão da FILLM - UNESCO, presidente da Associação Brasileira de Linguística - ABRALIN (1991 / 1993), membro da Junta Diretora da ALFAL (1993-1999), membro do Conselho da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística - ANPOLL (2000 / 2002). Em 1997-1998 e 2006-2009, foi representante da área de Linguística no Comitê de Letras e Linguística do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq. Foi professora visitante na Universidad de Los Andes, em Mérida, na Venezuela, em 1991 e em 2004, e na Universidade de Limoges, na França, em 2006. Foi Coordenadora Geral de Pós-Graduação Stricto Sensu na Universidade Presbiteriana Mackenzie, em 2011 e 2012. Presidiu e organizou vários congressos nacionais e internacionais, sendo o último internacional em 2002, a IX International Conference on the History of Language Sciences - ICHOLS IX. Coordenou, com Eni Orlandi e Sylvain Auroux, o projeto de cooperação internacional História das ideias linguísticas no Brasil: ética e política das línguas, no período de 2000 a 2004. Participa do projeto de Estudos da Norma Linguística Urbana Culta de São Paulo (NURC-SP) e do Diversitas - Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerâncias e Conflitos, que reúne sociólogos, historiadores, filósofos, antropólogos, teóricos da literatura e linguistas. Nesse Núcleo, coordena o projeto de pesquisa sobre a intolerância e o preconceito linguístico. Desenvolve, com bolsa de produtividade em pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq (pesquisador 1A), o projeto sobre a construção discursiva dos discursos intolerantes. Publicou livros, capítulos de livros e artigos em periódicos especializados, em anais de congressos, no Brasil e no exterior, principalmente nas áreas de teoria e análise do discurso e do texto, análise da conversação, estudos da língua falada, semiótica narrativa e discursiva e história das ideias linguísticas.
(Texto informado pelo autor)
Tempo Presente: organização e tradução comentada do material
O universo popular na Prosa Italiana do Século XX
A pré-história do romance na Itália: as pbras de Luigi Pulci e Matteo Maria Boiardo
O ensaio em Ignazio Silone
La scuola dei dittatori: o poder do discurso

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1982), mestrado em Letras (Língua e Literatura Italiana) pela Universidade de São Paulo (1992) e doutorado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000). Pós-doutorado Junto à Università degli Studi G. D'Annunzio Chieti-Pescara (2010-11). Atualmente é professora assistente doutora da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Italiana, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura italiana, literatura italiana contemporânea, Ignazio Silone,G. Boccaccio, língua italiana, análise do discurso e Bakhtin. 

O desenvolvimento da área de alemão como língua estrangeira (ALE) como campo de pesquisa no Brasil
A história do ensino de alemão no curso de Letras da USP
Materiais históricos produzidos no Brasil para o ensino de alemão

É professora de língua alemã no Departamento de Letras Modernas da Universidade de São Paulo (USP) e doutora em Linguística Aplicada pelo Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP (2009). Suas áreas de interesse incluem questões de poder no ensino de línguas, material didático, formação de professores e a história do ensino de alemão no Brasil. 

Formas culturais contemporâneas
Estrutura de rixas no romance brasileiro
Teoria do romance

Professor do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da FFLCH-USP, com graduação em Letras (USP, 1994), mestrado em Teoria Literária e Literatura Comparada (USP, 2000) e doutorado em Literatura Brasileira (USP, 2005). Interesses de pesquisa incluem Teoria Crítica, Literatura Brasileira, Formas culturais contemporâneas.

Tupi antigo
Língua Geral Amazônica
Nheengatu

É licenciado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (1984), bacharel em Grego pela Universidade de São Paulo (1995), mestre em Geografia pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (1991) e doutor em Letras Clássicas pela Universidade de São Paulo (1995). É professor titular da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, tendo experiência no ensino e na pesquisa do Tupi Antigo, da Língua Geral Amazônica colonial, do Nheengatu e da literatura do Brasil colonial.

Os lugares do sertão
Questões do Dia: a polêmica entre José de Alencar, José Feliciano de Castilho e Franklin Távora

Formou-se em Letras na Unicamp, onde também fez os estudos de pós-graduação, orientado pelo prof. Luiz Dantas. No mestrado, desenvolveu uma dissertação sobre O sertanejo, de José de Alencar. No doutorado, analisou os textos críticos do romancista cearense, relacionando-os com os manuais de retórica e poética em circulação no Brasil durante o século XIX, pesquisa que resultou na publicação do livro A fonte subterrânea. Iniciou sua carreira docente na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Em 2004, ingressou no Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da FFLCH/USP, onde dá aulas de graduação e de pós-graduação e orienta trabalhos de iniciação científica, mestrado e doutorado. Foi professor convidado na Universidade Paris 8. Em sintonia com o seu percurso acadêmico, procura orientar pesquisas relacionadas ao século XIX, envolvendo análises de obras literárias e trabalhos sobre a historiografia e a crítica oitocentistas. Suas principais áreas de interesse são o romantismo, a teoria, a história e a crítica literárias produzidas no século XIX ou a ele dedicadas. 

Aquisição de Dependências Sintáticas em Português Brasileiro
Aquisição de Nomes Genéricos em Espanhol e Português Brasileiro
A Aquisição das Relações de Co-Referência em Português Brasileiro
A aquisição das regras de otimização rítmica em português brasileiro e sua relação com a aquisição de outros componentes da gramática
Fomação de banco de dados em formato CHILDES com sessões de gravação de uma criança adquirindo PB

Elaine Grolla é professora doutora na Universidade de São Paulo desde 2007. Obteve o título de doutora em Linguística pela Universidade de Connecticut em 2005. Possui mestrado (2000) e bacharelado (1997) em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas. Realizou pós-doutorado na Universidade de São Paulo entre 2006 e 2007. Desenvolve pesquisa sobre a aquisição de diversos aspectos da sintaxe do português brasileiro, como a interpretação de pronomes e anáforas e a compreensão e produção de orações relativas, perguntas-QU e estruturas passivas. Além de seu trabalho com aquisição de primeira língua, mais recentemente, iniciou pesquisa sobre a aquisição de segunda e terceira língua, em uma colaboração com a professora doutora Tania Ionin, da University of Illinois, Urbana Champaign. 

A recepção dos clássicos nos autores cristãos
O discurso teórico greco-latino

Possui graduação em Latim Português pela Universidade de São Paulo(1997), mestrado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo(2000) e doutorado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo(2006). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras. Atuando principalmente nos seguintes temas:retórica, século XVI, gênero deliberativo, ethos, polêmicas.

A criação de Lev Tolstói e Anton Tchekhov no contexto da literatura russa: a dialética da intertextualidade
Poética do drama na literatura russa: A. Tchékhov, L. Tolstói e F. Dostoiévski
O último Tolstói: prosador, dramaturgo, filósofo
O Universo Artístico de Dostoiévski
Tipologia e Poética das Linguagens da Literatura e Cultura Russa
Tipologia do Simbolismo nas Culturas Russa e Ocidental

Pesquisadora e professora russa, formada na Faculdade de Letras da Universidade Estatal de Moscou Lomonóssov (MGU). Possui mestrado em Literatura Comparada pela Universidade Estatal de Moscou, doutorado em História e Teoria de Arte (1984) e Pós-doutorado (1996) em Teoria e Semiótica de Cultura e Literatura pelo Instituto Estatal de Pesquisa da Arte (Rússia). Atualmente é professora das Letras Russas na Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras e Semiótica de Cultura, com ênfase em Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura russa, teatro russo, estudos comparados, tipologia de cultura.

Grupo de Estudo de Gramática Contrastiva Alemão-Português

Possui graduação em Letras: Linguística e Português pela Universidade de São Paulo (1980), mestrado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1989) e doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1996). Atualmente é ms-3 da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Alemã, atuando principalmente nos seguintes temas: linguística aplicada ao ensino de alemão como língua estrangeira, linguística contrastiva alemão/português, semântica, leitura em língua estrangeira. 

Língua e Literatura Hebraica

Possui graduação em Letras Neolatinas pela Univeridade Mackenzie (1973) , especialização em Língua e Literatura Hebraica pela Universidade de São Paulo (1984) , mestrado em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaica pela Universidade de São Paulo (1995) e doutorado em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaica pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras , com ênfase em Línguas Orientais. Atuando principalmente nos seguintes temas: tradução, processo de tradução, tradução cultural.

(Texto gerado automaticamente pela aplicação CVLattes)

Pluralité linguistique et culturelle en Amérique Latine : politiques linguistiques, représentations et pratiques à l université
Le développement des compétences en littéracie académique, une clé de la réussite universitaire
Projeto de Licenciatura Internacional - PLI-França (CAPES)
O desenvolvimento do futuro professor-pesquisador: um percurso através da análise e produção de textos que circulam na situação de trabalho do professor-pesquisador de francês língua estrangeira
Analyser l activité de professeurs de français au Brésil en préalable à l élaboration d une stratégie et d'une ingénierie de formation professionnelle continue.
O desenvolvimento do futuro professor/pesquisador: um percurso através da análise de textos que circulam na esfera acadêmica/situação de trabalho do professor/pesquisador de francês língua estrangeira
Re-pensar o trabalho educacional
Análise de Linguagem, Trabalho Educacional e suas relações
Groupes de recherches et applications en FLE

Possui mestrado (1998) e doutorado (2006) em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Faz parte do grupo de pesquisa ALTER (Analise de Linguagem, Trabalho e suas Relações), do grupo LAF (Universidade de Genebra) e é líder do grupo ALTER-AGE. Atualmente é professora-doutora do Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), área de Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês, na Universidade de São Paulo. Foi professora da University of Guelph, Canadá, no departamento de Etudes Françaises, onde atuou na graduação e no mestrado (Masters) em Estudos Franceses (French Studies). Nesse contexto, ministrou a discilpina de pós-graduação em Didática do francês e orientou alunos de MA. Tem experiência nas áreas de desenvolvimento e formação de professores, elaboração de material didático baseado na noção de gênero textual e análise de textos e discursos, com publicações científicas nessas áreas. Além disso, é co-autora de livros didáticos em inglês como língua estrangeira e português como língua materna. Suas pesquisas apoiam-se nos pressupostos teóricos do interacionismo sociodiscursivo, nas teorias de análise dos textos e discursos, na ergonomia da atividade e na clínica da atividade. As questões abordadas em suas pesquisas estão ligadas ao uso dos gêneros textuais na aprendizagem de língua materna e estrangeira (francês e inglês), à elaboração de material didático baseado no conceito de gênero textual, ao desenvolvimento de professores dentro de uma visão coerente com as ciências do trabalho e à análise dos discursos, sobretudo os que são produzidos em situação de trabalho educacional. 

Figurações Literárias da Prostituta no Modernismo Brasileiro
Luxúria e preguiça em Macunaíma
O erotismo literário brasileiro a partir do modernismo
Pierre Louys por um de seus livros
A Poesia Erótica Brasileira

É professora de Literatura Brasileira no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da FFLCH da Universidade de São Paulo (USP), onde se graduou em Ciências Sociais (1984), e defendeu mestrado (1990) e doutorado (1996) em Filosofia. Foi professora titular da Faculdade de Comunicação e Filosofia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e também atuou como professora e pesquisadora visitante nas universidades da California em Los Angeles (UCLA, USA), de Perpignan Via Domitia (FR) e Nova de Lisboa (PT). Suas pesquisas concentram-se na interface entre Literatura e Erotismo e atualmente se dedica a investigar a erótica literária brasileira.

Lexicologia e terminologia do português
O léxico no discurso literário aplicado ao ensino de língua portuguesa
Criação lexical estilística ou literária

É graduada e licenciada em Letras pela Universidade de São Paulo (1987). Fez mestrado (1994) e doutorado (2001) em Letras na Área de Filologia e Língua Portuguesa (FFLCH-USP). Atualmente exerce o cargo de professor doutor, MS3, RDIDP, junto ao Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa (Morfologia, Lexicologia e Estilística).

A pragmática linguística e o ensino do italiano no Brasil
Textos poéticos no ensino do italiano como LE em cursos de Letras: elaboração de material didático e avaliação dos resultados
Análise e elaboração de material didático para o italiano língua estrangeira
Da indissociabilidade entre o ensino de língua e de literatura: uma proposta para o ensino do italiano como língua estrangeira em cursos de Letras
Língua e migração
Fenômenos de contato entro o italiano e o português brasileiro

Possui graduação em Letras Modernas (alemão/inglês) pela Università degli Studi di Bari, Itália (1992) e em Tradução (alemão/italiano/português) pela Ruprecht-Karls-Universität de Heidelberg, Alemanha (1998). Concluiu o mestrado em Letras (Língua e Literatura Italiana) na Universidade de São Paulo (2002) e o doutorado em Lingüística na mesma universidade (2007). Atualmente é Professor Doutor da Universidade de São Paulo. Desenvolveu uma pesquisa de pós-doutorado junto à Università degli Studi di Modena e Reggio Emilia, Itália (bolsista Capes) na área de pragmática linguística. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em língua italiana, atuando principalmente nos seguintes temas: 1. aquisição/aprendizagem de segundas línguas; 2. ensino/aprendizagem do italiano como língua estrangeira, 3. literatura e cinema no ensino do italiano, 4. semiótica e 5. pragmática linguística.

O saber gramatical implícito em Wasaburô Ôtake (1872-1944)
Produção de material didático de japonês instrumental
Pesquisa e elaboração do livro didático de língua japonesa voltado para o ensino superior (coletivo)
Reconstrução do saber linguístico - a língua japonesa sob o olhar da civilização ocidental-européia
Documenta Grammaticae et Historiae: Projeto de documentação linguística e historiográfica
Reconstrução do saber lingüístico renascentista: formação da lingüística missionária e descrição da(s) língua(s) do Oriente
Dicionário temático ilustrado português-japonês para o nível básico
Dicionario tematico ilustrado portugues-japonesa para o nivel intermediario
O estudo dos gramáticos japoneses Yamada, Hashimoto, Tokieda e Watanabe
Centro de Documentação em Historiografia da Lingüística
Dicionário multilíngüe de regência verbal
Documentação missionária e tradição autóctone sobre a lingua japonesa: padrões em lingua e padrões em historiografia lingüística
A gramaticografia das línguas orientais feita pelos missionários: a língua japonesa na Arte da Lingoa de Iapam (1608) e na Arte Breve da Lingoa Iapoa (1620)
O nivel de proficiencia em lingua japonesa nos primeiro e segundo anos do Curso de Letras
O tratamento dado por João Rodrigues a morfologia da lingua japonesa na Arte Breve da Lingoa Iapoa, publicada em 1620 em Macau/China
Elaboração e aplicação de exercícios de morfossintaxe básica do japonês

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1991), mestrado (1997) e doutorado (2003) em Lingüística também pela Universidade de São Paulo. Atualmente é docente da Universidade de São Paulo, ministrando aulas de língua japonesa. Foi também docente da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, campus de Assis, onde foi a primeira da Habilitação em Japonês. Realiza pesquisas na área de linguística japonesa, com ênfase em Historiografia Lingüistica, atuando principalmente com os seguintes temas: historiografia linguística japonesa, linguística missionária, história dos estudos gramaticais. Possui também trabalhos relacionados com ensino do japonês como língua estrangeira.

Construção dos efeitos de sentido de identidade no discurso
Estudo semiótico do percurso entre o sentir e o saber
Programa CAPES-WBI (Wallonie-Bruxelles) Projetos Conjuntos "Estudos semióticos das relações entre textos, imagens e gráficos nos discursos científicos a partir de uma amostra de documentos pertencentes à literatura especializada de divulgação científica

Professora Livre-Docente do Departamento de Letras Modernas da Universidade de São Paulo (2013), graduei-me em Letras pela mesma universidade (1986), obtive Metrado (1990) e Doutorado (1996) em Semiótica e Lingüística Geral, também pela Universidade de São Paulo, e fiz pós-doutoramento junto à Université de Liège (2011-12), sob a supervisão de Prof. Jean-Marie Klinkenberg. Fui professora da PUC-SP entre 1990 e 2006. Docente da Universidade de São Paulo desde 2006, dedico-me à pesquisa nas áreas de Língua Inglesa e Semiótica, pela perspectiva teórica da Semiótica Discursiva, e atuo principalmente nos temas: construção discursiva da identidade, estereótipos culturais, imagens de si, paixões e interações sociais, aspectos retóricos e papel de componentes sensíveis no processo de significação.

Literatura e Sociedade nos Países de Língua Portuguesa
Pela borda e pela margem: formação dos cânones culturais e movimentos periféricos no Brasil, em Portugal e em Cabo Verde
Culturas comparadas: convergências e impasses entre os Estudos Comparados e os Estudos Culturais

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal Fluminense (1996), mestrado em Letras pela Universidade Federal Fluminense (2000) e doutorado em Letras (Letras Vernáculas / Literatura Portuguesa) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006), tendo sido orientado pelo Prof. Dr. Jorge Fernandes da Silveira. Desde 2006 é Professor Doutor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo e antes disso ministrava aulas de Literatura e Língua Portuguesa no Colégio Pedro II do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: Poesia do século xx, Literatura Afrodescendente, Estudos Culturais, Teoria Queer e Estudos Gays e Lésbicas, focalizando a tensão e a convergência desses com a crítica literária, o corpo, a subjetividade, a cultura e a formação dos cânones literários.

Alguns papéis avulsos de Graciliano Ramos - fragmentos de romance nos anos 40

Graduado em Letras - Português/Espanhol pela Universidade de São Paulo (1999) e Doutor em Letras pela Universidade de São Paulo (2005). Atualmente é Professor de Literatura Brasileira na Universidade de São Paulo.

O fronteamento de constituintes no português: busca de evidências sobre a hipótese da participação das línguas africanas no português brasileiro
A história social do contato entre africanos e europeus e a emergência do português brasileiro
As passivas do português : busca de evidências sobre a hipótese da participação das línguas africanas no português brasileiro
Licenciamento por modificação: o papel das relativas
Alternâncias de diátese em português brasileiro: possíveis influências do contacto com povos africanos
Escopo dos sintagmas quantificados: distributividade e interrogativas
Distributividade em PB e a exigência de quantificação sobre eventos
Escopo dos sintagmas quantificados do português do Brasil

É bacharel em Letras com habilitação em Português, Latim e Lingüística pela Universidade de São Paulo (1975) e licenciada em Letras (Português) também pela Universidade de São Paulo (1974). Tem doutorado em Lingüística concedido pela University of Wisconsin - Madison (1986), Estados Unidos. Fez pós-doutorado na University of California-Los Angeles, Estados Unidos (1995-1997). Atualmente é Professora Titular do Departamento de Lingüística da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Teoria e Análise Lingüística, com pesquisas focadas na Interface Sintaxe Semântica, voltadas principalmente para os seguintes temas: teoria gramatical, teoria gerativa, sintaxe do português, anáfora, sintaxe da quantificação e Forma Lógica. 

Dicionário eletrônico Alemão-Português/Português-Alemão de Construções com Verbo Suporte e Colocações

Possui doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1996). Atualmente é professora doutora da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, atuando principalmente nas seguintes áreas: fraseologia, lingüística contrastiva alemão-português, alemão como língua estrangeira, metalexicografia e ensino de língua estrangeira. 

Descrição de línguas não-indo-européias
A lingüística e suas interfaces com outras ciências
Língua e gesto
A linguística da intersubjetividade: que tipo de sistema é a língua quando vista a partir da interação
A conceitualização do evento e a organização da informação em português brasileiro
Formação de corpus de narrativas e conversações na língua de sinais brasileira
Formação de corpora de línguas orais e sinalizadas: sistemas de transcrição e análise dos dados
Alternâncias de diátese em português brasileiro: possíveis influências do contacto com povos africanos

Tem graduação em Direito pela Universidade de São Paulo (1978), graduação em Linguística pela Universidade de São Paulo (1986), doutorado em Linguística pela Universidade de São Paulo (1999) e pós-doutoramento pela Universidade Estadual de Campinas (2000-2001). Atualmente é professora doutora da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Teoria e Análise Linguística. Seu interesse principal no momento é a investigação de questões que emergem do processo semiótico em situações de uso. Em especial, destacam-se as relações entre língua e gesto nas línguas de sinais, e as relações de contato linguístico entre o português do século XVI e as demais línguas faladas no território colonial, responsáveis pela emergência do português brasileiro.

Literatura e outras formas do saber
Literatura e experiência histórica nos países de língua portuguesa
Literatura e história em Euclides da Cunha
Cinema africano de Língua Portuguesa
GENAM - Grupo de Estudos sobre Narrativa e Medicina
Literatura e cinema nos países de Língua Portuguesa
Projecto Figuras da Ficção
Intelectuais e Política nos Países de Língua Portuguesa
Estilhaços na Estrada: a estética da guerra em Lobo Antunes e Pepetela
Oralidade e Literatura nos Países de Língua Portuguesa
Biografia Intelectual de Euclides da Cunha

Possui Bacharelado em Letras - Português pela Universidade de São Paulo (1993), Licenciatura em Letras - Português pela Universidade de São Paulo (1996), Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1997), Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (2003), Pós-Doutoramento pela University of Minnesota (2010) e graduação em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas - SP (1989). Atualmente é Professora Doutora da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e Literaturas Brasileira e Portuguesa, com enfoque nas relações entre cultura e política, literatura e oralidade, literatura e cinema, literatura e outras formas do saber (com enfoque em literatura e medicina).

Literatura e participação em Graciliano Ramos e Carlos Drummond de Andrade
Poesia, História e sociedade: revisão teórico-crítica

Professor de Literatura Brasileira da Universidade de São Paulo, com doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada (2013), mestrado em Literatura Brasileira (2006) e bacharelado com licenciatura em Letras (2001) pela mesma instituição. Áreas de interesse incluem os seguintes temas: Graciliano Ramos, literatura e sociedade, romance de 30, intelectuais e PCB, intelectuais e Estado, Carlos Drummond de Andrade e teoria crítica.

Grupo de Pesquisa Estudos sobre Samuel Beckett
Poéticas da modernidade
Narrativa, drama e experiência moderna

Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1987), mestre em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1992) e doutor em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1999). Autor de "O engenheiro noturno: a lírica final de Jorge de Lima" (Edusp, 1997) e "Samuel Beckett: o silêncio possível" (Ateliê, 2001), entre outros. De Samuel Beckett, traduziu e introduziu "Fim de Partida" (Cosac Naify, 2002) e "Esperando Godot" (Cosac Naify, 2005) e "Dias felizes" (Cosac Naify, 2010). Crítico literário, publica regularmente na imprensa paulistana ("O Estado de São Paulo", "Jornal da Tarde", "Entrelivros", "Cult"). Assinou uma coluna quinzenal na "Folha de S.Paulo" entre 2005 e 2009. Foi professor na Universidade Estadual Paulista (Campus de Assis, 1990-1997) e na Unicamp (1997-2001). Desde 2001, é professor assistente doutor no Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da Universidade de São Paulo, orientando trabalhos e pesquisando temas relacionados ao modernismo brasileiro e europeu.

Recursos didáticos para a aula de Espanhol como Língua Estrangeira (E/LE)
Monitoria em Língua Espanhola I, II e III
Monitoria em Práticas orais em Língua Espanhola
Ensino / Aprendizagem / Aquisição de Espanhol como Língua Estrangeira e Educação

DOUTORADO em Língua Espanhola e Literaturas Espanhola e Hispano-Americana (modelo interpretativo de aquisição/ensino/aprendizagem de espanhol como língua estrangeira com base no pensamento complexo, 2006; MESTRADO em Semiótica e Lingüística Geral (Aquisição-aprendizagem de línguas estrangeiras), 2001; GRADUAÇÃO em Letras (Espanhol e Português,1982, pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP). Atualmente, é professora das disciplinas de Língua Espanhola do Depto de Letras Modernas da FFLCH/USP, área de Língua Espanhola e Literaturas Espanhola e Hispano-Americana. Atua principalmente nos seguintes temas: ensino de espanhol para brasileiros jovens e adultos, aquisição-aprendizagem, ensino de espanhol para adolescentes, formação de professores de Espanhol como língua estrangeira, processamento de espanhol língua estrangeira e Pensamento Complexo.

Interferências das habilidades cognitivas no processo de interpretação simultânea em língua de sinais brasileira
Language processing impairment expressed in brazilian sign language by deaf people with brain injury
Descrição da produção sinalizada normal e alterada da língua de sinais brasileira: caracterização e análise dos parâmetros da fluência de sinalização

Possui graduação em Fonoaudiologia (2001) e doutorado em Ciências da Reabilitação Humana (2007) pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Atualmente é professor doutor do Departamento de Linguística da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Possui atuação voltada à surdez e à Língua de Sinais Brasileira, com ênfase nos estudos da descrição e produção atípica das línguas de sinais. Atua principalmente nos seguintes temas: surdez, língua de sinais, linguagem, cognição, distúrbios de linguagem em lingua de sinais.

Problemas de ensino e narrativas de sala de aula: contribuições para a formação de professores
Práticas educativas na sala de aula de italiano: mapeando as dificuldades de licenciandos e de professores em serviço
Estudo da Interlíngua de alunos de Letras (italiano) durante a produção oral

Possui graduação em Letras pela Universidade Estadual de Campinas (1991), Mestrado e Doutorado em Lingüística Aplicada, na área de Ensino de Língua Estrangeira, pela Universidade Estadual de Campinas. Atualmente é professora da área de Língua Italiana da Universidade de São Paulo. Tem experiência em ensino de italiano e de Lingüística Aplicada para alunos do curso de Letras, dedicando-se principalmente aos seguintes temas: formação de professores, processo de ensino-aprendizagem de línguas e construção do discurso didático.

Epopeia e herói épico
Literatura helenística

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo(2001), mestrado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo(2005) e doutorado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo(2010). Atualmente é Professor Doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas Clássicas. Atuando principalmente nos seguintes temas: Epopéia, Literatura Helenística, herói épico, Jasão.

Autor por autor: A literatura e história portuguesas à luz do teatro
Os modelos aristotélico e épico na Literatura dramática de expressão portuguesa
O teatro de Jaime Gralheiro

Professora Doutora de Literatura Portuguesa na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, onde obteve os títulos de Mestre, Doutora e Livre-Docente com trabalhos em torno de Antônio José da Silva, o Judeu: textos versus (con)textos, Camilo Castelo Branco: dramaturgia e romantismo e Jaime Gralheiro: O teatro da história em Jaime Gralheiro: futuro de que passado?, respectivamente. Crítica literária, tem publicado ensaios e resenhas críticas em periódicos do Brasil e do Exterior. Além de diversos capítulos na coleção A literatura portuguesa em perspectiva (org. Massaud Moisés), teve publicados também os livros Aprenda a escrever (co-autoria), Antônio José da Silva, o Judeu: textos versus (con)textos e Camilo Catelo Branco: uma dramaturgia entre a lágrima e o riso. Vem participando, a convite, de Congressos e Simpósios no Brasil e no Exterior.

Estudos diacrônicos e sincrônicos do português
Município do Libolo, Kwanza Sul, Angola: aspectos linguístico-educacionais, histórico-culturais, antropológicos e sócio-identitários
Atlas Interactivo da Prosódia do Português
Fraseamento entoacional em português brasileiro
Constituintes silenciosos na Gramática do Português
Padrões de Frequência na Fonologia do Português - Investigação e Aplicações
Projeto de Pós-doutorado: Implementação rítmica e domínios prosódicos em português brasileiro e europeu contemporâneos
Padrões Rítmicos, Domínios Prosódicos e Modelagem Probabilística em Corpora do português
Ordem, estratégias de focalização e preenchimento em português: sintaxe, entoação e ritmo
Padrões Rítmicos, Fixação de Parâmetros e Mudança Lingüística
Ordem e preenchimento em português: sintaxe, entoação e ritmo
O papel do ritmo nas escolhas léxico-sintáticas em português europeu e em português brasileiro
Transcrição e descrição dos segmentos, do acento e da frase fonológica em dois corpora do português brasileiro
Padrões Rítmicos, Fixação de Parâmetros e Mudança Lingüística

Possui graduação em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas e Doutorado em Lingüística pela mesma instituição, com período sanduíche na Universidade de Lisboa. Atualmente é professora na área de Filologia e Língua Portuguesa, junto ao Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Teoria e Análise Lingüística. Suas investigações concernem ao estudo da fonologia e da fonética da língua portuguesa, com especial interesse na prosódia, na interface sintaxe-fonologia e na comparação entre variedades do português.

Corpus Multilíngüe para o Ensino e para a Tradução

Possui graduação em Letras e Ciências Humanas pela Universidade de Oslo (1968) e doutorado em Semiótica e Lingüística Geral pela Universidade de São Paulo (1975). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo. , atuando principalmente nos seguintes temas: tradutologia, praticas profissionais da tradução, terminologia e lingüística contrastiva. 

A Literatura e história portuguesas à luz do teatro

Bacharel e Licenciado em Letras pela Universidade de São Paulo (1970), mestrado em Letras (Literatura Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (1977), doutorado em Letras (Literatura Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (1982), Livre-Docente pela Universidade de São Paulo (1988). Atualmente é Pofessor Titular de Literatura Portuguesa na Universidade de São Paulo. Poeta, ficcionista, dramaturgo, ensaísta e crítico literário, com mais de duas dezenas de prêmios. Atua na Docência, Pesquisa e Orientação com ênfase no Classicismo, no Barroco, no Realismo e no Teatro Português.

Edição de Documentos em língua portuguesa
Fonologia e Morfologia do Português
Estudos de Línguas Crioulas de Base Portuguesa
Estudos Crioulos de Base Portuguesa e Português na África e na Ásia
Edição de documentos da Faculdade de Direito, USP, 1827-1894
Acento em Sabanê
Empréstimos portugueses em Maxacali

É Professor Associado (Livre-docente) na área de Filologia e Língua Portuguesa no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade de São Paulo. Possui Graduação (1997) e Mestrado (2000) em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas. Doutorou-se em Linguística pela Vrije Universiteit Amsterdam (2004), Holanda. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Linguística e Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: línguas crioulas de base portuguesa (São Tomé e Príncipe e Curaçao), fonologia e morfologia do português do Brasil, sociolinguística, línguas indígenas brasileiras e ensino de português como língua estrangeira.

De língua ancestral a língua nacional: Um percurso histórico da Língua Hebraica

Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1994), mestrado em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas pela Universidade de São Paulo (2000) e doutorado em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas pela Universidade de São Paulo (2006). Atualmente é professor do Departamento de Letras Orientais da FFLCH/USP. Tem experiência na área de Letras e História, atuando nos seguintes temas: Língua Hebraica moderna, História Judaica, História e Literatura israelenses e Holocausto.

Literatura francesa e literatura brasileira
Literatura comparada
Machado de Assis
Intertexto

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo(1977), graduação em Direito pela Universidade de São Paulo(1973), mestrado em LETRAS (EST. LING., LITERÁRIOS E TRADUTOLÓGICOS EM FRANCÊS) pela Universidade de São Paulo(1983) e doutorado em LETRAS (EST. LING., LITERÁRIOS E TRADUTOLÓGICOS EM FRANCÊS) pela Universidade de São Paulo(1988). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo. Atuando principalmente nos seguintes temas:Literatura francesa, Literatura brasileira, Literatura comparada, Machado de Assis, Intertexto. 

O Italiano falado nas comunidades de origem italiana no Brasil
Fenômenos de contato entre o italiano e o português
LEER (Laboratório de Estudos sobre Etnicidade, Racismo e Discriminação) Módulo Migrações
O italiano dos italianos de São Paulo

Possui graduação em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho(1989), mestrado em Letras (Língua e Literatura Italiana) pela Universidade de São Paulo(1995) e doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo(2002). Atualmente é Docente MS3 da Universidade de São Paulo, Membro de corpo editorial do SERAFINO CADERNOS DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE LÍNGUA E LITERATURA ITAL, Membro de corpo editorial da Revista de Italianística, Membro de corpo editorial do COLEÇÃO DIDÁTICA DE ESTUDOS ITALIANOS. e Membro de corpo editorial da Editora Paulistana. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas Estrangeiras Modernas. Atuando principalmente nos seguintes temas:língua, memória. 

Afrodite na mélica tardo-arcaica: a representação da deusa na poesia de Simônides, Baquílides, Píndaro
A representação de Afrodite na elegia grega arcaica
Imagens de Afrodite: variações sobre a deusa na mélica grega arcaica

É Bacharel em Letras/Português (1999), Mestre (2003) e Doutora (2008) em Letras Clássicas, sempre pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Realizou Pós-Doutorado (08/2012-01/2013) nos EUA (University of Wisconsin-Madison,Bolsa Fapesp). É Professora de Língua e Literatura Grega (DLCV-FFLCH-USP) e integra o Programa de Pós-Graduação em Letras Clássicas. Foi bolsista Fapesp (IC, 1997-8; Mestrado, 2001-3). No Doutorado (2004-8), foi bolsista Capes ("Bolsa Sanduíche" PDEE, University of Wisconsin (Madison, USA, 09/2006-03/2007). É autora de artigos e livros; são estes: "Fragmentos de uma deusa: a representação de Afrodite na lírica de Safo , (2005, Editora da Unicamp, apoio Fapesp), Prêmio Jabuti (2006); "Lira, mito e erotismo: Afrodite na poesia mélica grega arcaica" (2010, Editora da Unicamp, apoio Fapesp), resultado de tese com "Menção Honrosa" no Prêmio Capes de 2009; "Safo. Hino a Afrodite e outros poemas" (Editora Hedra, 2011), antologia com introdução, tradução e comentários. No prelo da Editora Hedra, tem a antologia "Lira grega: antologia de poesia arcaica", que reúne o cânone dos "9 líricos", de Álcman a Píndaro, com introdução, comentários, tradução e notas, com publicação prevista para o fevereiro de 2014. Atualmente, é Vice-Diretora em exercício de Diretoria da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (USP).

Literatura goesa e as literaturas de liíngua portuguesa no Oriente
Eça de Queirós: uma leitura cronológica de sua obra
Literatura e cultura no século XIX: França, Portugal e Brasil
Perspectivas críticas da obra de Eça de Queirós
Letras e cultura portuguesas no espaço colonial
Estudos queirosianos
A literatura de língua portuguesa nas colônias no século XIX
Pensando Goa

Possui graduação em Linguística e em Letras pela Universidade Estadual de Campinas (1983, 1985), mestrado em Teoria e História Literária pela mesma universidade (1993), doutorado em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (1999), tendo realizado estágios pós-doutorais na École des Hautes Études en Sciences Sociales (2005), em Paris, e no College of Humanities da Ohio State University (2009), em Columbus. Atualmente é professor livre-docente da Universidade de São Paulo, atuando especialmente nas áreas de literatura portuguesa, estudos comparados de literaturas de língua portuguesa e história da literatura. No momento, tem por foco dois núcleos de pesquisa: um voltado para a obra de Eça de Queirós; outro voltado para a literatura de língua portuguesa de Goa e de outras ex-colôniais portuguesas do Oriente. É autor do livro Romantismo Paulista (2006), organizador do volume Oriente, Engenho e Arte (2004), além de ser co-organizador de Literatura Portuguesa: História, Memória e Perspectivas (2007), de um número especial da revista Via Atlântica (2011) sobre literatura e cultura em Goa, entre outras obras.

Herança portuguesa e relações coloniais na obra de Machado de Assis
A recepção crítica da obra de Machado de Assis

É professor associado da Universidade de São Paulo, pesquisador do CNPq e co-editor e membro da comissão executiva da Machado de Assis em linha - revista eletrônica de estudos machadianos. Graduado em Comunicação Social (Jornalismo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, mestre e doutor em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas, tem pós-doutorado na University of Manchester, Reino Unido, e atuou como professor visitante na Universidade da Califórnia, em Los Angeles (UCLA). Atualmente é coordenador do Programa de Pós-Graduação em Literatura Brasileira na USP e representante da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas junto ao Conselho Deliberativo do Instituto de Estudos Brasileiros da USP - IEB. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: Machado de Assis, recepção crítica, adaptações de textos literários para cinema e televisão. Atualmente é coordenador do Programa de Pós-Graduação em Literatura Brasileira na USP e representante da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas junto ao Conselho Deliberativo do Instituto de Estudos Brasileiros da USP - IEB. Foi coordenador da área de Literatura Brasileira no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas no período 2007-2009 e coordenador da Seção Brasil da Latin American Studies Association (LASA) no período 2006-2009.

A função da ficcionalidade na literatura alemã contemporânea após 1989
Transformações da ficção: novas tendências na literatura alemã contemporânea
A configuração de elementos ficcionais e factuais na literatura alemã contemporânea após 1989
Tendências da escritura autobiográfica desde o início do século XX
A violência do terrorismo organizado e seus executores: Atitudes individuais frente à responsabilidade em escritos autobiográficos e ficcionais
Testemunho e autobiografia: comparação intercultural e tradução

Possui graduação e doutorado em Neuere Deutsche Literatur - Freie Universität Berlin (1988). Livre-docente em Literatura Alemã pela USP em 2011. Atualmente é ms-5 (rdidp) professor associado da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literaturas Estrangeiras Modernas, atuando principalmente na área de literatura alemã e nos seguintes temas: literatura contemporânea, a época de Goethe, poesia lírica alemã, narrativa alemã, autobiografia, memoria coletiva, literatura do holocausto, literatura e história, teoria da narrativa e teoria da ficcionalidade.

Projeto de Licenciatura Internacional - PLI-França
Enseigner le FLE avec les nouvelles technologies pour favoriser la littératie médiatique multimodale
Interações e produções em francês on-line (no ciberespaço) com adolescentes da Escola de Aplicação da USP
Ensino do Francês para Objetivos Universitários (FOU): um dispositivo de preparação a distância para inserção universitária de estudantes brasileiros em contexto francófono
Formação de professores de Francês Língua Estrangeira em contexto presencial e a distância: desafios e possibilidades no contexto brasileiro
Projeto CECA: Culture d'enseignement et culture d'apprentissage. L'enseignement de la langue française et des cultures d'expression françaises à des adolescents du réseau public de la ville de SãoPaulo
Projeto: Formação de professores: o desenvolvimento de competências orais e escritas no ensino\aprendizagem do Francês como Língua Estrangeira
Documentos televisuais e o ensino de francês para fins específicos : as reportagens da série France Feelings e o projeto Br@nché
Televisão e internet: o desenvolvimento de competências orais no ensino e aprendizagem do Francês como Língua Estrangeira
Elaboração de material didático para os níveis iniciais de aprendizagem de francês dos Centros de Língua da rede pública do Estado de São Paulo
Formação Linguística de futuros bolsistas para estudar na França ou em países de língua francesa
Projeto de criação do Laboratório Virtual de Línguas - Lavil
Projeto de Reforma Curricular dos Cursos de Letras da Faculdade de Comunicação e Filosofia

Possui graduação - Bacharelado e Licenciatura - em Letras Francês pela Universidade de São Paulo (1990-1991), mestrado em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (1996) e doutorado em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (2004). Atualmente é docente e pesquisadora do Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), área de Estudos Linguísiticos, Literários e Tradutológicos de Francês da Universidade de São Paulo. Pesquisadora, atua principalmente nas seguintes áreas: formação de professores de francês, didática das línguas estrangeiras, em particular, ensino e aprendizagem do francês como língua estrangeira, ensino de línguas para objetivo específico (FOS) e universitário (FOU) e tecnologias da Informação e da comunicação (TICs) para o ensino de línguas em ambientes virtuais de aprendizagem. Atualmente é Presidente da Associação dos Professores de Francês do Estado de São Paulo (APFESP), função que ocupa desde 2008 e Coordenadora da área de Francês do Centro de Línguas da FFCLH-USP. Possui diversos artigos publicados no âmbito da formação de professores e ensino do francês em contextos presencial e a distância. Condecorada com a Ordre de Chevalier des Palmes Académiques em 2013.

As disciplinas de tradução espanhol-português na FFLCH-USP: aperfeiçoamento e ampliação do uso de novas tecnologias
Estudos de tradução com apoio de corpus: competência tradutória e descrições da tradução
O desenvolvimento da competência tradutória em níveis básicos de espanhol como língua estrangeira
Tradução: processos e produtos
Colocar lupas, transcriar mapas. Iniciando o desenvolvimento da competência tradutória em níveis básicos de espanhol como língua estrangeira
O romanesco no Quixote de 1605: o conto do capitão cativo
Ángel Ráma. Literatura e cultura na América Latina

Docente do curso de Letras da Universidade de São Paulo, Habilitação Espanhol, Disciplinas de Língua Espanhola e Tradução, desde 2000. Professora doutora em regime de dedicação exclusiva. Bacharel (1992) e Licenciada (1994) em Letras pela Universidade de São Paulo, nas habilitações Português e Espanhol. Especialização no *Curso para Profesores de Lengua y Literatura Española* (1996), em Madri, como bolsista da AECI - Agencia Española de Cooperación Internacional. Mestre (1998) e Doutora (2006) em Letras pela Universidade de São Paulo. Pós-doutorado (2009) na Universitat Rovira i Virgili, Espanha. Produção bibliográfica reunindo artigos em periódicos especializados, trabalhos em anais de eventos, capítulos de livros, traduções e participação na produção de dicionários bilíngües. Participação em eventos no Brasil e no exterior. Principal área de concentração: Estudos de Tradução. Atuação também em Língua Espanhola e Literatura Espanhola. Entre os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica estão: Estudos de Tradução, competência tradutória, formação de tradutores, conhecimentos declarativos, Cervantes, Quixote, romanesco e Northrop Frye.

Estudos Semânticos da Língua Chinesa: Reelaboração e Análise de um Dicionário Chinês-Português a partir da Obra de Pe. Joaquim, A. J. Guerra
Estudos Gramaticais da Língua Chinesa Moderna: Ensino de Mandarim aos Brasileiros
Estudo sobre o papel da mulher chinesa e sua evolução desde a época clássica a moderna, a luz de obras literárias

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade de São Paulo (1995), mestrado (1999) e doutorado (2006) em Filosofia da Educação pela mesma Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Atualmente é professora da área de Língua e Literatura Chinesa, do Departamento de Letras Orientais, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Atua principalmente nos seguintes temas: pensamento chinês e cultura chinesa, Confúcio, Mêncio, estudos etimológicos da escrita chinesa, literatura chinesa clássica e moderna, e tradução.

A Vida e a Obra de Mikhail Bulgákov
Prosa Russo-soviética

Possui graduação em Português Russo pela Universidade de São Paulo(1975), mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo(1984) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo(1994). Atualmente é Professor Doutor MS-3 da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literaturas Estrangeiras Modernas. Atuando principalmente nos seguintes temas:Prosa Russa do sec XX, Prosa satírica, Mikhail Bulgákov, Vida e obra de Mikhail Bulgákov, Prosa Soviética.

O grupo Diásporas. Nacionalismo, vanguarda e experimentação.

Professora de Literatura Hispano-Americana da Universidade de São Paulo (USP, 2011). Possui graduação de Licenciada en Lengua y Literatura Francesa - Universidad de La Habana (UH) (1987), Mestrado em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (USP) (2000) e Doutorado em Integração da América Latina (Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (2004). Pós-Doutoranda e Pesquisadora Colaboradora do Departamento de Teoria Literária do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) da Universidade de Campinas (UNICAMP, 2007-2010). Tem experiência na área de Letras e Língua Espanhola, atuando principalmente nos seguintes temas: Narrativa e Poesia Hispano-Americana, Intelectuais e Política na América Latina, Periódicos Literários Hispano-Americanos, Exotismo e Orientalismo na Literatura Latino-Americana.

Valores culturais e didáticos na metáfora de especialidade: as múltiplas imagens da crise econômica mundial na imprensa escrita
Observatório de neologismos do português brasileiro contemporâneo
Gramática do Português Falado
Vocabulário Panlatino da Inteligência Artificial
Observatório de Neologismos Científicos e Técnicos do Português Contemporâneo
Lexicologia e Lexicografia
Lexicologia e Terminologia do Português

Possui graduação em Letras pela Universidade Católica de Santos, mestrado em Lettres Modernes pela Academie de Lettres de Besançon e doutorado em Linguistique - Université de Paris III (Sorbonne-Nouvelle), Livre-Docência pela Universidade de São Paulo (2000). Realizou estágios de pós-doutorado na Université Paris 3 - Sorbonne Nouvelle, na Université Paris 7 - Denis Diderot, no Institut de la Langue Française (Nancy e Centre de Terminologie et de Néologie-Paris), na Université Laval, Québec. Atualmente é professora titular da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, onde ministra aulas na Graduação e na Pós-Graduação. Foi presidenta do Comitê Executivo da Rede Iberoamericana de Terminologia de 11-2000 a 11-2002, coordenadora do GT de Lexicologia, Lexicografia e Terminologia da ANPOLL de 06-2002 a 06-2004 e presidenta do Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo de 07-2011 a 07-2013. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase nos estudos do Léxico, atuando principalmente nos seguintes temas: Neologia, Lexicologia, Terminologia e Lexicografia.

Teoria e análise linguística
Morfologias do tempo: para uma semiótica do que (se) passa
O ser do sentido e o sentido do ser: semiótica e teoria das catástrofes

Graduou-se em Letras pela Universidade de São Paulo e realizou posteriormente o mestrado em Artes (1992) e o doutorado em Semiótica e Linguística Geral pela mesma instituição (1998), com estágio-sanduíche na Universidade de Paris X - Nanterre (Michel Arrivé, co-orientador). No ano letivo 2008-2009, fez estágio de pós-doutoramento em semiótica na Universidade de Limoges, França (Jacques Fontanille, supervisor). Professor assistente doutor da FFLCH-USP, leciona na Graduação em Letras e na Pós-Graduação em Semiótica e Linguística Geral. Suas pesquisas e publicações estão voltadas sobretudo para a semiótica e os domínios conexos. Integra o corpo editorial de diferentes periódicos, entre os quais Letras & Letras (UFU), CASA - Cadernos de Semiótica Aplicada (UNESP), Estudos Semióticos (USP), Nouveaux Actes Sémiotiques (Université de Limoges), Signata (Université de Liège). Faz parte do corpo internacional de assessores científicos do Fonds National de la Recherche Scientifique (FRS/FNRS, BE) e da coleção "Sigilla" - Presses Universitaires de Liège. Tem traduzido, por vezes em colaboração, livros e artigos de diferentes autores, entre os quais Michel Arrivé, Denis Bertrand, Francis Édeline, Jacques Fontanille, Claude Zilberberg. Recentemente, foi um dos organizadores da obra coletiva Semiótica: identidade e diálogos, ao lado de Jean Portela, Waldir Beividas e Matheus Schwartzmann (São Paulo, Cultura Acadêmica, 2012). Atua na área de semiótica e arredores, interessando-se, especialmente, pela epistemologia das ciências da linguagem, pela poética e pela linguística geral. 

A prosa no Brasil
A poesia no Brasil
Literatura e sociedade no período modernista: Mário de Andrade e Carlos Drummond de Andrade
Notícias do Brasil e visões da identidade na literatura contemporânea

Possui doutorado em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo e graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente é professor de Literatura Brasileira na Universidade de São Paulo. É autor dos livros "Cenas de um modernismo de província: Drummond e outros rapazes de Belo Horizonte" (Editora 34, 2011) e "Modernismo em revista: estética e ideologia nos periódicos dos anos 1920" (Editora Casa da Palavra, 2013). Organizou as antologias "Os melhores poemas de Augusto Frederico Schmidt" (Editora Global, 2010) e "Clara dos Anjos e outros contos de Lima Barreto" (Editora Scipione, 2011), entre outras. Foi diretor do programa literário "Entrelinhas", da TV Cultura (São Paulo).

Ensino de Literatura Brasileira
Literatura e autoritarismo
Literatura e outros sistemas
Literatura e Violência
Sociologia da Literatura
Literatura e História
Latin American Literary and Cultural Studies
Violência e cultura

Possui graduação em Licenciatura em Letras - Português pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1988), mestrado em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (1993) e doutorado em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1997). Atualmente é professor associado da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas:violência, autoritarismo e melancolia.

Movimento-A` Legitimando Movimento-A: Efeitos de Edge Features na Computação Sintatica
Especificação de Traços de Concordância e Computação Sintática
Controle Finito e Hiperalçamento em Português Brasileiro: Consequências para o Quadro do Programa Minimalista
European Research Nets in Linguistics (ERNL)
Sintaxe Gerativa do Português Brasileiro na Entrada do Século XXI: Minimalismo e Interfaces
Movimento Sintático, Agree e Linearização de Cadeias no Programa Minimalista
A Sintaxe do Português
Linearização de Cadeias e Movimento Lateral no Programa Minimalista
Gramática do Português Falado (NURC)

Graduou-se em letras (Português) na PUCCAMP (1986) e obteve os títulos de mestre em lingüística pela UNICAMP (1990) e pela University of Maryland (1994), doutor em lingüística pela University of Maryland (1995), e livre-docente pela UNICAMP (2001). Além disso, fez estágios de pós-doutoramento na University of Southern California (1995), no Zentrum für Allgemeine Sprachwissenschaft, Typologie und Universalienforschung (1997), na University of Maryland (1998, 2005), na Utrecht University (2004) e na Universidad del País Vasco (2010, 2013). Trabalha com sintaxe gerativa, tendo já ministrado cursos de pós-graduação regulares ou intensivos em várias universidades do País (PUCRJ, PUCRS, UEFS, UFAL, UFBA, UFMG, UFSC, UFPA, UNEMAT, UNESP, UNICAMP e USP) e do exterior (University of Southern California, Universidad del País Vasco, University of Connecticut, Universität Hamburg, Universidad del Comahue, Universiteit Leiden, Universidad de Buenos Aires, University of Maryland, Rutgers University e Beijing Institute of Technology). Em 2003 e 2007 foi o titular da Cátedra de Estudos Brasileiros da Universiteit Leiden. É autor de "Linearizaration of Chains and Sideward Movement" (MIT Press, 2004), co-autor de "Understanding Minimalism" (Cambridge University Press, 2005) e "Control as Movement" (Cambridge University Press, 2010), organizador de "Minimalist Essays on Brazilian Portuguese Syntax" (John Benjamins, 2009), co-organizador de "The Copy Theory of Movement" (John Benjamins, 2007) e desde 2001 é co-editor do periódico "Probus International Journal of Latin and Romance Linguistics (Mouton de Gruyter). Atualmente é Professor Titular do Departamento de Lingüística da USP e bolsista 1B do CNPq.

As Epístolas Morais de Plínio, o Jovem
Os gêneros antigos da poesia e sua tradução ao português
As Epístolas Poéticas, Retóricas, Estatuárias e Pictóricas de Plínio o Jovem: Tradução, Anotação e Comentário
Os Gêneros Antigos da Poesia e Sua Tradução ao Português

Livre-docente em Letras Clássicas desde 2013 pela Universidade de São Paulo, onde obteve o título de Doutor (1999) e Mestre (1993) ambos em Letras Clássicas. Formou-se em Letras, Latim e Grego (1988) e Inglês e Português (1982), na Universidade de São Paulo, onde é professor-associado 1 na Graduação em Língua e Literatura Latina e na Pós-Graduação em Letras Clássicas. Atua principalmente nas seguintes linhas de pesquisa: gêneros da poesia antiga, tradução poética do grego e do latim e estudos de história da tradução de poesia greco-latina em português.

Os "Escritos sobre a Música e os Músicos", de Robert Schumann: apresentação, tradução e notas.

Formado em música, com aperfeiçoamento em interpretação musical (piano), entre 1965 e 1975. Possui graduação em Letras, Habilitação Tradutores e Intérpretes do Alemão pela Faculdade Ibero Americana de Letras (1980), mestrado em Filologia e Lingüística Românica pela Universidade de São Paulo (1990), doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1994), livre-docência em Letras (Língua e Literatura Alemã), também pela Universidade de São Paulo (2009). Desde 2012 é Professor Titular, Ref. MS-6 em RDIDP, junto ao Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Possui prêmios na Área de Música e de Letras (tradução) e atua principalmente nos seguintes domínios: tradução (alemão-português), ensino de tradução, ensino de língua estrangeira (alemão), teorias de tradução e tradução literária. 

Dizeres das antiguidades - a arquitetura discursiva da literatura sânscrita purânica exemplificada pelo mito da Grande Deusa
A Celebração do Mito no Gîtagovinda de Jayadeva – apresentação e tradução do poema sânscrito segundo sua relação com as narrativas épicas

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (2001), mestrado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (2004) e doutorado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (2009). Tem experiência na área de Letras e Linguística, com ênfase em Língua e Literatura Sânscrita e Análise do Discurso. Atua principalmente no ensino de Língua Sânscrita, Literatura Purânica, Literatura Mística e Religiosa Hinduísta e Śivaísmo da Caxemira.

O teatro no Brasil
Formas da comédia e do cômico no teatro brasileiro do século XIX
Machado de Assis e o teatro
As idéias Teatrais no Brasil: o Século XX (2a. Parte: 1943-1978)
As Idéias Teatrais no Brasil: (1a. Parte: 1901-1942)
As Idéias Teatrais no Brasil: o Século XIX
O Naturalismo Teatral no Brasil

Possui graduação em Letras - Português/Inglês (Unesp 1973). É Mestre (1982), Doutor (1990) e Livre-Docente (1999) em Literatura Brasileira pela USP, integrando seu corpo docente desde 1983. Realizou pós-doutoramentos na França (1991-1993; 2003) e EUA (2012-13). Em 2000, foi "Tinker Visiting Professor" na Universidade do Wisconsin-Madison (EUA), onde ministrou curso de pós-graduação. Atualmente, é Professor Titular de Literatura Brasileira na USP e Vice-Diretor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. É membro do NUPEBRAF (Núcleo de Pesquisas Brasil-França) do IEA-USP (Instituto de Estudos Avançados). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teatro, atuando principalmente nos seguintes temas: teatro brasileiro, dramaturgia brasileira, história do teatro brasileiro, comédia, Machado de Assis e José de Alencar.

Past and Present Trends in Literary translation Studies
DO Perifrástico na Peças de Shakespeare

John Milton formou-se em Literatura Inglesa e Espanhol na Universidade de Wales (Swansea) em 1978. Fez seu mestrado pela PUC, São Paulo, em Lingüística Aplicada (1986), e o doutorado pela Universidade de São Paulo em Literatura Inglesa (1990). Atualmente é professor na áreas de Literatura Inglesa e Estudos da Tradução na USP. Pesquisa na área de tradução literária, a sociologia e a história da tradução no Brasil, e a tradução e a adaptação. Completou sua Livre Docência em 1999 e tornou-se Professor Titular em 2012. É coordenador do Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução (TRADUSP) (Mestrado e Doutorado) da FFLCH-USP.

Teoria Crítica e Literatura
A crise do romance nos anos vinte
Estética e Teoria Literária

Jorge de Almeida possui graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1992), especialização no Programa de Formação de Quadros do CEBRAP (1996) e doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (2000). Desde 2001 é Professor MS-3 do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da Universidade de São Paulo. Foi professor visitante na Universidade Livre de Berlim e na Universidade Paris VIII. Tradutor de obras de Theodor Adorno, tem experiência nas áreas de Filosofia, Letras e História da Música, com ênfase em autores da Teoria Crítica, atuando principalmente nos seguintes temas e subáreas: Modernismo, Vanguardas, Estética, História da Música, Teoria Literária e Literatura Comparada. 

Literatura Brasileira e Jornalismo
A Linguagem literária e jornalística das seções de crônicas do Jornal do Commercio
Gêneros e Estilos Literários e Jornalísticos em Periódicos de Grande Circulação
Literatura Brasileira e Imprensa periódica: Aspectos Sincrônicos e Diacrônicos de Gêneros e Estilos
Literatura e Imprensa Periódica
mprensa periódica e ficção no Brasil: O perfil literário dos jornais
Imprensa periódica e ficção no Brasil: O fenômeno do Romance-Reportagem
O Impacto dos Meios de Comunicação de Massa na Ficção Brasileira
Imprensa e ficção no Brasil: a ficção nos jornais
Livro de Bolso: Documentação sobre uma Literatura de Ficção

Possui graduação em Faculdade de Letras pela Universidade de São Paulo (1979), mestrado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1991) e doutorado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996). Atualmente é professor assistente-efetivo da Universidade de São Paulo. Tem experiência nas áreas de Letras e Jornalismo, atuando principalmente nos seguintes temas: gêneros literários, literatura brasileira e jornalismo, gêneros jornalísticos, comunicação e literatura e tipologias de discursos.

Poesia e prosa greco-latina
O discurso teórico greco-latino
O mito do herói e as figurações do poder
Tragédia grega: estudo e tradução
Platão: mito, retórica e dialética

Possui graduação em Letras Clássicas (Português Latim e Grego) pela Universidade de São Paulo (1974), mestrado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo (1980), doutorado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo (1987), e livre docência em Literatura Grega pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente é Professor Titular de Língua e Literatura Grega na Universidade de São Paulo. Autor de "O Sentido de Zeus. O Mito do Mundo e o Modo Mítico de Ser no Mundo" (São Paulo, Roswitha Kempf, 1988 / Iluminuras, 1996) e "A esfera e os dias. Poemas" (São Paulo, Annablume, 2009), publicou ainda os estudos e traduções:, ÉSQUILO - Tragédias (São Paulo, Iluminuras, 2009), ÉSQUILO - Orestéia (São Paulo, Iluminuras, 2004, 3 vols.), EURÍPIDES - Bacas (São Paulo, Hucitec, 1995), EURÍPIDES - Medéia (São Paulo, Hucitec, 1991), ÉSQUILO - Prometeu Prisioneiro (São Paulo, Roswitha Kempf, 1985), HESÍODO - Teogonia (São Paulo, Roswitha Kempf, 1981 / Iluminuras, 2006, 6a. ed.), além de artigos e estudos sobre literatura grega clássica em livros, revistas e periódicos especializados. Trabalha com os seguintes temas: tragédia grega, pensamento mítico e filosofia grega, estudando e traduzindo dos seguintes autores: Homero, Hesíodo, Ésquilo, Eurípides e Platão.

Edição de memórias históricas e diários de viagem dos séculos XVI a XVIII: Projeto História do Português Paulista
Formação Inicial de Professores de Língua Estrangeira: A Pesquisa em Aprendizagem e Ensino de Língua Alemã
Formação de corpora do Português Paulista
O aprendizado de uma língua estrangeira como veículo de inserção social: processo de ensino-aprendizagem e metodologias de ensino de alemão como língua estrangeira
A gramaticalização de marcadores discursivos do Alemão e do Português e seu papel no processo de sintaticização, semanticização e discursivização de construções paratáticas e hipotáticas: uma perspectiva discursivo-cognitiva
Ditos ditados: Glossário de aforismos na obra de Guimarães Rosa
O ensino de Alemão com Língua Estrangeira: Alemão no Campus
Catalogação, descrição e edição de documentos impressos em língua alemã na Brasiliana Digital

Possui graduação em Língua Portuguesa pela Faculdade de Filosofia Letras E Ciências Humanas Usp (1987), graduação em Letras (Português-Inglês-Alemão) - Licenciatura pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1982), graduação em Licenciatura (Português-Alemão) pela Universidade de São Paulo (1987), mestrado em Língua Alemã pela Faculdade de Filosofia Letras E Ciências Humanas Usp (1997), doutorado em Língua Portuguesa pela Faculdade de Filosofia Letras E Ciências Humanas Usp (2007) e doutorado em Doutorado em Romanística - Eberhard-Karls-Universität Tübingen (2006). Atualmente é professor doutor da Faculdade de Filosofia Letras E Ciências Humanas Usp. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Alemã, atuando principalmente nos seguintes temas: alemão como língua estrangeira, didática de língua estrangeira, diacronia da língua portuguesa, pragmática e ensino de língua estrangeira.

O diálogo De ira de Sêneca: estudo, tradução e notas
Tragédias de Sêneca ('Agamêmnon', 'Tiestes', 'Troianas'): estudo e tradução
O diálogo 'De ira' de Sêneca: estudo, tradução e notas
Tragédias de Sêneca: estudo e tradução

Possui graduação em Letras (Português e Latim) pela Universidade de São Paulo (1988) e doutorado em Letras Clássicas pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é Professor Doutor, ms-3, em RDIDP, da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Letras Clássicas, atuando principalmente nos seguintes temas: poesia dramática latina, tragédias de L. A. Sêneca, tragédia latina da época republicana; retórica e poética antigas; epistolografia latina (Cícero, Sêneca e Plínio, o Jovem); teorização antiga sobre os gêneros discursivos; métrica na poesia latina; gramática da língua latina e tradução de obras de autores latinos. 

José Saramago: o período formativo

Poeta com vários livros de criação e crítica literária publicados em diversas línguas, como a espanhola, a inglesa, ou a búlgara. Seu último livro de poemas, "Ravenalas", foi editado em 2008 pela Editora Selo Demônio Negro. Recebeu o prêmio da APCA (Associaçâo Paulista de Críticos de Arte), em 1992, pela organizaçâo do encontro internacional que gerou o livro: "A palavra poética na América Latina". Defendeu tese de doutoramento original sobre o período formativo de José Saramago em 1993. Foi membro do júri de vários prêmios internacionais, e foi presidente do júri do Prêmio Octavio Paz de Poesia e Ensaio. Foi, também, presidente da ABEH - Associação Brasileira de Estudos de Homocultura no biênio 2006-2008. Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (1978), mestrado em Artes - New York University (1983), mestrado em Filosofia - Yale University (1986), mestrado em Artes - Yale University (1986) e doutorado em Filosofia (PhD)- Yale University (1994). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Portuguesa Contemporânea, especialmente em poesia e no estudo do cânone poético das línguas portuguesa e espanhola. Traduziu poetas modernos centrais, como Octavio Paz, José Gorostiza, César Vallejo e Elisabeth Bishop. Morou vinte anos fora do Brasil, fixando residência em diversos países como EUA, Espanha, Portugal e México, onde foi professor-titular da Universidad Nacional Autónoma de México-UNAM. Retornou ao Brasil em 2001. Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. 

Teônimos, epicleses e epítetos divinos na Grécia Antiga: fraseologia e legado indoeuropeu
Influência oriental e herança indoeuropeia na prece grega

ossui graduação em Direito pela Universidade de São Paulo (1992), mestrado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1997), doutorado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo (2007). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literaturas Clássicas, atuando principalmente nos seguintes temas: língua grega, literatura grega e linguística indo-europeia. 

Fatores sócio-histórico-culturais preponderantes na gênese e nas transformações dos livros para crianças e jovens no Brasil
Literatura infantil / juvenil e sociedade
Sincretismo de imagem e percepção da Literatura Infantil / Juvenil brasileira contemporânea

Possui graduação em Português e Inglês pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Barão de Mauá (1987), Mestrado em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1996) e Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002). Atualmente é Professor Doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras com ênfase em Literatura Infantil e Juvenil. Atua nas áreas de ensino de leitura de Literatura infantil e juvenil, Estudos Comparados de Literatura, Cultura e Sociedade. 

Gramática Latina
Destino e liberdade em Cícero
Noites Áticas - estudo e tradução

Pela Universidade de São Paulo, possui graduação em Letras (1979), doutorado em Letras Clássicas (1991) e Livre-docência (2008). Atualmente é Professor Associado da Universidade de São Paulo. Sua área de especialização é Gramática Latina e tradução de textos do latim clássico. 

Literatura alemã e brasileira em arquivos: textos do século XX
Poesia como conhecimento afetivo
Chiaroscuro: configurações do drama da razão na poesia de Bruno Tolentino
Rosa Branca: tradução de textos selecionados
Canto e reflexão: um estudo sobre poesia e conhecimento
Canto e reflexão: discursos sobre poesia de língua alemã
Beleza, afeição e conhecimento na literatura brasileira e alemã
Paul Celan: tradução e crítica

Graduação em Letras - Português e Alemão pela FFLCH/USP (1996), mestrado (2000) e doutorado (2005) em Língua e Literatura Alemã pela mesma universidade. Bolsista da FAPESP e do DAAD (2002-2004). De 2006 a 2009, professsora da UFRJ (Departamento de Letras Anglo-Germânicas/Universidade Federal do Rio de Janeiro). Desde 2009, professora de Literatura Alemã da FFLCH/USP (Departamento de Letras Modernas). Temas de pesquisa: poesia de língua alemã (Paul Celan, entre outros), literatura de língua alemã, literatura e conhecimento, Bruno Tolentino. Pós-doutorado pela UNICAMP em andamento (tema: Bruno Tolentino). Membro da Associação Latino-Americana de Estudos Germanísticos (ALEG) e do GT Literatura e Sagrado.

Pesquisa e elaboração do livro didático de língua japonesa voltado para o ensino superior
Estudo morfossintático e discursivo da língua japonesa
GRIELJ: O estudo dos gramáticos japoneses Yamada, Hashimoto, Tokieda, Watanabe (projeto interinstitucional)
Línguas da Comunidade Nikkei do Brasil: documentacao e estudo interdisciplinar
Tradução crítica de Makurano Sôshi
Teoria e análise lingüística em suas dimensões diacrônica e sincrônica da língua japonesa

Possui graduação em Letras (Japonês e Português) pela Universidade de São Paulo (1983), mestrado em Letras/Japonês pela Osaka University (1987) e doutorado em Linguística pela Universidade de São Paulo (1996). Professora doutora - MS-3 do Depto. de Letras Orientais da Fac. de Filisofia, Letras e Ciências Humanas da USP, foi classificada em 2013 como Professor Doutor 2 com a implantação do Plano de Carreira Docente na USP. Pesquisadora do Centro de Estudos Japoneses da USP, foi diretora do mesmo centro entre 2003 e 2009. Membro do conselho editorial do periódico Estudos Japoneses. Foi coordenadora do Programa de Mestrado em Língua, Literatura e Cultura Japonesa de 2011 a 2013. Vice-coordenadora do curso de Japonês ministrado no Centro Interdepartamental de Línguas da mesma faculdade de 2011 a 2013 e atualmente coordenadora do mesmo curso. Tem experiência na área de Língua Japonesa, com ênfase na Teoria e Análise Linguística e tem artigos sobre a língua japonesa publicados em periódicos e livros. Atua também na área de tradução de Japonês - Português e tem artigos e livros publicados, na sua maioria obras literárias japonesas.

Pesquisa de Cultura Folclórica nikkei no Brasil
Projeto de pesquisa sobre Diálogos Interculturais-IEA/USP
Línguas em contato- Estudo de Caso de Imigrantes de Okinawa no Brasil e no Bolívia
Projeto Internacional de Compilação e Publicação de Enciclopédia do Japão Contemporâneo
Psicologia, (e)migração e cultura
Adaptação dos Jovens Nikkeis na Sociedade Japonesa
Language contacts - case study of Okinawan-Brazilians
Línguas em Contato: estudo de caso de Okinawanos e seus descendentes na cidade de São Paulo
Língua Falada dos Nikkeis no Brasil (Projeto Internacional)
Adaptação dos Nikkeis de Países Latino-americanos
Base Militar Norte-Americana e a Revitalização Regional de Okinawa
Culto aos Antepassados realizado por Okinawanos no Brasil
Xamanismo Okinawano
Experiência dos Nikkeis nos países latino-americanos (Projeto Internacional)
Etnicidade e Cultura Folclórica no Nikkei Brasileiro
Aculturação da Culinária Japonesa no Estado de São Paulo
New Face of Racial Discrimination in Brazil
Assimilação de Imigrantes de Okinawa na Bolívia
Fenômeno Dekassegui (Projeto Internacional)
Bairrro da Liberdade, Memória e Territorialidade
Literatura Okinawana Contemporânea - Pesquisa sobre a imagem do Xamã: Yuta / Xamaninsmo na Literatura Okinawana Contemporânea

Possui graduação em Faculty of Economics And Political Science pela Meiji University(1978), mestrado em Ciência Política - reconhecido pela USP pela Meiji University(1982) e doutorado em Ciências Sociais - reconhecido pela USP pela Tohoku University(1994). Atualmente é funcionário da Universidade de São Paulo, pesquisador do Ministério da Educação e Ciência do Japão, pesquisador da Research Institute for Japanese floklore Culture of Kanagawa University, pesquisador da Osaka University, Pesquisador do laboratório de Estudos de Etnicidade, Racismo e Discriminação da FFLCH/USP e Membro de corpo editorial da Estudos Japoneses (USP). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas Estrangeiras Modernas. Atuando principalmente nos seguintes temas:identidade étnica, Invenção de tradição, Cultura, xamanística, história da imigração de okinawa e comunidade étnica. 

A ficcionalização da história e suas possibilidades formais e temáticas na literatura latino-americana
Práxis narrativas na literatura latino-americana
Centros Associados Argentina/Brasil
Poéticas narrativas na Literatura Latino-Americana contemporânea
Estudos Latino-Americanos: Ficção e História

Possui graduação em Licenciatura Em Literatura Com Menção Em Filosofia - Universidad de Chile (1980), mestrado em Letras (Língua Espanhola e Lit. Espanhola e Hispano-Americ.) pela Universidade de São Paulo (1989) e doutorado em Letras (Língua Espanhola e Lit. Espanhola e Hispano-Americ.) pela Universidade de São Paulo (1996). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Hispano Americana, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura chilena, literatura hispano-americana, cultura latino-americana, blest gana - nacionalismo literário e literatura hispano-americana contemporânea.

Da Índia para o Brasil: A crítica cruzando fronteiras culturais
SPeCTReSS-Social PracticE Cultural Trauma and REestablishing Solid Sovereignties
Trans: Transnationalism, Translation and Travel in Literary and Cultural Studies
Pensando a contemporaneidade: O Século XXI
Pós-colonialismos e pós nacionalismos
Da Irlanda para o Brasil: Textos Críticos
Multiculturalismo e Transculturalidade
Ficção, Poesia e Cultura Contemporânea Anglo-Irlandesa
Teorias críticas e literaturas das diásporas, do exílio e imigrações
Poéticas da violência: da bomba atômica ao 11 de setembro
Literatura diaspórica de língua inglesa na América Latina: os irlandeses
Narrativas Literárias e identidades nos espaços diaspóricos de língua inglesa
As Literaturas Estrangeiras e o Brasil: Diálogos
A Literatura da virada do século: Fim das utopias?
Estudos de Cultura

Laura Patrícia Zuntini de Izarra possui Graduação em Letras em Inglês (1974) pelo Instituto Juan XXIII (Argentina), Mestrado (1989) e Doutorado (1995) em Letras em Estudos Lingüísticos e Literários em Inglês pela Universidade de São Paulo. Realizou Pós-Doutorado na University of London, Institute of Latin American Studies (Bolsa FAPESP 2004), foi pesquisadora visitante no Trinity College Dublin (Bolsa FAPESP 2004); professora convidada na School of English e pesquisadora do Institute of Advanced Studies da Jawaharlal Nehru University (Bolsa FAPESP 2013). Atualmente é professora Livre Docente da Universidade de São Paulo; coordena a Cátedra de Estudos Irlandeses W.B.Yeats (desde 2009) e os convênios de intercâmbio entre a USP e a National University of Ireland/Maynooth (desde 2007), a Queen's University Belfast (desde 2011), e o St. Mary's University College, London (FFLCH 2011). É membro do Conselho Internacional do Instituto de Pesquisa An Foras Feasa (NUI-Maynooth) e do Conselho Editorial Internacional da Irish University Review (ISSN 0021-1427) e do Canadian Journal of Irish Studies, assim como de revistas acadêmicas nacionais. Foi presidente da APLIESP (Associação de Professores de Inglês do Estado de São Paulo), da Society for Irish Latin American Studies (SILAS) e atualmente é presidente da Associação Brasileira de Estudos Irlandeses (ABEI) e representante da IASIL (International Association for the Study of Irish Literatures). Autora de Mirrors and Holographic Labyrinths. The Process of an aesthetic Synthesis in the Novels of John Banville (NY & Oxford: International Scholars Publications, 1999) e Narrativas de la diáspora irlandesa bajo la Cruz del Sur (Buenos Aires: Corregidor, 2010-11). Organizadora de vários livros e co-editora do ABEI Journal- The Brazilian Journal of Irish Studies (desde 1999). Coordenou o Grupo de Trabalho de Literaturas Estrangeiras da ANPOLL (1998-2002) e o Projeto Temático da FAPESP, "Da Irlanda para o Brasil: Textos Críticos" (2006-2009). Desde 1998 é líder do grupo de pesquisa "Narrativas literárias e identidades nos espaços diaspóricos de língua inglesa", registrado no CNPQ. Seus projetos interdisciplinares na área de estudos pós-coloniais, estudos irlandeses, estudos indianos e teorias das diásporas incluem eventos e a exposição itinerante "Roger Casement no Brasil: A Borracha, a Amazônia e o Mundo Atlântico, 1884-1916", no museu da Amazônia em Manaus (2010), no Centro Universitário Maria Antônia (USP, 2011) e em Casa da América, Madrid (outubro-dezembro 2012). Atualmente coordena três projetos de pesquisa na área de estudos pós-coloniais, das diásporas e de estudos irlandeses e indianos.

Bilinguismo e Ensino-Aprendizagem de Línguas Japonesa e Portuguesa como L2/LE no Brasil e no Japão
Formação inicial e continuada de professores japoneses e estudo das condições de ensino aos filhos de trabalhadores temporários brasileiros (decásseguis)
Conteúdo programático de uma língua estrangeira e seus principais problemas na elaboração, na execução e no aproveitamento do feedback
Estudo Morfo-sintático e discursivo da língua japonesa
GRIELJ - Grupo Interinstitucional de estudos da língua japonesa - o estudo dos gramáticos Yamada, Hashimoto, Tokieda e Watanabe
Línguas da Comunidade Nikkei do Brasil: documentação e estudo interdisciplinar
Projeto Sakura Network Fundação Japão

Pesquisadora e professora do curso de Língua, Literatura e Cultura Japonesa do Departamento de Letras Orientais da Universidade de São Paulo, ministrando aulas na graduação e na pós-graduação. Suas áreas de interesse são Linguística Aplicada e Bilinguismo, tendo como foco estudos sobre ensino-aprendizagem de Japonês como LE/L2, ambientes de aquisição e/ou aprendizagem, formação de professores e gramaticologia. Possui graduação em Letras Português (1993), Chinês (1995) e Japonês (1998), mestrado em Língua e Literatura Japonesa (2002) e doutorado em Linguística (2009), todos pela Universidade de São Paulo e pós-doutorado em andamento na área de Bilinguismo e aquisição de L2 na Universidade de Sophia, Japão.

A recepção da literatura brasileira no mundo de língua inglesa
Atos de Tradução - quando traduzir é fazer
Teorias e práticas de tradução: um olhar orientado pela ética
Tradução e Ética: aspectos culturais, políticos e ideológicos
O papel da tradução na produção literária e jornalística do século XIX

possui mestrado em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (1992) e doutorado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (1999). Atualmente é professor Livre-Docente da Universidade de São Paulo. Realizou pesquisa de pós-doutorado entre agosto e dezembro de 2008, junto à University of Massachusetts at Amherst. Realizou uma segunda pesquisa de pós-doutorado entre agosto e dezembro de 2013, junto ao King's College, de Londres. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Tradução, atuando principalmente nos seguintes temas: Tradução, Psicanálise, Tradução e Ética, Tradução Literária e James Joyce e Literatura Brasileira Traduzida para o Inglês.

Teoria e análise lingüística
Semiótica francesa
Língua e literatura sânscrita
Teoria e prática da tradução
Sankara e o Advaita Vedanta

Possui graduação em Bacharelado Em Letras pela Universidade de São Paulo (1997), graduação em Licenciatura Plena Em Inglês e Português pela Universidade de São Paulo (1998), Mestrado em Semiótica e Lingüística geral pela Universidade de São Paulo (2002) e Doutorado em Semiótica e Lingüística geral pela Universidade de Sâo Paulo (2007). Atualmente é Professor Doutor do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade de São Paulo e coordenador da Área de Língua e Literatura Sânscrita. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Sânscrito, atuando principalmente nos seguintes temas: Língua, Literatura e Cultura de expressão Sânscrita, Religiões e Filosofias da Índia (especialmente Yoga e Vedânta), análise semiótica e tradução de textos sânscritos. 

Literatura e Ética
Autoridade e Autoria na Modernidade
A Constituição Ética do Sujeito na Modernidade

Graduação (1988), mestrado (1996) e doutorado (2002) em Letras (Literatura Portuguesa) pela Universidade de São Paulo, onde leciona desde 1998. Pesquisadora do CLEPUL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Universidade de Lisboa). Coordenadora do LEPEM (Laboratório de Estudos de Poéticas e Ética na Modernidade (FFLCH - USP). Líder do grupo de pesquisa NELLPE (Núcleo de Estudos de Literaturas de Língua Portuguesa e Ética (CNPq). Membro da Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação de Literatura Portuguesa da USP. Atua como docente nos níveis de graduação e pós na área de Letras, com ênfase em Literatura Portuguesa do século XX e suas relações com a Ética. Pesquisa voltada para a Literatura Portuguesa moderna e contemporânea.

Mapeamento e dicionário da Literatura Italiana Traduzida: Projeto Integrado
A Literatura Italiana Traduzida no Sistema Literário Nacional (1900 - 1950)

É licenciada em Lingue e Letterature Straniere Moderne pela Università degli Studi di Genova (1979), Mestre em Língua e Literatura Italiana pela Universidade de São Paulo (1993); Doutora em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo (2000), Livre-docente pela Universidade de São Paulo (2011). É professora da área de Língua e Literatura Italiana da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. É uma das coordenadoras do Grupo de pesquisa "Literatura Italiana Traduzida", um projeto inciado em 2010, em cooperação com a UFSC. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Italiana, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura italiana, relações Itália/Brasil, tradução.

Documentation of Dâw, a Nadahup language of Brazil
Sintaxe, Semântica e Pragmática de Foco e Tópico em Karitiana

Possui graduação em História pela Universidade Estadual de Campinas (1988), mestrado em Linguistica - Pennsylvania State University (1994) e doutorado em Linguistica - MASSACHUSETTS INSTITUTE OF TECHNOLOGY (1999). Atualmente é professor doutor ms-3 rdidp da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Teoria e Análise Lingüística, atuando principalmente nos seguintes temas: Em sintaxe, caso, concordancia, movimento verbal, ordem de constituintes, estrutura argumental, foco e tópico, subordinação, orações não-finitas e aspecto. Em fonologia, nasalidade, tom, acento tonal, e glotalização.

Ghettoliteratur: um gênero esquecido
Aharon Appelfeld: Tradutor hebraico de um legado centro-europeu

Professor Doutor em Literatura Hebraica e Judaica na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, em RDIDP. Pós Doutor em Literatura e Cultura Judaica pela Universidade de São Paulo (2010).Doutor em Literatura e Cultura Judaica pela Universidade de São Paulo (2007), com estágio de pesquisa na Universidade Livre de Berlim. Mestre em Letras Clássicas pela University of Pennsylvania, com tese escrita na Universidade de Zurique sob orientação do Prof. Dr. Walter Burkert (1992). Aluno especial do Jewish Theological Seminary of America e da Columbia University nas áreas de Literatura Bíblica e Literatura Clássica.

Historiografia clássica e os conflitos na época de Teodósio II (401-450 d.C.)
Religious individualization in historical perspective (Grupo de Pesquisa da Universidade de Erfurt)
Diálogos polêmicos tardo-antigos: edição crítica e comentário
Paleografia e codicologia de manuscritos de geometria grega antiga

É Professora Doutora (MS-3) de Língua e Literatura Grega da Universidade de São Paulo. Com doutorado pela Universidade de Cambridge (Inglaterra) e em Matemática Aplicada pelo IME/USP, é bacharel em Letras - Grego pela FFLCH/USP e em Ciências Moleculares pela USP. Realizou estágios de pesquisa pós-doutoral na Escola Britânica de Roma (Itália) com bolsa da Academia Britânica e na USP, com bolsa da FAPESP. Atualmente prepara a edição crítica de um manuscrito siríaco que preserva um diálogo polêmico grego de V d.C. e também estudos sobre o Senado Romano, atas sinodais, aclamações e a formação da identidade imperial em colaboração com grupos de pesquisa internacionais. É autora de artigos, capítulos de livros e de uma análise da retórica dos discursos de Teódoto de Ancara, no prelo da Editora Peeters (Leuven, Bélgica). Suas pesquisas lidam com textos e manuscritos em Grego, Latim, Siríaco, Ge'ez e Árabe, a iconografia do tardo Império Romano e a paleografia e codicologia grega. Os temas centrais são as polêmicas religiosas e sociais do V século d.C., o desenvolvimento tardo-antigo da paideia e de correntes filosóficas e religiosas no Império Romano, e a poesia hexamétrica grega imperial e bizantina. Tem experiência na área de Línguas e Literaturas Clássicas, com ênfase na Antigüidade Tardia.

Análise de textos e discursos: gêneros, interação, sociocognição e ensino de língua portuguesa
Formas de Tratamento Familiar
Interação Professor / Aluno na sala de Aula

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1975), mestrado em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (1990) e doutorado em Letras pela Universidade de São Paulo (1997). Atualmente é professor assistente doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Análise da Conversação, atuando principalmente nos seguintes temas: interação, conversação, discurso, preservação da face e cortesia.

Filologia latino-americana: pesquisas sobre a origem e a propagação das interpretações da América Latina em autores dos séculos XVI e XVII
Os americanismos léxicos no espanhol e no português a partir do século XVI
Interpretação de textos e contextos culturais americanos

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1981), graduação em Jornalismo pela Faculdade de Comunicação Social Casper Líbero (1977), mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1992) e doutorado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo (1999). Atualmente é professor-doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em FILOLOGIA ROMÂNICA, atuando principalmente nos seguintes temas: americanismos léxicos, filologia românica, cultura, linguagem e léxico.

Modelo tensivo e sua contribuição para a análise da canção
Estudos de Melodia e Letra (Elos de Melodia e Letra)
Conceitos Semióticos à Luz de Guimarães Rosa (Primeiros Estudos: do narrativo ao tensivo)
O Século da Canção
Análise Semiótica Através das Letras
Musicando a Semiótica
Semiótica da Canção
O Cancionista: composição de canções no Brasil

Luiz Tatit é professor Titular do Departamento de Lingüística da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Possui graduação em Lingüística pela F.F.L.C.H.-U.S.P. (1978) e em Música pela Escola de Comunicações e Artes-U.S.P. (1979). É autor dos livros A Canção: Eficácia e Encanto (Ed. Atual, 1986), Semiótica da canção: melodia e letra (Ed. Escuta, 1994), O Cancionista: Composição de Canções no Brasil (Edusp, 1996), Musicando a Semiótica: Ensaios (Ed. AnnaBlume, 1997), Análise Semiótica Através das Letras (Ateliê Editorial, 2001), O Século da Canção (Ateliê Editorial, 2004), Todos Entoam: Ensaios, Conversas e Canções (Publifolha, 2007), Elos de Melodia e Letra (Ateliê, 2008), este em colaboração com Ivã Carlos Lopes, e Semiótica à Luz de Guimarães Rosa (Ateliê, 2010). Tatit é também compositor e, em sua atividade com o grupo RUMO, gravou 6 CDs (relançados em 2004). Em sua carreira-solo, lançou, pelo selo Dabliú, os álbuns Felicidade (1998), O Meio (2000), Ouvidos Uni-vos (2005), Rodopio CD e DVD (2007) e Sem Destino (2010). Pelo Selo Sesc, o DVD TATIT WISNIK NESTROVSKI: O fim da canção (2012). Tem interesse nas áreas de Lingüística, Semiótica e Análise da Canção Brasileira.

Mito e História no Universo Rosiano: as fontes eruditas universais e brasileiras na composição da novela Buriti e no Grande Sertão: Veredas
Neoplatonismo e dionisismo na literatura de Guimarães Rosa: fontes iconográficas e bibliográficas
Mito e História no Universo Rosiano: Luta, Violência e Morte
Mito e História na Obra de Guimarães Rosa: Três Tempos
Cosmovisão, História e Forma Literária em Guimarães Rosa

Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1971), mestrado em História Social pela Universidade de São Paulo (1981), doutorado em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (1988), livre-docência pela Universidade de São Paulo (2002) e pós-doutorado na Università degli Studi di Roma "La Sapienza" (2008/2009). Atualmente, é Professor Titular da Área de Literatura Brasileira da FFLCH/USP (2007) e pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, bolsista de Produtividade em Pesquisa 1 D. Entre outros livros, é autor de Literatura Brasileira: dos primeiros cronistas aos últimos românticos (2a. edição revisada e ampliada, São Paulo: Edusp, 2002); O Brasil de Rosa: o amor e o poder (1a. reedição revisada, São Paulo: Editora UNESP, 2004); O Cão do Sertão (São Paulo: Editora UNESP, 2007); e Buriti do Brasil e da Grécia: patriarcalismo e dionisismo no sertão de Guimarães Rosa (São Paulo: Editora 34, 2013). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: Guimarães Rosa, Machado de Assis, Literatura e História, Prosa Moderna Brasileira e Poesia brasileira.

Arquivo Virtual História Migrantes
Produção de Material Didático para o Curso de Língua e Literatura Armênia

Possui graduação em Letras Romano Germânicas - Yerevan State University (1994), mestrado em Semiótica e Lingüística Geral pela Universidade de São Paulo (2005), mestrado em Letras Inglês - Yerevan State University (1996) e doutorado em lingüística na Universidade de São Paulo (2010), na qual é professora do Depto de Línguas Orientais. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Armênio, atuando principalmente nos seguintes temas: língua e cultura armênia e gramática gerativa. 

Letramento Crítico e a Educação no Mundo Globalizado
Letramento Transnacional e o Papel da Escrita na Construção da Identidade
A Escrita Multimodal: a escrita como construção da identidade
Da Torre de Marfim à Torre de Babel: uma análise discursiva do ensino-aprendizagem da linguagem escrita em LE

Possui graduação em Linguistica - University of Reading (1977), mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1984), doutorado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1992) e livre-docência pela Universidade de São Paulo (2006). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo e Pesquisador CNPq. Foi Professor Visitante na University of Western Ontario (2004,Canadá), na Monash University (2010, Australia), na University of Oulu (Finlândia 2011) e na Goa University (2012).Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Letras Estrangeiras, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino-aprendizagem, linguistica aplicada, lingua estrangeira, letramento, critica literaria e literatura pos colonial.

A representação da atuação no Japão
Literatura japonesa Moderna a partir do período Meiji
Estampa xilográfica erótica do período Edo - Hokusai
A arte erótica dos livros ilustrados de Kitagawa Utamaro
Aspectos culturais do período Heian e a tradução de O Livro do Travesseiro
Estampa xilográfica shunga do segundo período Edo - conceituação
Editoria de Livro "Artistas da USP
Tradução de Makurano Sôshi - O Livro do Travesseiro, de Sei Shônagon
Panorama da Literatura Japonesa

Possui graduação em Licenciatura em Educação Artística com Habilitação em Artes pela Universidade de São Paulo (1982), graduação em Língua e Literatura Portuguesa e Espanhola pela Universidade de São Paulo (1984), graduação em Língua e Literatura Japonesa pela Universidade de São Paulo (1988), mestrado em Arts - Printmaking, pela Washington University (1994) e doutorado em Filosofia (Estética) pela Universidade de São Paulo (1999). É livre-docente em Literatura e Arte Japonesa (2011). Tem experiência na área de Letras e Artes, com ênfase na área de japonês, atuando principalmente nos seguintes setores: literatura japonesa clássica e moderna, pintura e xilogravura japonesa e cultura japonesa. 

Tratadística Política e Ficção nas Letras Árabes Clássicas
A cultura árabe e/ou islâmica no Brasil
Todos os universos das Mil e Uma Noites

Bacharel em Letras (Português & Árabe) pela Universidade de São Paulo (1988); doutor em Letras (1997) e Livre-Docente (2009) em Literatura Árabe pela mesma universidade. Atualmente é professor efetivo da Universidade de São Paulo, onde leciona desde 1992. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Literatura Árabe, atuando principalmente nos seguintes temas: orientalismo, narrativa árabe, cultura árabe, Oriente Médio e tradução do árabe. 

Estudos de linguística aplicada do Português
Oralidade e letramento
Escrita e letramento acadêmico: conceitos de trabalho e outros encaminhamentos para o ensino e para a pesquisa
Gêneros do discurso para o ensino e para a pesquisa: letramento acadêmico e aspectos ocultos do letramento
Análise de textos e discursos. Gêneros, interação, sociocognição e ensino de língua portuguesa
Letramento e oralidade na escrita de universitários e pré-universitários: tempo e temporalidade
Práticas de leitura e escrita em português língua materna: letramento e oralidade na escrita de universitários
Ensino-aprendizagem da escrita na formação de profissionais de nível universitário
O exame nacional de cursos e as práticas de leitura e escrita de formandos em Letras
A construção dos dados de pesquisa na comunicação via internet: uma abordagem transdisciplinar
Português para estrangeiros via internet
Prática textual e de leitura: uma análise qualitativa de textos de universitários
Prática textual e de leitura em curso de comunicação social
Construção formal do texto na prática textual de estudantes de Comunicação Social

Graduado em Letras (Português/Espanhol) pela UNESP-São José do Rio Preto-SP (1978), fez mestrado (1986) e doutorado (1997) em Lingüística na Universidade Estadual de Campinas e livre-docência (2011) na Universidade de São Paulo. Fez, ainda, pós-doutorados no exterior: em 2002/2003, na U-3-Grenoble-FR e, em 2009, na Université Paris XII-FR. Professor efetivo do DLCV-FFLCH-Universidade de São Paulo desde 1999, coordenou convênio CAPES/COFECUB USP/UNICAMP/U-3-GRENOBLE (FR) por quatro anos (janeiro/2005 a dezembro/2008). Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Ensino de Português L1, atuando principalmente no estudo dos temas: escrita, letramento e discurso.

História e descrição do português em Mato Grosso
Filologia portuguesa
Estudos diacrônicos e sincrônicos do português
Projeto de História do Português Paulista (PHPP-Projeto Caipira 2)
História e variedade do português paulista às margens do Anhembi
Edição e estudo de textos literários e não literários em língua portuguesa
Filologia Bandeirante: História do Português e Português Falado em Mato Grosso

Fez graduação em Letras-Português/Francês (1989) e especialização em Linguística (1993) pela Universidade Federal de Mato Grosso. Possui doutorado em Filologia e Língua Portuguesa (2000) e livre-docência sobre as vogais do falar ribeirinho cuiabano (2009) pela Universidade de São Paulo. Tem formação complementar em Dialetologia Portuguesa pela Universidade de Lisboa (1998). Realizou, na área de Crítica Textual, estágio pós-doutoral na Universidade Federal de Minas Gerais com o projeto de pesquisa "Dom Casmurro de 1900, de Machado de Assis: Edição e estudo de variantes" (2013). É professor associado 2 e pesquisador da Universidade de São Paulo, e bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq. Atua nos seguintes temas: crítica textual/filologia portuguesa, fonética, fonologia, dialetologia e história da língua portuguesa. 

Matemática, computação, linguagem e o cérebro
A impessoalização do sujeito no PB
Infinitivos Flexionados e a teoria do Controle
Tradução automática de línguas com poucos recursos computacionais
Argumentos Nulos em Português Brasileiro e outras Línguas

Doutor em Lingüística pela University of Southern California (2000). Pós-doutorado na University of California, Los Angeles (UCLA). Atualmente é professor doutor do departamento de Linguística da Universidade de São Paulo, atuando nas áreas de sintaxe gerativa, semiótica e linguagem/pensamento.

Argumentos Nulos em Portugues Brasileiro
Event Quantification and Plurality
Semântica Formal

Doutor em Linguística pelo Massachusetts Institute of Technology (2005) com especialização em Semântica Formal ; possui mestrado (2000) e bacharelado (1997) em Linguística, ambos pela Universidade Estadual de Campinas. Atua principalmente na área de Semântica Formal e nas suas relações com a Sintaxe e a Pragmática. Professor Doutor no Deparamtento de Lingüística da USP desde 2008.

Estudos Sincrônicos e Diacrônicos do Português
Filologia Portuguesa
A filologia de manuscritos modernos: edição e estudo linguístico de textos para a história do português de São Paulo
Grupo de trabalho em Gramáticas: História, Descrição e Discurso
Núcleo de Pesquisa e Estudos Canadenses
Projeto para uma História do Português Brasileiro

Possui graduação em Letras (português e francês) pela Universidade de São Paulo (bacharelado e licenciatura: 1994); mestrado (1998) e doutorado (2004) em Filologia e Língua Portuguesa pela mesma Universidade. Pós-doutorado (2006) em lingüística histórica e semântica cognitiva pelo Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas. Atualmente é professor de Filologia e Língua Portuguesa no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo e também conselheiro editorial das seguintes revistas: Revista sentidos: lingüística geral e estudos dos sentidos e Revista de estudos de lingüística e literatura: tópicos de linguagem . Tem experiência na área de lingüística, com ênfase em lingüística histórica do português e crítica textual (filologia), atuando principalmente nos seguintes temas: lingüística histórica, sintaxe histórica (funcional), português brasileiro e crítica textual de manuscritos modernos.

Teoria do romance: ética, alteridade e política nas jovens nações emancipadas
Realismo, romance e seus fantasmas: leituras de Henry James e Machado de Assis
Os modelos de interpretação e o ensino da obra literária

Possui graduação em Comunicação Social (Cinema), e mestrado e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo. Tradutor e crítico literário, leciona desde agosto de 2008 no Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da FFLCH/USP. Organizou, traduziu e guarneceu de introdução e notas "A arte do romance", volume com os prefácios críticos de Henry James; do mesmo autor, também verteu o romance "Os embaixadores" e a seleta de contos "Um peregrino apaixonado e outras histórias". Foi professor convidado na Universidade de Paris 8 entre março e agosto de 2011. Em 2012, publicou "Realidade possível: dilemas da ficção em Henry James e Machado de Assis". Atua principalmente nas seguintes linhas de pesquisa: teoria do romance/narrativa, cultura e história literária, literatura comparada, realismo, Henry James e Machado de Assis. 

Poesia e prosa técnica antiga, grega e latina
Poética e estilística antiga, grega e latina
Gramática grega e latina.

Professor doutor (MS-3, em RDIDP) do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas (DLCV) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP). Graduado em Latim e Português (USP - 2002), mestre (2006) e doutor (2012) em Letras Clássicas (USP) com bolsa do PDEE (CAPES) na Universidade de Paris IV - Sorbonne (2009-10), como "boursier d'excellence" da Universidade de Genebra, Suíça, pelo "Coimbra Group Scholarships Programme for Young Professors and Researchers from Latin American Universities" (2009, semestre de primavera) e como bolsista da Fondation Hardt, em Vandoeuvres, Suíça (com apoio da Fondation Hans Wilsdorf, Genève, da Fondation Saint-Charles, Vaduz, e da Georges und Selma Weinberg-Stiftung, Zurich), pelo "Programme de Bourses de Recherche pour Jeunes Chercheurs à la Fondation Hardt" (2009). Áreas de interesse: poesia e prosa técnica antiga, grega e latina; poética e estilística antiga, grega e latina; gramática grega e latina.

Poesia de Sá de Miranda, séculos XVI e XX
A criação poética de expressão portuguesa
visão do Trovadorismo Palaciano - Novas abordagens da História Literária
Literatura Portuguesa e Filologia
Camões e Garcia d'Orta em Goa e em Portugal

Possui graduação em Português-Literaturas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1985), mestrado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1990) e doutorado em Letras Vernáculas/ Literatura Portuguesa pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997), pós-doutorado pela Universidade de Lisboa (2001-2003). Desde agosto de 2003 é professor doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Outras Literaturas Vernáculas e Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: Sá de Miranda, releitura, intertextualidade, Camões, Garcia de Orta, renascimento e modernidade. Publicou vários livros de ensaios em Portugal, com apoio de agências de fomento do governo português, sobre a matéria da sua especialidade.

Estudos diacrônicos e sincrônicos do português
Município do Libolo, Kwanza Sul, Angola: aspectos linguístico-educacionais, histórico-culturais e socioidentitários
A língua portuguesa no tempo e no espaço: contato linguístico, gramáticas em competição e mudança paramétrica
Levantamento etonolinguístico de comunidades afrobrasileiras: Minas Gerais e Pará
Estudos do português urbano e rural da região norte do Brasil
Estudos Crioulos de Base Portuguesa e Português na África
A Participação das Línguas Africanas na Constituição do Português Brasileiro
Projeto de Intercâmbio: Jurussaca Câmbio, São Bernardo Falando

Márcia Santos Duarte de Oliveira possui: mestrado em Linguística pela Universidade de Brasília (1995); doutorado em Linguística pela Universidade de São Paulo (2004); pós-doutorado na Universidade de Coimbra. É professora doutora da Universidade de São Paulo atuando nos seguintes temas: teoria da gramática; morfossintaxe do português falado no Brasil; português falado na África; crioulos de base portuguesa na África; morfossintaxe de línguas africanas (com ênfase na língua ibíbio). É autora, entre outros, de (1) "Perguntas de constituinte em ibíbio e a teoria de tipo oracional" (LINCOM-Europa, 2005) e (2) "Análise sintática do português falado no Brasil - volumes 1/2" (Editora Multifoco, 2010). Na área da pesquisa, destacam-se: (i) as investigações centradas na área ibíbio - Nigéria/ África - anos 1997/2004; (ii) a coordenação de um dos projetos sobre comunidades afrobrasileiras (na área do Pará), que integra o 'Inventário Nacional da Diversidade Linguística' - Lei INDL; (iii) a vice-coordenação do 'Projeto do Libolo' (Angola) - USP/UMAC.

Possui graduação em Inglês pela Universidade de São Paulo (1990) e doutorado em Estudos Linguísticos e Literários em Inglês pela Universidade de São Paulo (2000). Fez pós-doutorado na Universidade de Yale, EUA (2004) e na Universidade de Columbia, EUA (2012). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literaturas Inglesa e Norte Americana, atuando principalmente nos seguintes temas: crítica materialista, narrativa e história, cinema e romance norte-americano. É autor de "Figurações do falso em Joseph Conrad" (Humanitas, 2013).

Fundamentação simbólica do léxico dicionarizado
VerbOnline: a construção de um banco de dados
Projeto Dalgarno
Expressão de sintomas por doentes com insuficiência cardíaca
Descrição formal dos adjetivos comparativos: extensão e tipos lógicos

Possui graduação em Psicologia pela Universidade de São Paulo (1994), licenciatura em francês pela Université Paris X (2000), mestrado em Teoria Psicanalítica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998), doutorado em Sciences Du Langage - Université Paris X (2002) e pós-doutorados em Linguística Computacional (USP, 2003) e em Ciências Cognitivas (Université du Québec à Montréal, Canadá, 2011/12). Atualmente é professor doutor do Departamento de Linguística da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Semântica, atuando principalmente nos seguintes temas: semântica, linguística computacional, métodos numéricos de análise linguística e epistemologia. 

Os meios de produzir o riso na poesia e na prosa greco-latina
Métrica e música na Antigüidade clássica
Épica grega e latina: confluência de gêneros
Gramáticos gregos e latinos: metaplasmos, figuras e tropos

Possui graduação e bacharelado em latim pela FFLCH/USP (1988); graduação e bacharelado em português pela FFLCH/USP (1988); graduação e licenciatura em latim pela FE/USP (1988); graduação e licenciatura em português pela FE/USP (1988); mestrado em Letras Clássicas pela FFLCH/USP (1997); doutorado em Letras Clássicas pela FFLCH/USP (2002), desenvolvido com bolsa da CAPES na UMR 710 do Centre Nacional de la Recherche Scientifique "Année épigraphique" (Paris/FRANÇA, dez. 1999 - mai. 2001). Além disso, realizou estágio pós-doutoral na Fondation Hardt "Pour l'étude de l'Antiquité classique" (Genebra/SUÍÇA, 2004). Atualmente, é professor do curso de graduação em letras e do programa de pós-graduação em letras clássicas da Universidade de São Paulo e é líder do grupo de pesquisa do CNPq "Entre retórica e gramática greco-latina". Atuou como Professor Visitante em: cursos de graduação e pós-graduação em letras clássicas da UFR da Université de Lille 3 (França, fev.-abr. 2008), curso de pós-graduação em letras clássicas da Université de Paris IV - Sorbonne (França, mai.-jun. 2010), curso de pós-graduação em letras da Université Paris-Est (França, mai.-jun. 2010), curso de pós-graduação em lingüística do IEL/UNICAMP (abr.-jul. 2012), curso de pós-graduação em estudos antigos da Université Laval (Canadá, abr. 2013). Membro de: Conselho de International Society for the History of Rhetoric (2013-2017); Conselho Consultivo e Deliberativo (2011-2012) da Sociedade Brasileira de Retórica (SBR); Conselho Consultivo e Deliberativo (2010-2011) da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos (SBEC); POLYMNIA Programme de Recherche sur les Mythographes Antiques et Modernes; Conselho Científico da Société Internationale des Amis de Cicéron (SIAC). Bolsista do CNPq (Bolsa de Produtividade em Pesquisa: 2013-2016).Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas e Literaturas Clássicas, atuando principalmente nos seguintes temas: retórica, poética e gramática greco-latina e mitografia greco-latina.

Sacrifícios escritos: Literatura, ética, diferença
Narrativa latino-americana contemporânea (1990-presente)
Narrativas da modernização
A representação literária da morte em narrativas hispano-americanas do século XX

Possui Mestrado e Doutorado (2000) em Literatura Comparada pela Universidade de Chicago e Pós-Doutorado em Literatura Hispano-Americana pela USP (2003). É professor do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da USP e pesquisador do CNPq, com o projeto "O olho, a lágrima: Sobre literatura e sofrimento" (leitura de alguns textos de Roberto Bolaño, Carlito Azevedo, Tamara Kamenszain, David Foster Wallace, Jacques Derrida e Jean-Luc Nancy). Foi professor visitante na UAM (México) e publicou o livro "A política da nostalgia: Um estudo das formas do passado", além de textos sobre Juan Rulfo; José Lezama Lima; Tununa Mercado e relatos de luto; José María Arguedas e os limites do projeto transculturador; Mario Bellatin e a relação entre escrita literária e terapia; Roberto Bolaño; o conceito de fetichismo; a polêmica sobre o racismo na obra de Monteiro Lobato; e a noção de sacrifício em Jacques Derrida. Trabalha principalmente com literatura latino-americana contemporânea, teoria literária contemporânea e teoria pós-colonial. 

A fonte envenenada: transcendência e história em três hinos de Gonçalves Dias

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1993), mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1999) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (2005), atuando sobretudo nas seguintes áreas: teoria literária e literatura comparada e literaturas brasileira e francesa 

Representações literárias da escola
História e poética do romance de formação
Estudos sobre o "Fausto"

Possui graduação em Letras Alemão pela Universidade de São Paulo (1981), mestrado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1988), doutorado em Germanística - Freie Universitaet Berlin (1994) e livre-docência pela Universidade de São Paulo (2008). Atualmente é professor da Universidade de São Paulo. Vice-chefe do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada entre janeiro de 2006 e julho de 2009. Chefe do DTLLC de agosto de 2009 a agosto de 2011. Membro associado do Goethe-Institut São Paulo desde 2006. Presidente da Associação Goethe do Brasil, fundada em março de 2009. Membro, desde 2002, do Laboratório de Memória e História Oral Simone Weil (Instituto de Psicologia da USP). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: Goethe, "Fausto", romance de formação, "Grande sertão: veredas", poesia e narrativa brasileira e alemã. 

A geração de 50 na Espanha e a poesia como o espaço da consciência
O texto literário nas aulas de espanhol para brasileiros

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1994), mestrado em Letras (Língua Espanhola e Literatura Espanhola e Hispano-Americana) pela Universidade de São Paulo (2000) e doutorado em Letras (Língua Espanhola e Literatura Espanhola e Hispano-Americana) pela Universidade de São Paulo (2006). Atualmente é professora, em regime RDIDP, da Universidade de São Paulo. Suas linhas de trabalho compreendem o exame das relações entre literatura, arte e história no Século XX, tanto na Espanha como no contexto ibero-americano na produção vinculada à Guerra Civil Espanhola e à pós-guerra civil espanhola. Atualmente desenvolve um projeto de pesquisa relacionado à poesia da geração dos anos 1950, Espanha. 

O quimbundo falado no Libolo
Aspectos etnolinguísticos de comunidades afro-brasileiras de Minas Gerais
Línguas africanas e seus contatos, na África e no Brasil
Intolerância lingüística contra o negro e formas de resistência
A participação das línguas africanas na constituição do portûguês brasileiro

É professora livre-docente do Departamento de Lingüística da Universidade de São Paulo, onde ministra cursos de graduação e pós-graduação de lingüística geral e africana. Fez mestrado na Universidade de Abidjan, na Costa do Marfim, e doutorou-se na Universidade de São Paulo. Dirige o GELA- Grupo de Estudos de Línguas Africanas da USP. Coordenou o projeto de cooperação internacional "A participação das línguas africanas na constituição do português brasileiro", iniciado em 2005 e com final em 2008, de que resultou a publicação de duas obras de referência sobre o tema do contato do português com línguas africanas, no Brasil. Participa do Diversitas - Núcleo de estudos das diversidades, intolerâncias e conflitos - na FFLCH/USP, como pesquisadora do preconceito e intolerância em relação à linguagem dos negros. Orienta pesquisas sobre línguas africanas e sobre o contato das línguas africanas com o português brasileiro. Desde maio de 2013 é diretora do Centro de Estudos Africanos da Universidade de São Paulo (CEA-USP). (

Relações possessivas sem possessivos em espanhol, contraste com o português brasileiro
Conseqüências sintáticas e semânticas das relações de possessão em espanhol e na produção não nativa de brasileiros
Construções de dativos na interlíngua de estudantes brasileiros de espanhol

Possui Doutorado (2009) e Mestrado (2002) em Língua Espanhola pela Universidade de São Paulo. Atualmente é Professora Doutora da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Aquisição-Aprendizagem de Espanhol Língua Estrangeira, atuando principalmente nos seguintes temas: sintaxe, dativos. 

Sintaxe Diacrônica
Teoria Gramatical
Gramáticas paulistas na história do português brasileiro
Gramáticas paulistas na história do Português Brasileiro
Para a História do Português Paulista (Projeto Caipira -II)
Gramáticas pronominais no português paulista
História do Português Paulista Projeto Caipira
Mudança gramatical no português de São Paulo: expressão pronominal e preposicional dos argumentos
Dativos de posse no português brasileiro

Possui graduação em Letras Franco-Portuguesas pela Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas (1975), mestrado em Letras pela Universidade Federal do Paraná (1988) e doutorado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (1995). Atualmente é livre docente da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Teoria e Análise Lingüística, atuando principalmente nos seguintes temas: português brasileiro, sintaxe diacrônica,aspectos comparativos entre o português europeu e português brasileiro. 

Antonio Candido: escritos de circunstância (prefácios, introduções, apresentações) e verbetes
Antonio Candido: entrevistas e verbetes
Vertentes críticas e verbetes: literatura, cultura e sociedade na obra de Antonio Candido
Épica modernista e identidade nacional

(Maria Augusta Fonseca) possui graduação (bacharelado e licenciatura) em Letras (Português e Inglês) pela Universidade Mackenzie (1966); mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1977); doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1985). É professor livre-docente em Teoria Literária pela Universidade de São Paulo (2006), e professor adjunto em Literatura Brasileira pela Universidade Federal de Santa Catarina, onde lecionou de 1992 a 1996. Ao longo dos anos, desde seu ingresso no programa de pós-graduação, obteve diferentes bolsas de pesquisa dos seguintes órgãos de fomento: Fapesp, Vitae, CNPq. Desde 1997 faz parte do corpo docente do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária e Literatura Comparada, com interesse centrado no modernismo brasileiro e em seus diálogos com a vanguarda européia do século XX. Suas principais diretrizes de pesquisa voltam-se para as relações entre literatura e sociedade e para estudos de crítica genética e textual, marcando os ensaios que tem publicado sobre o modernismo brasileiro. Entre as principais obras estudadas estão Macunaíma o herói sem nenhum caráter de Mário de Andrade; Memórias Sentimentais de João Miramar e Poesia Pau Brasil de Oswald de Andrade. Publicou livro sobre Serafim Ponte Grande em 1978. 

Poética e retórica na narrativa de Miguel de Cervantes
Cervantes e a sátira nos séculos XVI e XVII ibéricos
Códigos de conduta e práticas de representação: ética e estética na prosa cervantina
A tradução de textos literários espanhóis dos séculos XVI e XVII
A Literatura na Espanha dos Astúrias
Reescrituras cervantinas: Projeções de Don Quijote na literatura brasileira
Questões de ética e estética na narrativa cervantina

Maria Augusta da Costa Vieira é docente e pesquisadora da Literatura Espanhola junto ao Departamento de Letras Modernas, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Na qualidade de professora associada, foi classificada como Professora Associada 3 com a implantação do Plano de Carreira Docente na USP a partir de 2012. Iniciou suas atividades de docência na Universidade de São Paulo em 1977, sendo que em 1985 concluiu o mestrado, em 1994, o doutorado e, em 2008, a livre-docência. É pesquisadora do CNPq e seu campo de pesquisa concentra-se nos séculos XVI e XVII da literatura espanhola e, em particular, na obra de Miguel de Cervantes. Coordena o grupo de pesquisa Cervantes: poética, retórica e formas discursivas na Espanha dos séculos XVI e XVII (CNPq). Tem artigos publicados em periódicos especializados, anais de eventos e diversos capítulos de livros publicados no Brasil e no exterior. Publicou, em 1998, O dito pelo não dito: paradoxos de dom Quixote (Edusp/Fapesp). Por ocasião das comemorações dos 400 anos da publicação da primeira parte do Dom Quixote organizou um livro que reúne estudos críticos de autores de diversos países intitulado Dom Quixote: a letra e os caminhos (2006, finalista do Premio Jabuti) e, paralelamente, organizou um Simpósio Internacional sobre a obra de Cervantes (setembro de 2005). Em 2012 publicou A narrativa engenhosa de Miguel de Cervantes: estudos cervantinos e recepção do Quixote no Brasil (Edusp/Fapesp, Premio Jabuti 2013, categoria Teoria e Crítica Literária). Do ponto de vista do engajamento institucional, além de diversas outras atividades, de 2009 a 2011 e de 2011 a 2013 assumiu a chefia do Departamento de Letras Modernas. Orienta pesquisas de iniciação científica, mestrado e doutorado junto ao Programa de Pós-Graduação em Língua Espanhola e Literaturas Espanhola e Hispano-Americana. Proferiu palestras e conferências em diversos países (Argentina, Uruguai, Espanha, Polônia, Índia, Costa Rica, México, entre outros) e em diversas instituições brasileiras. De 2002 a 2007 foi membro da Diretoria da Asociación Internacional de Hispanistas e a partir de 2009 é membro da Diretoria da Asociación de Cervantistas.

Estudos linguísticos e aquisição/aprendizagem do Italiano como língua estrangeira
Didática da língua escrita: um projeto de ensino e pesquisa na área de italianística

Maria Cecilia Casini, nascida em Florença em 9/6/63. Graduada em Letras pela Universidade de Florença (Itália), com especialização em História do Espetáculo (tese: Teatro italiano a San Paolo del Brasile ). Doutora em Teoria Literária e Literatura Comparada pela FFLCH/USP, com a tese: Sibilla Aleramo: uma mulher escrevendo na aurora do século XX . Sempre trabalhou na área de estudos italianos: durante cinco anos, ensinou língua italiana no Istituto Italiano di Cultura de São Paulo, órgão oficial do governo italiano para as relações culturais; no mesmo período, desenvolveu trabalhos de planejamento e produção de eventos culturais no mesmo Istituto. Trabalhou em várias produções da Rede Globo sobre imigração italiana no Brasil (as novelas O rei do gado , Esperança e Passione ; a minissérie Dona Flor e seus dois maridos ), como assessora linguística do sotaque italiano dos personagens. Ministrou cursos de língua italiana e de história do cinema e do teatro italiano, realizou palestras e trabalhos de consultoria em língua e literatura italiana para a distribuidora de livros didáticos SBS. Em São Paulo, ensinou língua italiana na escola italiana Eugenio Montale , no Mosteiro de São Bento, no Movimento Cristiano Lavoratori (MCL). Desde 2007 é docente da Área de Língua, Cultura e Literatura Italiana do Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP; desde 2009, está credenciada como docente e orientadora no Programa de Pós-Graduação da mesma Área. É vice-líder do grupo de pesquisa (credenciado junto ao CNPq) Estudos linguísticos acquisição/aprendizagem do italiano como língua estrangeira . Faz parte do Conselho Editorial das revistas Italianistica , Serafino e Estudos Italianos . Atualmente desenvolve pesquisas sobre a didática da língua italiana escrita para lusófonos e em linguística histórica (em particular, sobre a língua da imprensa italiana no Brasil).

Linguística Histórica e fatores cognitivos
Aspectos linguísticos de indivíduos com transtorno de espectro autista - TEA
A influência da visão sobre o uso gramatical
Memória e alzheimer - gramática e usos
Processamento linguístico de mentes alteradas
História do Português Culto Paulistano: primeiras décadas do século XX
Língua e Cultura de Macau
O português culto da cidade de São Paulo do século XX ao XXI
Rotas de gramaticalização no Português do Brasil: estruturas X-que
Rotas de gramaticalização do Português do Brasil: contribuições paulistas
Gramaticalização de estruturas de base comparativa no Português do Brasil
Aplicado de tablet para auxílio a diagnóstico de autismo
Gramaticalização de advérbios em conjunções: variedades do português

Pesquisadora CNPq nível 2 (processo: 310561/2011-6) com um projeto sobre a situação sociolinguística em Macau. Estudiosa de temas de Linguística Histórica na Universidade de São Paulo, tem se dedicado à investigação da relação entre evolução gramatical e fatores cognitivos. Prioriza entre seus objetos de investigação as construções de caráter mais gramaticais da língua. Orienta trabalhos de iniciação científica, mestrado e doutorado fundamentados nas teorias sobre gramaticalização em interface com a sociocognição e com a pragmática. Graduada em Letras (FEC-ABC), Especialista em Gramática (USJT), Mestre em Língua Portuguesa (USP), doutora em Linguística (IEL-UNICAMP), pós-doutorada na Universidade de Macau (China), Livre-docente em Gramática Histórica, pela Universidade de São Paulo (USP). Líder do grupo de pesquisa "Mudança Gramatical do Português - Gramaticalização" com produção destacada no estudo de itens e construções em evolução gramatical. É pesquisadora principal do Projeto Temático FAPESP "História do Português Paulistano" e participa como membro dos Grupos de Pesquisa "LIA - Laboratório de Interações com a Ásia" e "Gramaticalização de Construção". Integrante do Grupo de Pesquisa multinacional "LP no Mundo" e de associações da área, dentre as quais a LSA, ABRALIN, AOTP e AILP. Tem atualmente integrado um grupo interdisciplinar cognição e linguagem, numa parceria entre FFLCH-USP, UNIFESP e IP-USP. 

Sintaxe das Línguas Naturais
Estudos Diacrônicos e Sincrônicos do Português
Língua portuguesa no tempo e no espaço: contato linguístico, gramáticas em competição e mudança paramétrica
Vésperas Brasilianas: uma agenda para os estudos sintáticos do Português Brasileiro nos primeiros séculos
Formação de bancos de dados a partir de obras de referência na Biblioteca Brasiliana Digital Uma experiência-piloto
Projeto MaCLinC: Matemática, Computação, Linguagem e Cérebro
A Língua Portuguesa, 1400 a 1600: Aspectos de história e gramática
Edições Filológicas na Brasiliana Digital
Por uma biblioteca Brasiliana digital
Valências Verbais no Português Clássico
Padrões Rítmicos, Fixação de Parâmetros e Mudança Lingüística, Fase II
Memórias do Texto: Aspectos tecnológicos na construção de um corpus histórico do português

Professora da Universidade de São Paulo, junto ao Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. É doutora em linguística pela Universidade Estadual de Campinas, com pós-doutorado na mesma área pela Universidade Estadual de Campinas e pela Universidade de São Paulo, tendo atuado como docente colaboradora dos programas de pós-graduação em linguística das duas universidades. Com formação na área de Sintaxe das Línguas Naturais, tem como interesse central de pesquisa o fenômeno da mudança linguística, e atua nas áreas de Teoria Gramatical, Linguística Histórica, e Linguística Computacional. É líder do grupo de pesquisas Humanidades Digitais (http://humanidadesdigitais.org), sediado na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin da Universidade de São Paulo.

A Guerra Fria Estruturalista
A emergência do sintagma nominal na tradição americanista brasileira. Projeto de documentação lingüística e historiográfica
Documenta Grammaticae et Historiae. Projeto de documentação lingüística e historiográfica. CEDOCH-DL/USP
Revitalizing older linguistic documentation/ LETERLING (Lexicón de términos lingüísticos) (Universidade de Amsterdam, Center of Language and Communication/ CEDOCH-DL USP: 2006-2008)
Portal do Centro de Documentação em Historiografia Lingüística Brasileira: site do Projeto Documenta
Oslo Project on Missionary Linguistics
Historiografia da Lingüística Brasileira: 'Nossa Lingua e essoutras': uma historiografia da diversidade lingüística
Comissão de Historiografia Lingüística da ALFAL
Historiografia da Lingüística Brasileira
Centro de Documentação em Historiografia Lingüística

Atualmente é Professor Titular (= full professor) do Departamento de Lingüística da Universidade de São Paulo, onde atua desde 1983. Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1977), mestrado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (1986) e doutorado em Lingüística pelas Universidades Católica de Louvain (Leuven, Bélgica) e de São Paulo (1993). Realizou estágios pós-doutorais na Universidade de Harvard e no M.I.T. (1999); na Universidade de Amsterdam (2006); no Instituto Iberoamericano de Berlin (2009) e na Tokyo University of Foreign Studies (2010). Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Pragmática, e trabalha principalmente em torno dos seguintes temas: historiografia lingüística, lingüística brasileira, gramáticas coloniais sul-americanas, estruturalismo lingüístico.

O fenômeno da figura do "herói" na literatura russa do século XIX
As especificidades da linguagem e do estilo de Dostoiévski no romance Gente pobre
Teoria e Crítica da Literatura Russa

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1992), mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (2006) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (2006). Pós-doutorado com bolsa FAPESP no Programa de Literatura e Cultura Russa (Departamento de Letras Orientais - Usp). Teve bolsa de doutorado-sanduíche da CAPES na Universidade Estadual de Moscou Lomonóssov, em 2005. De 2003 a 2005 estudou no Instituto Púchkin de Língua e Literatura, em Moscou. É tradutora de diversas obras de ficção e crítica russas. Tem experiência na área de Letras, atuando principalmente nos seguintes temas e subáreas: F.M. Dostoiévski (1821-1881), I. S. Turguêniev (1818-1883), Literatura Russa (século XIX), Cultura Russa, Língua Russa e tradução literária.

A literatura de língua portuguesa para crianças e jovens: da autoria à recepção
Narrativas de autoras do século XIX ao XXI
Do imaginário e do real: arte e educação
A poesia em sincronia e diacronai em países de língua portuguesa
Códigos verbivisuais em interação
Literatura e sociedade do século XX e XXI
Os gêneros literários: mito e ficção

Possui, pela Universidade Católica de São Paulo, graduação em Letras, pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de São Bento, (1969), mestrado em Teoria Literária (1975) e doutorado em Comunicação e Semiótica, (1994). Lecionou, nessa universidade, na Faculdade de Comunicação e Filosofia, departamento de Arte, as disciplinas de Literatura Portuguesa, Literatura Brasileira, Literatura Infanto-Juvenil eTeoria Literária, junto aos cursos de Letras, Jornalismo e Publicidade, de 1970 a 2005. É professora doutora da Universidade de São Paulo, desde 1993, junto ao Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas e ao programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas em Língua Portuguesa, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Leciona, na graduação, Literatura Infantil/Juvenil: linguagens do Imaginário, além de disciplinas na pós-graduação que, juntamente com as pesquisas já desenvolvidas e outras ainda ativas, visem esclarecer e aprofundar os estudos teórico-críticos que embasam a produção e a recepção da arte literária, em paralelo a outras artes, a mídia e a tecnologia, para crianças e jovens e para adultos, levando-se em conta diferentes registros de linguagem, do verbal ao visual.

Estudo da obra de Fredric Jameson

Possui graduação em Letras - Português/Inglês pela Universidade de São Paulo (1975), mestrado em Estudos Linguísticos e Literários em Inglês pela Universidade de São Paulo (1985) e doutorado em Estudos Linguísticos e Literários em Inglês pela Universidade de São Paulo (1989). Atualmente é professora titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Inglesa, atuando principalmente nos seguintes temas: estudos de cultura, Fredric Jameson, cultura e sociedade, Raymond Williams e teoria materialista.

Estudos de linguística aplicada do português
Crenças de professores sobre ensino e aprendizagem de português língua estrangeira
Perfil de Professores de Português Língua Estrangeira
Ensino e Formação de Professores de Português Língua Estrangeira no Brasil - Programa Ensinar com Pesquisa
Português Língua Estrangeira: Modos de Ensinar; Maneiras de Aprender

Graduação em Letras, habilitação Tradutor-Intérprete pela Faculdade Ibero-Americana de Letras e Ciências Humanas. Mestrado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Doutorado em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo, com bolsa de estudo Capes para pesquisa de um ano na Universidade de Oxford (Inglaterra). Pós-doutorado na Universidade de Roskilde (Dinamarca). Foi professora-leitora na Aarhus University (Dinamarca) e na Universidad de Salamanca (Espanha). Atualmente exerce o cargo de professora doutora MS3, RDIDP, no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da Universidade de São Paulo. Tem experiência no ensino de língua portuguesa, atuando principalmente em temas relacionados a ensino de português língua estrangeira, formação de professor, internacionalização educacional e intercâmbios estudantis.

Dicionário Eletrônico Alemão-Português e Português-Alemão de Construções com Verbo Suporte e Colocações
rupo de Estudo de Gramática Contrastiva Alemão-Português

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Paraná (1980), mestrado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1990) e doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1996). Atualmente é MS3 da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua e Linguística Alemãs, atuando principalmente nos seguintes temas: linguística aplicada ao ensino do alemão como língua estrangeira, morfologia, sintaxe e semântica do alemão, análise contrastiva dos tempos verbais do passado no par de línguas alemão/ português. Atualmente desenvolve pesquisa sobre as construções com verbo suporte e colocações encontradas em português e em alemão para editar um dicionário eletrônico bilemático com essas construções. Desde 2001 coordena os cursos de extensão 'Alemão no campus'.

Análise dialógica do discurso
Estudos do discurso em língua portuguesa
Projeto de Licenciatura Internacional - PLI-França
Análise de textos e discursos. Gêneros, interação, sociocognição e ensino de língua portuguesa
Linguagens e identidades em materiais didáticos de língua portuguesa
Imagens do trabalho do caipira: diferentes espaços culturais

Professora doutora MS3 da Universidade de São Paulo no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Coordenadora do Mestrado Profissional em Letras (Profletras)/USP; Membro pesquisador do GP/CNPq/USP Grupo de Estudos do Discurso da USP; do GP/CNPq/PUC-SP Linguagem; Identidade e Memória; vice-coordenadora do GT/ANPOLL Estudos Bakhtinianos; editora responsável do periódico Linha d'Água. Foi coordenadora de Licenciatura de Letras (CoC Licenciatura/ Letras), período 2009-2012. Desenvolveu projeto de Pós-Doutorado Identidade, leitura e visualidade em livros didáticos em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem na PUC-SP sob a supervisão da Professora Dra. Beth Brait. Bacharelado e Licenciatura em Letras, Português-Alemão (1975); Bacharelado e Licenciatura em Filosofia (1980); Mestrado em Língua Portuguesa (1996), bolsista CAPES; Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem (2002), bolsista CNPq; Estágio no exterior (bolsa sanduíche) - Université de Aix-Marseille I (2001), bolsista CAPES. Experiência na área de Teoria e Análise Linguística e de Língua Portuguesa, com ênfase na teoria bakhtiniana e em livro didático de língua portuguesa. Atua principalmente com os temas: teoria bakhtiniana, gêneros do discurso, discurso literário, linguagem de texto verbo-visual, estudos de produção de materiais didáticos de língua portuguesa,autoria e estilo. 

Estudos do Discurso em Língua Portuguesa
Gêneros jornalísticos impressos: historicidade, constituição e mudança em uma perspectiva crítico-discursiva
Projeto Tradições Discursivas: constituição e mudança dos gêneros discursivos numa perspectiva diacrônica
Oralidade e escrita: Características e usos dos gêneros midiáticos

Possui graduação em Português - Espanhol (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade de São Paulo (1977), mestrado em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1990) e doutorado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (1995). Fez estágio pós-doutoral, com bolsa FAPESP, na Universitat Pompeu Fabra (Barcelona- Espanha) em Análise Crítica do Discurso, sob a supervisão do professor Dr. Teun A. Van Dijk (2010-2011). Atualmente é professora assitente doutora da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, na área de Filologia e Língua Portuguesa. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: Lingüística de Texto, Análise da Conversação, Análise Crítica do Discurso; Gêneros Textuais da Mídia. De 2006 a 2011 foi coordenadora do Projeto Temático de Equipe - "Projeto Caipira" - aprovado na FAPESP, no subgrupo "Tradições discursivas: constituição e mudança dos gêneros discursivos numa perspectiva diacrônica". Desde 2012 é coordenadora do Projeto Temático de Equipe "Projeto Caipira II" - aprovado na FAPESP, no subgrupo "Gêneros jornalísticos impressos: historicidade, constituição e mudança em uma perspectiva crítico-discursiva".

História do Teatro Brasileiro a partir da década de 60
Dramaturgia e História
Teatro Norte-americano e Dramaturgia Comparada
Teatro Norte-americano e Dramaturgia Comparada

Realizou Pós Doutorado entre outubro de 2003 e março de 2004 na New York University. Fez doutorado em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (1994) e Mestrado também em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (1985). Atualmente é professor assistente doutor da Universidade de São Paulo, atuando no Programa de Pós Graduação em Estudos Linguísticos e Literários em Inglês, ligado ao Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. A partir de 2011 passou a orientar também no Departamento de Artes Cênicas da Escola de Comunicações e Artes, na Área de concentração de Teoria e Prática do Teatro, Linha de Pesquisa em História do Teatro. É organizadora do Grupo de Pesquisa Estudos Histórico críticos e dialéticos de Teatro Norte-americano e Brasileiro (CNPq). Tem experiência nas áreas de Letras e de Artes Cênicas com ênfase em Estudos de Teatro (foco em Dramaturgia), atuando principalmente nos seguintes temas: TEATRO NORTE-AMERICANO MODERNO E CONTEMPORÂNEO, TEATRO BRASILEIRO MODERNO E CONTEMPORÂNEO, DRAMATURGIA COMPARADA (ESTADOS UNIDOS-BRASIL). 

Língua(s), discurso, espaço(s) Énfase nos processos de identificação e nos discursos sobre a língua
ráticas de Linguagem, Memória e processos de subjetivação
Línguas e sujeitos num espaço de enunciação: processos de identificação discursos de integração movimentos de resistência
Aspectos da subjetividade do brasileiro solicitados no processo de aprendizagem de espanhol como língua estrangeira
Trilhas da memória discursiva sobre o português na Argentina - Sujeitos/línguas, saberes

Atua como docente e pesquisadora em nível de`Pós-Graduação. Possui graduação em Licenciatura em Letras/orientação em lingüística (1983) e Bacharelado em Letras (1987), ambas pela Universidad de Buenos Aires, e doutorado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (2002). Desde 1992 atua como docente e pesquisadora na Universidade de São Paulo, onde é professora doutora. Desenvolve pesquisas na área da Análise do Discurso, que se centram no estudo do funcionamento da língua espanhola e da língua do brasileiro, nos contrastes entre o funcionamento de subjetividades e de discursos no Brasil e na Argentina, num espaço de enunciação atravessado por discursos de integração. É coordenadora da Área de Espanhol do Centro de Línguas da USP desde 2003. Em 2008 desenvolveu projeto de pesquisa de pós-doutorado na UBA (Argentina) com bolsa da Fapesp (Processo 08/54641-9): Trilhas da memória discursiva sobre o português na Argentina. Sujeitos/línguas. Saberes. Foi leitora crítica das Orientações Curriculares para o Ensino Médio (Espanhol) em 2006. Em 2009 e 2010 atuou como Coordenadora Adjunta e como Redatora do PNLD 2011 (Faculdade de Educação - FNDE e Secretaria de Educação Básica do MEC, e leitora crítica do PNLD 2013 (UFF). Coordena junto com Fátima Cabral Bruno o Ciclo Permanente de Vídeo Conferências da Área de Língua Espanhola e Literaturas Espanhola e Hispano-Americana FFLCH/USP: uma parceria com a Coordenadoria de Gestão da Educação Básica (CGEB, ex CENP), disponível em http://dlm.fflch.usp.br/espanhol/implantacao-do-espanhol No momento, faz parte de vários conselhos editoriais.

Estudos comparados: Graciliano Ramos - pontes literárias, socioculturais e com outras artes
Arte, Cultura e Imaginário
Produções literárias e culturais para crianças e jovens
Criança e linguagem
Aprendizagem de leitura e escrita, literatura infantil e juvenil, formação de professores
Diálogos Híbridos na formação do leitor literário

Possui graduação em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Nossa Sra do Patrtocínio (1977), graduação em Letras pela Faculdade de Cencias e Letras de Bragança Paulista (1973), em Psicologia pela Pontificia Universidade Católica de Sao Paulo (1972), pós graduação em Psicopedagogia pelo Instituto Sedes Sapiense (1989), especialização em Psicomotricidade pelo Instituto GAE (1991), mestrado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997) e doutorado em Letras (Est.Comp. de Liter. de Língua Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (2002). Atualmente, é professor doutor da Universidade de São Paulo.

O espanhol coloquial: as interações verbais e as manifestações de (des)cortesia
A língua espanhola na literatura
Trabalhos de pesquisa e preparação de materiais sobre atividades orais em sala de aula, junto com as monitoras do curso extracurricular

Doutora em Linguística pela Universidade de São Paulo (1997), mestre em Letras (Língua Espanhola e Literatura Espanhola e Hispanoamericana) também pela Universidade de São Paulo (1990). Graduada em Castellano, Literatura y Latín, pelo Instituto Nacional del Profesorado Mariano Moreno (1973) e em Ciencias de la Información, pela Universidade Nacional de Córdoba (1975). Atualmente é professora doutora efetiva (Doutor II) da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Língua Espanhola, atuando principalmente nos seguintes temas: Língua Espanhola, estudos sobre (des)cortesia, oralidade em textos literários, Roberto Arlt, Manuel Puig. 

Lexicologia e Terminologia do Português
Valores culturais e didáticos na metáfora de especialidade: as múltiplas imagens da crise econômica mundial na imprensa escrita
InterLEC - Interfaces entre Léxico, Ensino e Cultura
Vocabulaire Panlatin du Vélo
Subsídios para a elaboração de um dicionário terminológico das Ciências Naturais para professores atuantes no Ensino Fundamental I: a constituição de uma base de dados terminológicos
BDTCien - Base de Dados Terminológicos das Ciências Naturais
TermNeo - Observatório de Neologismos Científicos e Técnicos do Português Contemporâneo do Brasil

Possui Bacharelado em Letras (1996) e Licenciatura em Língua Portuguesa (1997) pela Universidade de São Paulo. Tem Mestrado (2001) e Doutorado (2007) em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo. Realizou Estágio de Pós-Doutorado na Universidade Nova de Lisboa. Atualmente é professora doutora do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: Terminologia, Lexicologia e Neologia em língua portuguesa.

Uma Investigação preliminar sobre o plágio: a concepção da USP e seu funcionamento na graduação
Letramento acadêmico em inglês e português: uma investigação em múltiplos aspectos
A escrita acadêmica em inglês com foco na publicação: avaliação do seu ensino na escrita e no pensamento dialético-crítico do aluno
Documentos oficiais de ensino e formação de professores: aplicação e processos de significação
O ensino da escrita em língua inglesa em diferentes contextos institucionais
Promoção da escrita acadêmica em inglês e português: tutorias e oficinas no Laboratório de Letramento Acadêmico em Língua Materna e Estrangeira
Promoção da habilidade escrita em inglês em diferentes contextos institucionais: USP escola
A escrita em inglês na escola pública: projeto parte do Projeto Novos Talentos Capes
Escrita acadêmica em inglês com foco na publicação área de energia

Possui licenciatura português-inglês e respectivas literaturas pela Universidade Federal de Uberlândia (1995), mestrado em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (2000) , doutorado em Linguística Aplicada pela The Penn State University (2005) e pós-doutorado pela Universidade de Bath, Reino Unido (2013). Atualmente é professora do Departamento de Letras Modernas- FFLCH USP atuando tanto na graduação quanto na pós-graduação. Seus interesses de pesquisam envolvem aspectos do ensino e da aprendizagem de línguas estrangeiras sob a ótica sócio-histórico cultural e da teoria da atividade. Mais especificamente, o grupo de pesquisa que coordena - A perspectiva sócio-histórico-cultural e da atividade e o ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras- investiga o desenvolvimento cognitivo definido sob essa perspectiva teórica proporcionado pela aprendizagem de uma língua estrangeira em contextos de ensino desenvolvimental (Davydov,1988; Hedegaard, 2002) ou não. Mais especificamente, o grupo vem se detendo em questões relativas ao ensino-aprendizagem da escrita em língua estrangeira em diversos contextos institucionais em especial da pós-graduação- orientados pelas correntes teóricas acima e o desenvolvimento que essa atividade pode proporcionar.As pesquisas atuais do grupo se concentram no s estudos sobre letramento acadêmico em inglês na graduação e pós-graduação também sob essa perspectiva. 

A linguagem do imaginário republicano e o xadrez linguístico da distinção social
Formação do português culto paulista: pequenas e grandes escolas
História social do português paulista (1890-1920)
Para a História do Português Brasileiro

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1980), mestrado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (1992) e doutorado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (1996). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Sintaxe e Lingüística Histórica, atuando principalmente nos seguintes temas: lingüística histórica, sintaxe, história social e morfologia lexical. 

Identidades de gênero nas Literaturas Africanas de Língua Portuguesa II: Gênero e Nação
Identidades de gênero nas Literaturas Africanas de Língua Portuguesa: o masculino
Trânsitos por ruínas II: memória, resistência e subjetividade na literatura da era da globalização
Trânsitos por ruínas: memória, resistência e subjetividade na literatura da era da globalização: Cartografias identitárias: novas negociaçoes de sentidos nas literaturas de língua portuguesa
O cânone e a política do silêncio: uma leitura das margens nas literaturas portuguesa e africanas / A escrita, a morada do silêncio; o corpo, por detrás das palavras
O cânone e a política do silêncio: uma leitura das margens nas literaturas portuguesa e africanas / A escrita, a morada do silêncio; o corpo, por detrás das palavras
Maneirismo e neo-maneirisno: o tema do desconcerto do mundo e a pós-modernidade

Professor Associado da Universidade de São Paulo na área de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa. É bolsista de produtividade em pesquisa (nível 2) do CNPq, recebendo sucessivos apoios desde 2001. Possui graduação em Letras (1988) e especialização em Teoria Literária (1989) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, mestrado (1993) e doutorado (1997) em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Fez estágio de pós-doutoramento na Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais (2002-2003) e no Centro de Estudos Comparatistas da Universidade de Lisboa (2012-2013). Prestou concurso de Livre-docência, para a área de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (2012). Foi Professor Associado do Instituto de Letras da Universidade Federal Fluminense, tendo atuado nas áreas de Literatura Portuguesa e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa (1994-2007). Com outros pesquisadores, fundou em junho de 2001 a Associação Brasileira de Estudos da Homocultura (ABEH). Publicou três livros (Portugal, Brasil), vários artigos em revistas especializadas e capítulos de livros, no Brasil e no Exterior. Possui experiência na área de Letras, com ênfase em Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e Literatura Portuguesa, principalmente nos seguintes temas: Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, Estudos Pós-coloniais, Estudos Culturais e Estudos Queer.

Projeto DÉRom
Núcleo de Apoio à Pesquisa em Etimologia e História da Língua Portuguesa
Léxico Unisyn do Português (LUPo): Um léxico de pronúncia independente do dialeto para o português
Morfologia Histórica do Português - História dos sufixos portugueses
Formação da Diversidade do Português Brasileiro (FDPB)
Morfologia Histórica do Português (GMHP)
Para a história do português brasileiro (PHPB)
Gramática do Português Falado
História do português paulista (Projeto Caipira)

Graduação em Linguística/ Alemão pela Universidade de São Paulo (FFLCH/USP). Especialização em Tradução (língua alemã- CITRAT/FFLCH), Mestrado e Doutorado (área: Filologia Românica - DLCV/FFLCH) pela mesma universidade. Especializações em Mannheim/ Alemanha (DAAD - Institut für deutsche Sprache), Heidelberg (DAAD - Romanisches Seminar/ Universität Heidelberg) e em Chur/Suíça (Pro Helvetia - Lia Rumantscha/ Institut Rumancz Grischun). Pós-doutorado em Coimbra/ Portugal (FAPESP - Universidade de Coimbra). É professor livre-docente da Universidade de São Paulo e orienta na especialidade Morfologia Histórica. Coordena o grupo de pesquisa Morfologia Histórica do Português (www.usp.br/gmhp), cadastrado no CNPq e o Núcleo de pesquisa em Etimologia e Linguística Histórica da Língua Portuguesa (NEHiLP), ligado à pró-Reitoria de Pesquisa, da USP. É membro correspondente pelo Estado de São Paulo pela Academia Brasileira de Filologia (ABRAFIL) e tradutor juramentado de língua romena pela Junta Comercial do Estado de São Paulo (JUCESP). Atua principalmente nas seguintes áreas: língua portuguesa, lingüística histórica, etimologia, morfologia histórica, sociolingüística, dialetologia do português e filologia românica.

Língua e Literatura Sânscrita
Teorias da linguagem na Índia Antiga
Historiografia da lingüística
Etimologia e História da Língua Portuguesa
A emergência da tradição gramatical na Índia Antiga
A produção de texto no vestibular da Fuvest 2007: Estudo das redações apresentadas por alunos egressos de escolas públicas e particulares

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1975), graduação em Psicologia pela Universidade Paulista (1990), mestrado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (1983) e doutorado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (1991). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua e Literatura Sânscrita, atuando principalmente nos seguintes temas: poesia sânscrita arcaica, teorias da linguagem na Índia Antiga, tradução do texto artístico.

Velimir Khlébnikov e a estética de vanguarda na Rússia: prosa de ficção, ensaios e textos dramáticos

Professor do curso de Língua e Literatura Russa da Universidade de São Paulo, possui graduação em Letras, com Bacharelado-Habilitação Português/Russo pela Universidade de São Paulo (1999), Licenciatura em Português pela Faculdade de Pedagogia da Universidade de São Paulo (2000), mestrado em Literatura e Cultura Russa pela Universidade de São Paulo (2003) e doutorado em Literatura e Cultura Russa pela Universidade de São Paulo (2008). Experiência profissional na área de Letras, Ensino Superior, atuando principalmente nas seguintes áreas de literatura e tradução. Além da ênfase, na área de pesquisa e produção científica, em Literatura e Cultura russa, atuou profissionalmente como leitor junto à Universidade Estatal de Moscou, na Rússia, ministrando aulas de Literatura Brasileira, Língua Portuguesa e Cutura Brasileira. Foi Professor de Português para Estrangeiros no Instituto Rio Branco - Ministério das Relações Exteriores e Professor de Língua Portuguesa, Teoria da Literatura e Literatura Brasileira em cursos de Letras de faculdades particulares. Desde agosto de 2010, ministra as disciplinas Poesia Russa, Introdução à Literatura Russa e Prosa Russa (a partir de 2012) no curso de Língua e Literatura Russa do Departatamento de Letras Orientais da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciêrncias Humanas da USP

Língua estrangeira e identidade: a investigação das relações entre texto, imagem e memória no caso do inglês no Brasil
A presença simbólica da língua inglesa no Brasil e na construção da identidade nacional
Representação e identidade no discurso didático-pedagógico de língua estrangeira

Possui graduação em Letras pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Santo André (1974), mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1987), doutorado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (1998) e livre-docência pela Universidade de São Paulo (2013). É docente (professor associado) da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Lingüística, em particular em análise do discurso e lingüística aplicada, com ênfase em Ensino e Aprendizagem de Língua Estrangeira, atuando principalmente nos seguintes temas: constituição de identidades, língua estrangeira, análise do discurso, língua inglesa e discurso. É membro do Conselho Editorial dos periódicos Contexturas (0104-7485), Tradterm (0104-639X) e Cadernos de Linguagem e Sociedade (0104-9712).

Estudos diacrônicos e sincrônicos do português
Estudos do discurso em língua portuguesa
Projeto NURC - Projeto de Estudo da Norma Linguística Culta da Cidade de São Paulo
Preconceito, tolerância e intolerância em gramáticas portuguesas
Uso e norma em gramáticas brasileiras da língua portuguesa
Uso e norma em gramáticas do português
LEI - Laboratório de estudos de intolerância
História das Idéias Linguísticas do Brasil (HILB)

Marli Quadros Leite é Professor Titular do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas, na Universidade de São Paulo. Bolsista de Produtividade e Pesquisa (PQ) CNPq. Graduada em Letras pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (1982), fez mestrado (1992) e doutorado em Linguística pela Universidade de São Paulo (1996). Tem pós-doutorado pela University of Pennsylvania (EUA) e pela Université de Paris VII - Diderot. É líder de dois Grupos de Trabalho (CNPq): Gramáticas: história, descrição e discurso do qual participam pesquisadores brasileiros, franceses e portugueses, e Projeto NURC/SP-Núcleo USP, no qual atua juntamente com o Prof. Dr. Dino Preti. É coordenadora de dois acordos de cooperação internacional da USP com: (i) a Université de Paris VII; (ii) Universidade de Trás-os-Montes-Alto-Douro (UTAD). É autora de livros, capítulos e artigos que versam sobre temas científicos e didáticos. É Chefe do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas e foi Presidente da Comissão de Graduação da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas e Assessora Técnica da Pró-Reitoria de Graduação da USP. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando, principalmente, nos seguintes temas: historiografia linguística, norma e uso linguisticos, oralidade e escrita.

Literatura Portuguesa Contemporânea
O dialogismo no discurso literário
Imagens do Professor nas Literaturas de Língua Portuguesa
Lugares Identitários nas literaturas portuguesa e brasileira

Graduou-se em Letras pela Universidade de São Paulo (1973) e doutorou-se em Letras (Literatura Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (1982). Atualmente é professor titular da Universidade Presbiteriana Mackenzie e professor doutor da Universidade de São Paulo, membro de conselho editorial da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, membro da associação da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística, parecerista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Letras Literatura Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura portuguesa, literatura de autoria feminina, ficção contemporânea e discurso literário.

Discurso teórico greco-latino
Modelos discursivos clássicos
Elogio/vitupério na obra de Plínio o Jovem: a representação da pueritia na divulgação dos princípios educativos estoicos
A representação da infância nas cartas de Plínio o Jovem e no Panegírico a Trajano

Bacharel em Letras (português- latim) pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas USP (1993), licenciada em português pela Faculdade de Educação USP (1993), Mestre e Doutora em Letras Clássicas (Universidade de São Paulo, 1999 e 2006). Foi professora de língua e literatura latina na Universidade Federal do Paraná (1997-1998) e nas Faculdades São Judas Tadeu (2001-2003). Atualmente é Professora Doutora de Língua e Literatura Latinas no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas (DLCV) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (FFLCH-USP) em nível de Graduação e Pós-Graduação Stricto Sensu (Letras Clássicas). Suas pesquisas têm como enfoques principais epistolografia latina (Cícero e Plínio o Jovem) e representação da infância (pueritia) na Roma Antiga (I a.C - II d.c). 

Mitos de origem, terras prometidas: o espaço e o processo de transnacionalização em três comunidades religiosas judaicas de São Paulo
Transnacionalização, etnicidade e religião
A dissidência religiosa no Israel Contemporâneo
O apelo da Modernidade após duzentos anos: Uma incursão antropológica entre entre os judeus israelenses ultra-ortodoxos que abandonaram a religião
Os judeus ultra-ortodoxos de São Paulo: uma incursão antropológica

Possui graduação em Facultad de Sociología - Universidad de Buenos Aires (1985), mestrado em Sociologia e Antropologia Social - The Hebrew University Of Jerusalem (1990) , doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (1996) e pós-doutorado - The Hebrew University in Jerusalem (2004-5).Atualmente é ms-5 da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Cultura Judaica, atuando principalmente nos seguintes temas: judaísmo, antropologia, religião, identidade étnica e etnicidade.

Romantismo: Diálogos
Romantismo: diálogos entre França e Alemanha

Graduação e mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo. Doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada pela mesma Universidade. Professora do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, atuando principalmente nos seguintes temas: Formas e gêneros literários, Literatura comparada, crítica literária, Literatura e outras artes, Romantismo, Literatura francesa do século XIX, Gérard de Nerval.

Os trabalhos e os dias de Hesíodo
Engenhos da Sedução - Estudo sobre o Hino Homérico a Afrodite
Fundamentos da Condição Humana: 'Os Trabalhos e os Dias' de Hesíodo

Possui mestrado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo(1986) e doutorado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo(2005). Atualmente é Professor Doutor da Universidade de São Paulo e Presidente do Conselho Administrativo do Associação dos Amigos da Casa das Rosas, da Língua e da Literatura. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas Clássicas. 

Literatura e outras formas de saber
Videoliteratura (Núcleo Portátil)
História(s) da Literatura e da Cultura
Arte e globalização do imaginário (Produção literária, cultura, milênio)
América em movimento: relações interculturais na literatura latino-americana do século XX

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1979), mestrado em Letras (Ciência da Literatura) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1994). Fez seu pós-doutoramento na New York University (período 2000-2001), desenvolvendo pesquisa transdisciplinar nas áreas de literatura, filosofia e tecnologia. Professor Livre-Docente na área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa (Universidade de São Paulo). Realizou em Nova York o vídeo OCIDENTES (2001), com base em seu livro de poesia OCIDENTES DUM SENTIMENTAL (1998), uma recriação do poema "Sentimento dum ocidental", de Cesário Verde. Roteirizou e, também, dirigiu outros vídeos: BLANCHOT - PARA ONDE VAI A LITERATURA? (2005), junto à Faculdade de Letras da UFMG, e GIRO NOITE CINEMA - GUY DEBORD (2011). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Orientação e Aconselhamento, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura e outras artes; crítica cultural contemporânea; poesia (sécs. XIX-XXI); literatura e transdisciplinaridade (filosofia, história, política e cultura). Coordena o projeto Vídeoliteratura junto ao Núcleo Portátil - Núcleo de Literatura, Teoria e Vídeo - (FFLCH/USP). Em 2011, o Núcleo produziu sua primeira peça videográfica: TITANIC WORLD FOREVER - POESIA DE MARCELO ARIEL, resultante de um seminário ocorrido no curso de pós-graduação "Poesia, Cinema e outras artes - A cena cultural contemporânea", ministrada por Mauricio S. Vasconcelos, em 2008. Integra os grupos de pesquisa "Lugares de arte - Memórias, linguagens, fronteiras", desenvolvido em colaboração com o curso de Letras da UFMT, e "Lábio-Oratório - Poesia contemporânea", criado em caráter interdisciplinar por professores de diferentes departamentos da FFLCH/USP, desde 2008. Atualmente, assina a coluna "Celular/Cassete/Romance" no site MUSA RARA - LITERATURA E ADJACÊNCIAS.

Poetas italianos do século XX: uma antologia
Fortuna crítica: Luigi Pirandello
Tristes tropos: figurações do trágico na literatura italiana do século XX

Possui graduação em Português-Italiano pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991), mestrado em Letras (Ciência da Literatura) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (2002). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada e Tradução Literária

Teatro Norte-Americano de Vanguarda: dos Anos 1960 à Sociedade de Consumo
Estudos de Dramaturgia Britânica e Norte-Americana. Programa Ensinar com Pesquisa. Projetos anuais efetivados: 2010, 2011, 2012/ em andamento: 2013
Bread and Puppet Theater: 50 Anos de Teatro e História

Concluiu mestrado em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas e doutorado em Estudos Linguísticos e Literários em Inglês pela Universidade de São Paulo (2008). É docente do Departamento de Letras Modernas da Universidade de São Paulo, na Área de Estudos Lingüísticos e Literários em Inglês. Trabalha com literaturas de expressão inglesa, e pesquisa temas relacionados aos teatros norte-americano e britânico contemporâneos, sua história e crítica. Em 2010 publicou pela Annablume/ FAPESP o livro "Teatro Político e Contestação no Mundo Globalizado - O Bread and Puppet Theater na Sociedade de Consumo", e em 2013 concluiu um projeto de pesquisa docente com foco no teatro norte-americano de vanguarda nos anos 1960 e seus rumos na sociedade de consumo, mediante auxílio FAPESP. Atualmente coordena um grupo de estudos de dramaturgia em língua inglesa em projeto de graduação fomentado pela Universidade de São Paulo, e dá prosseguimento à pesquisa sobre teatro britânico e norte-americano.

Estudos e Tradução da Poesia Árabe
Tradução crítica do Alcorão
Organização e Tradução de Antologia da Poesia Árabe

Michel Sleiman fez sua carreira estudando a literatura árabe-islâmica de Alandalus (a Península Ibérica medieval quando governada pelos muçulmanos), especialmente a poesia em dialeto árabe-andalusino utilizado no século XII, em meio a outras questões da poética medieval. Concernente a esse período, realizou ensaios e traduções de poemas do poeta cordovês Ibn-Quzman Alqurtubi, que publicou em revistas acadêmicas e magazines, bem como em livros: A Poesia Árabe-Andaluza; As Cidades no Tempo; e A Arte do Zajal. Atualmente leciona e orienta na pós-graduação na Universidade de São Paulo, na Área de Língua e Literatura Árabe. Estuda e traduz poesia árabe medieval e contemporânea e suras do Alcorão. Tem experiência na área de Letras em geral, atuando principalmente em estudos literários e poética. Recentemente publicou o livro de poemas Ínula Niúla. Concebeu a revista Tiraz de estudos árabes e das culturas do Oriente Médio, da qual é diretor desde 2004. 

Filosofia árabe e História do Pensamento

Professor Livre-Docente de Filosofia e História do Pensamento Árabe do Departamento de Letras Orientais da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP). Líder do Grupo de Tradução e Pesquisa de Filosofia Árabe e História do Pensamento na Universidade de São Paulo. Possui graduação em Filosofia - (FAI 1996), mestrado em Filosofia (PUCSP1999), doutorado em Filosofia (USP 2004), Pós-doutorado em Filosofia (PUCSP 2006) e Livre-Docência em Filosofia (USP 2010). Na área específica atua com ênfase em pesquisa e tradução da filosofia escrita em árabe (falsafa), notadamente Ibn Sina (Avicena), Al-Kindi, Al-Farabi e Ibn Rushd (Averróis) nos campos da metafísica e epistemologia. Na área política e filosófica atua na reconstrução e crítica da história do pensamento universal e construção de novos paradigmas cognitivos para o século XXI. Grande parte das publicações encontram-se on-line em "Falsafa-Filosofia Árabe e História do Pensamento" - www.falsafa.com.br, "Marcas e Pensamentos" - www.historiadopensamento.com.br 

Literatura e Expressão Artístca Hebraica e Judaica

Possui graduação em Comunicação Social pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero (1975) e doutorado em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaica pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Literatura e Cultura Judaica e Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: poesia, poemas, contos, romances e artes visuais. É autor de livros como Ata (reunião de volumes de poemas já publicados e outros inéditos), Dois Palhaços e Uma Alcachofra (estudo sobre o romance Adam Filho de Cão , de Yoram Kaniuk, Yona e o Andrógino notas sobre poesia e Cabala , etc.

O Papel do Imigrante Árabe nos Contos de Simão Lopes
Elaboração de Material Didático para aprendizes de Língua Árabe
A Colaboração na Formação de Profissionais Reflexivos e Críticos:Pesquisa e Extensão

Possui graduação em Letras - UNICEUB (1984), Mestrado em Lingüística Aplicada ao Ensino de Línguas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997), foco em análise do Discurso e Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2005), foco em Formação de Professores. Professora Doutora no Departamento de Letras Orientais (FFLCH) da Universidade de São Paulo - USP em língua árabe clássica e popular e estudo e interpretação de textos árabes. Possui experiência na área de Lingüística Aplicada, com atuação nos seguintes focos: formação de professores, metodologias de pesquisa e análise, atividade de ensino e reflexão crítica, concepções de linguagem e de ensino-aprendizagem e educação bilingüe. Atualmente, desenvolve pesquisa voltada à elaboração de material didático para aprendizes de língua árabe, com embasamento no quadro da Teoria da Atividade Sócio-Histórico-Cultural e na concepção enunciativa de linguagem (Volochinov e Bakhtin). Foi professora titular da cadeira de lingüística em língua materna ( português),no INIFIEO, ministrou cursos de Extensão Universitária na COGEAE- Coordenadoria Geral de Especialização Aperfeiçoamento e Extensão na área de Linguagem e Educação, com foco no papel do Coordenador e nas Teorias de Ensino-Aprendizagem.. É pesquisadora colaboradora externa no projeto LDA - Leitura nas Diferentes Áreas e no AB - Aprender Brincando - ambos ligados ao PAC - Programa Ação Cidadã- na PUC-SP: no primeiro, trabalha com a formação de Grupos de Apoio e no segundo, com a construção do Projeto Político Pedagógico e o conceitodo do Brincar. É também pesquisadora colaboradora no grupo de pesquisadores sobre formação de professores.

Laboratório virtual de aprendizagem para o desenvolvimento da autonomia do estudante de Espanhol
Preparação de sequências didáticas para o ensino de espanhol na plataforma Moodle
Caminhos para a aprendizagem de espanhol no século XXI
Integrar pela cultura: Intercâmbio virtual USP-UNC
Projeto Elaboração de material didático digital para o ensino de espanhol: uso de ferramentas da plataforma Moodle
Mediação tecnológica na construção de competências lingüísticas e pedagógicas de professores de espanhol: possibilidades na formação inicial
Oficinas Virtuais na Formação Inicial de Professores de Espanhol: Espaço de Reflexão e Construção de Competências Lingüísticas e Pedagógicas
Ambiente Híbrido para a aprendizagem (blended learning) de Espanhol Língua Estrangeira: construção de uma proposta didático-pedagógica. (projeto em andamento desde janeiro de 2006). Minha incorporação à equipe se deu em janeiro de 2008

Possui graduação em Língua e Literatura Espanhola pela Universidade de São Paulo (1990), graduação em Língua e Literatura Inglesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1988), mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000) e doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2007). Lecionou na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e na Faculdade de Ciências e Letras da UNESP, Campus de Araraquara. Atualmente, é professora do Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. É líder do Grupo de Pesquisa Linguagem, Educação e Virtualidade (LEV) e do Grupo Recursos didáticos para a aula de Espanhol como Língua Estrangeira (E/LE), cadastrado pela Universidade de São Paulo. Participa também do GPeAHF - Grupo de Pesquisa sobre a Abordagem Hermenêutico-Fenomenológica, cadastrado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo no CNPq. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Professores de Língua Espanhola nos cursos de Letras, atuando principalmente nos seguintes temas: reflexão, ensino de espanhol, formação de professores, aprendizagem presencial e a distância, Abordagem Hermenêutico-Fenomenológica.

Literatura de Macau
Literatura - Mundo
Orion Orientalismo português na literatura e outras artes (séculos XIX-XX)
Macau na escrita. Escritas de Macau
Literatura Portuguesa e o Contemporâneo: paisagens, vazios e afetos
Alteridades e Hibridismos na Literatura Portuguesa Contemporânea
A constituição ética do sujeito na modernidade
A Viagem na Literatura Portuguesa do Século XX
Deslocamentos culturais na lusofonia
Tradição e ruptura na poesia, do final do séc. XIX ao final do séc. XX

Monica Simas é, atualmente, Professora Associada da Universidade de São Paulo (USP), Livre-Docente na Área de Literatura Portuguesa pela mesma instituição e colaboradora do Centro de Estudos Comparatistas da Universidade de Lisboa. Na USP, ocupa a função de vice-coordenadora de Pós-Graduação do Programa de Literatura Portuguesa; é coordenadora juntamente com a professora Ho Yeh Chia do LIA (Laboratório de Interlocuções com a Ásia), instância interdepartamental DLCV -DLO e é líder do Grupo (Pt. Oriente) Portugal e o Oriente: literaturas, línguas e culturas, certificado no CNPq. Também participa do Grupo Literatura e Paisagens, coordenado pela Professora Ida Alves, da Universidade Federal Fluminense. Suas principais vertentes de pesquisa são a Literatura de Macau, os Orientalismos e a poesia de língua portuguesa contemporânea em contato com outras literaturas e outras geografias. Coordena o projeto de pesquisa no Programa de Pós-Graduação: "Literatura de Macau I" com interface com o Instituto Cultural de Macau, em que se pretende preparar material crítico para o Museu de Literatura de Macau, em construção, além de participar como colaboradora do projeto "Literatura Mundo", coordenado pela professora Helena Carvalhão Buescu, do Centro de Estudos Comparatistas da Universidade de Lisboa, em parceria com a Universidade de Harvard. Fez Graduação em Administração de Empresas na UFRJ (1990) e em Letras na PUC-RJ (1994). Nesta última, concluiu o seu Mestrado em 1996 e o seu Doutorado em 2001, ambos em Estudos Literários Portugueses. Durante o Doutorado, fez estágio em Portugal, durante 18 meses, com bolsa CAPES PDEE. Foi professora de Literatura Portuguesa na PUC-RJ,entre 2001 e 2003. Da sua produção bibliográfica, destacam-se a tese de doutorado, que foi re-escrita e publicada, em 2007, com o título Margens do Destino: Macau e a literatura em língua portuguesa, pela editora YENDIS; Dor e Desejo (2010), organizado com as professoras Paola Poma e Marlise Vaz Bridi, pela editora Paulistânia; uma pequena antologia de poesia de Macau, 3 Poetas, 21 Poemas, pelo Centro Cultural de São Paulo (2013), inúmeros capítulos de livro sobre a literatura diaspórica de Macau, entre eles "Identidade e memória no espaço literário de língua portuguesa em Macau", no livro Oriente, engenho e arte, org. por Hélder Garmes, além de publicações sobre a poesia portuguesa contemporânea. Em 2008, recebeu o prêmio "Talentos 2007", do Ministério de Negócios Estrangeiros de Portugal, pelo ensino, divulgação e crítica das literaturas lusófonas, com destaque para a Literatura de Macau.

Três poetas brasileiros e a Segunda Guerra Mundial: Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles e Murilo Mendes
Murilo Mendes: a poesia como totalidade

Possui graduação em Letras Lingüística pela Universidade de São Paulo(1982), mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo(1991), doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo(1998) e pós-doutorado pela Université Paris-Est Créteil(2010). Atualmente é Professor Doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira. Atuando principalmente nos seguintes temas:Carlos Drummond de Andrade, Cecilia Meireles, Murilo Mendes.

A prática de tradução literária japonês-português - percursos traçados a partr de Momotaro de Ryunosuke Akutagawa e Semento taru no naka no tegami de Yoshiki Hayama
Percepções do Real na Contemporaneidade
Trânsitos entre representações discursivas no século XXI
Os Recursos Estilísticos da Literatura Japonesa Nomenclatura e Uso das Principais Figuras de Linguagem
Mapeamento de tradutores literários japonês-português
Prosa Japonesa Moderna: o Romance do Eu
A Literatura de Diário Japonês
Japonês Instrumental - Material Didático e Estratégias de Leitura no Processo de Ensino e Aprendizagem
Tradução do Diário de Tosa, obra japonesa do século X de Kino Tsurayuki
O Tempo e o Espaço na Cutura Japonesa de Shuichi Kato

Possui Graduação em Letras Japonês e Português pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (1994) e Licenciatura em Letras Japonês e Português pela Faculdade de Educação da USP (1994); Mestrado em Letras (Língua, Literatura e Cultura Japonesa) pela Universidade de São Paulo (2000) e Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (2006). Foi docente e pesquisadora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Atualmente é docente e pesquisadora do Cuso de Graduação e Pós-Graduação em Língua, Literatura e Cultura Japonesa do Departamento de Letras Orientais da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Japonesa Moderna, atuando principalmente nos seguintes temas: prosa clássica e moderna, poesia waka, cultura e pensamento japoneses. Dedica-se ainda, ao ensino de língua japonesa e à tradução. 

Estudo e tradução de obras da Literatura Russa
Literatura Russa
Pintura Russa
Literatura Soviética

Possui graduação em Matemática pela Universidade de São Paulo (1981) e doutorado em Literatura Russa pela Universidade Estatal M V Lomonóssov (1989). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Russa, atuando principalmente nos seguintes temas: Tradução, Literatura Russa, Literatura Soviética, Cultura russa e Crítica Literária. 

Semiótica e Bakhtin: diálogos possíveis
Para uma Estilística Discursiva
Estilo, éthos e Aspecto
A carnavalização como categoria analítica dos textos

Pós-doutorado em andamento na Universidade Paris 8, sob supervisão do Prof. Denis Bertrand, com o projeto "Corpo: limite e limiar - Questões de estilo" (bolsa FAPESP). Professora Livre Docente em Teoria e Análise do Texto na Universidade de São Paulo (USP), associada ao Departamento de Linguística da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Mestre e doutora em Linguística e Semiótica pela Universidade de São Paulo. Orientadora de pesquisas na graduação, na pós-graduação, bem como supervisora de pós-doutorado. Voltada para questões concernentes a uma Estilística Discursiva, desenvolve seu trabalho sob uma perspectiva fundada na teoria semiótica da significação, desde suas bases greimasianas até seus desdobramentos contemporâneos, o que supõe contemplar vizinhanças entre a semiótica e outras fontes do pensamento, tais como a fenomenologia, a Análise do Discurso, e a filosofia bakhtiniana da linguagem. Inquieta por identificar como o sujeito se firma enquanto corpo, voz, tom de voz e caráter, busca, no limiar entre a Retórica e os estudos enunciativos, relacionar o homem na língua com a noção aristotélica de um éthos, que, sustento de um estilo, organiza-se ao longo de determinada totalidade discursiva, ao se firmar como estrutura e acontecimento. Nessa direção também vão suas publicações, as quais juntam, à esfera acadêmica, obras com teor didático. 

O italiano falado nas comunidades de origem italiana no Brasil
Leitura Instrumental em Lingua Italiana

Possui graduação em Licenciatura em Língua e Literatura Italiana - Instituo Nacional Superior Del Professorado (1975), mestrado em Letras (Língua e Literatura Italiana) pela Universidade de São Paulo (1987) e doutorado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (1994). Atualmente é professor doutor assistente da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Italiana, atuando principalmente nos seguintes temas: língua italiana, ensino italiano, ensino instrumental. Integra dois grupos de pesquisa: O Italiano Falado nas Comunidades de Origem Italiana no Brasil" que tem por finalidade o estudo e a análise da língua italiana falada pelos imigrados italianos fixados em comunidades nos diversos Estados do Brasil; e "A leitura Instrumental em língua Italiana" que visa verificar quais são as ferramentas didáticas, em sentido amplo, que propriciam a aquisição de conteúdos relacionados com a linguagem em geral e o desenvolvimento das competências textuais e discursivas na leitura de textos em italiano.

Formação institucional da área de Letras e Linguística no Brasil
Documenta grammaticae et historiae Português: Projeto de Documentação Linguística e Historiográfica (séculos XVI a XIX)
O barro, o verbo e a história. Projeto para o fortalecimento de atividades artesanais na região do Alto do Vale do Ribeira, São Paulo
Documenta Gramaticae et Historiae, Projeto de documentação Lingüística e Gramatical (1536-1901)

É bacharel em Linguística, licenciada em Português (1994), mestre (1998) e doutora (2003) em Semiótica e Linguística Geral pela Universidade de São Paulo. Realizou estágio de pós-doutorado (2010) na Tokyo University of Foreign Studies. É professora do Departamento de Lingüística da USP, onde desenvolve projetos de pesquisa na área de Historiografia Linguística. Tem investigado os seguintes temas: processos de institucionalização da área de Letras e Lingüística no Brasil; metalinguagem na tradição gramaticográfica ibérica; história da gramática; motivações e métodos de descrição das línguas do Brasil (séculos XVI a XX). Foi editora da Revista do GEL (2008-2012), coordenou o GT Historiografia da Linguística Brasileira da ANPoLL (2008-2012). Atualmente, coordena o Curso de Pós-graduação em Linguística da USP e é membro da Diretoria do GEL (2012-2013).

Transnationality at Large. The transnational dimension of Hispanic culture in te 20th adn 21st centuries
Alteridade e pertença lingüística nas letras latino-americanas: para uma teoria não identitária da interação entre língua/s e literatura/s
Interrupções do castelhano: França, Itália, Brasil e seus nativos da Argentina (para uma leitura de Copi, Bianciotti, Wilcock e Perlongher)

Professor em Letras pela Universidad Nacional de Rosario (UNR, Argentina). Possui mestrado e doutorado em Letras (Língua Espanhola e Literaturas Espanhola e Hispano-Americana) pela Universidade de São Paulo (1999 e 2004). Fez pós-doutorado no Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP (2004-2008). Os seus temas de pesquisa estão focados na questão do exílio (publicou El exilio procaz: Gombrowicz por la Argentina, Beatriz Viterbo, 2007) e na problemática do deslocamento lingüístico/literário. Possui artigos sobre o tema em livros e várias revistas especializadas (Revista Iberoamericana, Hispamérica, Remate de males, etc.). Entre outros autores estudados estes artigos focam a produção de Néstor Perlongher, Juan Rodolfo Wilcock, Antonio Porchia, Héctor Bianciotti, Copi, Vilém Flusser, Witold Gombrowicz e Augusto Roa Bastos. (

Descrição de documentos em língua latina da Biblioteca Brasiliana Digital
Sêneca o rétor e a declamação latina

Possui graduação em Letras / Filología Clásica - Universidad de la República, Uruguai (1996) e doutorado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo (2004). Tem experiência na área de Letras Clássicas,com ênfase em Língua e Literatura Latina, atuando principalmente nos seguintes temas: retórica, declamação e literatura latina pós-clássica.

Fenômenos de contato entre o italiano e o português
Cantiere di Parole
Análise e elaboração de material didático para o ensino do italiano LE
Núcleo de Pesquisa para elaboração de material didático em língua italiana. Um modelo de dicionário didático italiano-português e português-italiano
Fenômenos de Contato entre o Italiano e o Português
Cantiere di parole: um dicionário pedagógico português italiano em formato eletrônico

Possui graduação em Letras pelo Centro Universitário Fundação Santo André (1986), mestrado em Letras (Língua e Literatura Italiana) pela Universidade de São Paulo (1996) e doutorado em Letras (Letras Clássicas e Venáculas) pela Universidade de São Paulo (2003). Em seu pós-doutorado, realizado de fevereiro a julho de 2012, na Universidade Ca' Foscari, Venezia, com bolsa FAPESP, estudou aspectos interculturais presentes no léxico. Atualmente é professora livre-docente da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Italiana, atuando principalmente nos seguintes temas: língua italiana, elaboração de material didático, italianismos com ênfase na terminologia gastronômica, dicionário bilíngue, interculturalidade e lexicografia pedagógica.

Poéticas de Expressão Portuguesa
Textos, contextos, intertextos
Tradição e Pós-Modernidade
A poesia portuguesa no século XX

Paola Poma é professora de literatura portuguesa na Universidade de São Paulo. Fez graduação e doutorado-direto na mesma universidade sobre a obra do poeta modernista Fernando Pessoa. Pesquisa a poesia do século XX e XXI dando destaque aos seguintes poetas: Fernando Pessoa, Mário de Sá -Carneiro, Sophia de Mello Breyner Andresen, Herberto Helder e Adília Lopes. Fez pós-doutoramento na Universidade Nova de Lisboa em 2012. Dentre suas pesquisas destaque-se o diálogo entre a tradição e a contemporaneidade. 

Lexicologia e terminologia do português / Estudos Diacrônicos e Sincrônicos do Português
Atlas Toponímico de Portugal. Fase 2: Variantes lexicais na toponímia portuguesa. A questão do genérico. (aglomerados humanos)
Memória Toponímica de São Paulo, Bairro a Bairro.
Criação de um banco de topônimos paralelos na cidade de São Paulo

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1994), mestrado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (1998) e doutorado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (2005). Atualmente é professor doutor ref. ms-3 da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Onomástica, atuando principalmente nos seguintes temas: toponímia, motivação semântica, lexicologia, onomástica e esvaziamento semântico. 

A lírica marcial de Arquíloco
A Fábula Arcaica: Arquíloco de Paros
Narrativas e imagens eróticas nos fragmentos de Arquíloco
Estudos sobre o jambo, a elegia e a poesia mélica na Antigüidade Clássica
A fábula: a teoria do gênero e a ética e a moralidade na Grécia arcaica
Os poemas marciais de Arquíloco
Poesia grega arcaica
Lírica grega: Arquíloco e a fábula arcaica
Novos poemas de Simônides, Arquíloco e Safo, e a teoria dos gêneros na poesia grega arcaica
Arquíloco de Paros: Temas Políticos, Morte e Vida Marinha
Eros, Poesia e Pensamento em Arquíloco
Narrativas e Imagens Eróticas em Arquíloco de Paros
A fábula: a teoria do gênero e a ética e a moralidade na Grécia arcaica
A fábula arcaica: Arquíloco de Paros
Projeto Minimus, ano II: O grego e o latim no Ensino Fundamental

Possui Graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1985), Mestrado em Letras Clássicas (RHBNC, University of London 1987), Doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1995), Pós-doutorado em Letras Clássicas (Oxford University 2001). Atualmente é Professora Associada (MS-5) de Língua e Literatura Grega da Universidade de São Paulo e pesquisadora do CNPq (Bolsa Pq 1d). É autora de "Armas e Varões; a Guerra na Poesia de Arquíloco" (Edunesp 2009, 2a edição revista e ampliada), "Harmonia: Mito e Música na Grécia Antiga" (Humanitas 2009, 2a edição revista), "Um Bestiário Arcaico; fábulas e imagens de animais na poesia de Arquíloco" (Edunicamp, 2010), e dedica-se principalmente ao estudo da poesia grega arcaica. É responsável pelo Projeto Minimus: Grego e Latim no Ensino Fundamental, projeto de cultura e extensão da Pró-Reitoria (Prceu da USP, com apoio da Onassis Foundation USA), do qual participam 21 monitores-professores (9 graduandos e 12 pós-graduandos da FFLCH) que ministram língua grega e latina na grade curricular dos 6o e 4o anos da EMEF Desembargador Amorim Lima para mais de 200 alunos. 

A alternância causativa no português do Brasil: defaults num léxico gerativo
Os artigos e a definitude: um estudo comparativo das línguas romenas, húngara, búlgara, albanesa e grega

Tem graduação em Letras (1988), mestrado em Lingüística (1994) e doutorado em Lingüística (2000), todos na Universidade de São Paulo. Durante o doutorado estudou durante um ano na Stanford University (EUA). É professor-doutor da Universidade de São Paulo. Atua na área de Lingüística, com ênfase em Teoria e Análise Lingüística, principalmente nas seguintes áreas e temas: fonologia (harmonia e desarmonia vocálica, interação entre epêntese e acento), morfologia (regras de remissão e paradigmas, formação de verbos) e léxico (construções e alternâncias). Fez pós-doutorado entre 2008 e 2009 na Universiteit Leiden (Holanda) com financiamento da CAPES. Seu projeto tratou da interação entre a harmonia e a desarmonia vocálica, focalizando principalmente o finlandês.

Tradução e análise de textos de literatura palestina moderna
Análise de textos da literatura árabe

Possui graduação em Língua e Literatura Árabe pela USP (1994), graduação em Letras Português pela USP (1994), graduação em Processamento de Dados pela Unesp (1993), mestrado em Lingüística pela USP (2003) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela USP (2004). Atualmente é professor da USP. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Árabe e teoria literária, além de História e Cultura, atuando principalmente nos seguintes temas: oriente médio, orientalismo, literatura árabe, linguística, islamismo, cristianismo, áfrica e manuscritos. É autor de diversas obras, como Deleite do estrangeiro em tudo o que é espantoso e maravilhoso: estudo de um relato de viagem bagdali e Gramática da Língua Árabe para Estudantes Sul-Americanos. Traduziu diversos livros do árabe para o português.

Literatura, História e Memória Cultural
Poéticas da Modernidade
Literatura e história nos países de língua portuguesa
Polifonia e diacronia na prosa, na poesia e no teatro de expressão portuguesa
Literatura e história nos países de língua portuguesa
Literatura e experiência histórica nos países de língua portuguesa
Resgatando um acervo oitocentista esquecido: os romances em português publicados na França
Balzac, Dumas e Camilo Castelo Branco: modelos equivocados e afinidades inauditas
A ascensão do romance em Portugal: Bastos, Hogan, Camilo e o romance francês
Revisão crítica da literatura oitocentista: novos paradigmas
Camilo Castelo Branco e a ascensão do romance: um diálogo europeu
A literatura oitocentista: relações
Revisão Crítica da Literatura Oitocentista: Da ficção camiliana como interpretação de Portugal
A narrativa heterodoxa de Camilo Castelo Branco

Paulo Motta Oliveira é Professor Associado da Universidade de São Paulo e bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Faz parte do projeto temático "Circulação Transatlântica dos Impressos a globalização da cultura no século XIX" financiado pela FAPESP. É membro da Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da USP. Concluiu o doutorado em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas em 1995. Realizou quatro pós-doutorados, todos com apoio da FAPESP: três de curta duração de 3 a 4 meses dois na Universidade de Lisboa e um na Université de Versailles Saint-Quentin-en-Yvelines, e um quarto, de janeiro de 2013 a janeiro de 2014, na Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3. Defendeu a livre-docência em Literatura Portuguesa na Universidade de São Paulo em 2006. Foi professor convidado da Université Lyon 2 em 2006. Foi Presidente da Associação Brasileira de Professores de Literatura Portuguesa no biênio 2005-2007. Orientou mais de 30 trabalhos de iniciação científica, 16 dissertações de mestrado e 9 teses de doutorado, além de ter supervisionado estágio pós-doutoral. Pesquisa, principalmente, a literatura portuguesa do século XIX e do início do XX, bem como as relações entre esta e outras literaturas do período, em especial as literaturas de língua portuguesa e a literatura francesa. Ultimamente tem centrado sua pesquisa na ascensão do romance nos países de língua portuguesa. Em seu currículo Lattes os termos mais frequentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Literatura Portuguesa, Literatura e História, Camilo Castelo Branco, Historiografia Literária, Literatura Oitocentista, Eça de Queirós, Romance, Portugal, Literatura Brasileira, Fernando Pessoa.

Discurso Téorico Greco-Latino
Poesia lírica, satírica e didática
Elegia Romana
A imagem das palavras e a palavra das imagens
Imagens da Antigüidade Clássica
A Elegia Clássica

Bacharel em Letras Clássicas (Grego e Latim) pela Universidade de São Paulo em 1991, Mestre e Doutor em Letras Clássicas e Livre-Docente em Literatura Latina pela mesma Universidade em 1996, 2003, 2013 respectivamente, Paulo Martins foi professor de língua e Literatura Latina em diversas universidades particulares de São Paulo e na Universidade Estadual Paulista (UNESP/ Assis), além de ter sido professor de Literatura e Língua Portuguesa no Ensino Médio em colégios de São Paulo. Atualmente é Professor Associado da Universidade de São Paulo junto ao Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas na graduação e pós-graduação. Foi Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos - SBEC (2010-2011), foi Presidente do Conselho Editorial da revista Classica (2010-2011) e seu editor (2011-2012) . Foi coordenador do programa de pós-graduação em Letras Clássicas/USP entre julho de 2009 e julho de 2011. Foi Visiting Professor and Researcher no King's College London (KCL) da University of London, desenvolvendo pesquisa sobre Visualidades Poéticas em Virgílio (2012). É pesquisador (Membro Associado) junto ao Programa de Altos Estudos em Representações da Antiguidade (PROAERA) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É Pesquisador do Grupo de Pesquisa "Retórica e Doutrinas Artísticas". Coordena o núcleo de pesquisa e de estudos "Imagens da Antiguidade Clássica - IAC/USP", credenciado junto a SBEC e CNPq. É Membro do Conselho Consultivo-Deliberativo e Sócio Fundador da Sociedade Brasileira de Retórica. Tem experiência nas áreas das Letras Clássicas, com ênfase nos seguintes temas: Elegia Clássica (greco-Iatina) e Retórica e Poética da Imagem Verbal e Não-verbal na Antiguidade Clássica. É membro do Institute of Classical Studies of London (ICS) da School of Advenced Studies da University of London. Possui quatro livros publicados recentemente: Imagem e Poder pela Edusp; Algumas Visões da Antiguidade pela 7Letras/Faperj; Literatura Latina (IESDE) e Elegia Romana - Construção e Efeito (Humanitas). Organizou o volume: Vertentes da Écfrase e Outras Visualidades (em preparação).

Padrões de Negociação Intersubjetiva em Gêneros Orais e Escritos no Português Brasileiro: uma análise crítico-discursiva e sistêmico-funcional

Doutor em Letras (2011), pelo programa de Filologia e Língua Portuguesa, do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP). Possui graduação em Letras pela mesma universidade (2005). Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Teorias do Texto e do Discurso, atuando principalmente em Análise Crítica do Discurso, Linguística Sistêmico-Funcional e Análise da Conversação. Atualmente, participa como pesquisador do projeto "Para a História do Português Paulista" e é professor doutor em Filologia e Língua Portuguesa, com dedicação exclusiva, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP.

Práticas estéticas e apropriação de línguas estrangeiras
Inserção do sujeito-aprendiz de língua estrangeira em contexto acadêmico-científico
O texto teatral, o jogo dramático e a voz do aprendiz de língua estrangeira
Anteprojeto de Ampliação do Centro Interdepartamental de Línguas da FFLCH-USP no processo de internacionalização da USP
Programa de validação de Maîtrise d'Enseignement du Français Langue Etrangère oferecido para estudantes de universidades francesas conveniadas com a Unicamp através de Acordo de Cooperação Internacional

É Licenciado em Letras (Francês/Português), Mestre e Doutor em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), onde atua, desde julho de 2006, como docente de Língua Francesa na Habilitação Francês e no Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês. Membro do grupo de pesquisa Língua e Literatura: interdisciplinaridade e docência, sediado na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), sua experiência profissional abrange o ensino de Francês, Língua Estrangeira e suas relações com a Linguagem Teatral, de Francês com Objetivos Específicos e de Francês com Objetivos Acadêmicos. De 2000 a 2006, atuou como docente responsável por disciplinas de Francês Geral e de Francês com Objetivos Específicos e Acadêmicos no Centro de Ensino de Línguas da Universidade Estadual de Campinas (CEL-Unicamp) e de 2002 a 2003 no Bacharelado em Secretariado Executivo Trilíngue da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Autor do livro Teatro e Língua Estrangeira, entre teoria(s) e prática(s) tem oferecido oficinas e cursos de formação continuada a respeito das práticas teatrais na aquisição/aprendizagem de línguas estrangeiras, tanto para instituições públicas como privadas. Orienta pesquisas sobre Linguage(m/ns) e Educação, com ênfase em Didática de Línguas Estrangeiras, desenvolvendo os seguintes temas: Arte-Educação, Teatro-Educação, Interfaces entre Língua e Literatura, Ensino-Aprendizagem de Línguas com Objetivos Acadêmicos e Profissionais. Na extensão, dirige desde agosto de 2011 o Centro Interdepartamental de Línguas da FFLCH-USP.

Professor da Área de Alemão - Língua, Literatura e Tradução da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Doutor em Psicanálise e Psicopatologia pela École Doctorale Recherches en Psychanalyse da Université Paris VII (Paris-França) (2005-2008), bem como Doutor em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003-2007). Realizou Pós-Doutorado junto à Pós-Graduação em Estudos da Tradução - UFSC (2010-2011) investigando as traduções da obra de Sigmund Freud. Coordena com Gilson Iannini a coleção "Obras Incompletas de Sigmund Freud" (Ed. Autêntica), edição da qual é também o coordenador de tradução e revisor técnico. Autor dos livros "Versões de Freud" (7Letras, 2011), "Fausto e a Psicanálise" (Annablume, 2012), "Freud & Schnitzler" (Annablume, 2007) e coorganizador de "Tradução e Psicanálise" (7Letras, 2013). Tem considerável experiência como psicanalista e professor de Psicologia.

Etimologia da Língua Portuguesa
Produção e circulação de manuscritos no período colonial brasileiro: contribuições para a História da Língua Portuguesa
Fontes para a História da Língua Portuguesa: edição de manuscritos dos períodos médio e clássico
Grupo de Estudos e Pesquisas em História do Português
A escrita em documentos originais em Língua Portuguesa
História do Português Paulista

Possui graduação, licenciatura e mestrado em Letras pela Universidade de São Paulo (2000-2004 / 2002-2005 / 2004-2006). Doutorado realizado pela USP com co-tutela pela Universidade de Évora - Portugal (2007-2011). Atualmente é Professor Doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em História da Língua Portuguesa. Atua principalmente nas seguintes áreas: Filologia Portuguesa, Paleografia e Linguística Histórica.

Valor e Vórtice - sobre Macunaíma

Possui graduação em Letras, alemão-português (1994), mestrado (2001) e doutorado (2006) em Literatura Brasileira no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade de São Paulo. É pós-doutora em Teoria Literária pela mesma universidade. Tem experiência na área de Letras, com ênfase na interpretação da Literatura Brasileira (modernista e contemporânea) de uma perspectiva teórico-crítica. Outros campos de interesse: Literatura Alemã, Teoria Literária, Teoria Estética. Atualmente é professora-doutora na Universidade de São Paulo. 

Aquisição de Regras Fonológicas Segmentais em Português Brasileiro: Processos Vocálicos
Aquisição de processos fonológicos opcionais no estado de São Paulo
O parsing prosódico na interface fonologia-sintaxe: ambiguidade sintática, ambiguidade prosódica e mapeamento não transparente
Hizkuntzalaritza Teorikorako Taldea (HITT- Grupo de Pesquisas Basco em Linguística Teórica
A decrição de processos fonológicos no estado de São Paulo
A estrutura prosódica das palavras iniciais das crianças
Sintaxe gerativa do português brasileiro na entrada do século XXI: minimalismo e interfaces
A aquisição das regras de otimização rítmica em português brasileiro e sua relação com a aquisição de outros componentes da gramática
A aquisição de estratégias rítmicas em português brasileiro
Interfaces entre componentes e aquisição da prosódia - coord. Ester Mirian Scarpa
Projeto para ingresso na USP - O ritmo em português brasileiro
A organização prosódica da fala inicial - coord. Ester M. Scarpa

Possui graduação em Letras e Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (1993), mestrado (1995) e doutorado (2001) em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas e Livre-Docência pela Universidade de São Paulo (2007). Fez parte de seu doutorado na University of Southern California - USA (1998-1999) e pós-doutorados na Radboud Universiteit Nijmengen - Holanda (2004-05,2007) e na Universidad del País Vasco - Espanha (2009-10). Atualmente é participante de grupos de pesquisa da Universidade de São Paulo e da Universidad del País Vasco (Espanha), de projeto temático na Universidade de são Paulo, e coordenadora um grupo de pesquisa em Aquisição do Ritmo, além de ser professora associada (MS5) do Departamento de Lingüística da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Psicolingüística, atuando principalmente nos seguintes temas: fonologia, aquisição da linguagem, aquisição, ritmo e aquisição fonológica.

Estudos de Língua e Literatura Acádica

Possui graduação em Lingüística Aplicada - Universitat Mainz (Johannes-Gutenberg) (1995), graduação em Teologia pelo Instituto de Teologia do Recife (1983), mestrado em Ciencias Bíblicas - Pontificio Istituto Biblico di Roma (1990) e doutorado em Teologia Bíblica Antigo Testamento - Philosphisch Theologische Hochschule Sankt Georgen (1999). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Lingua Hebraica e Aramaica, Linguística semítica, atuando principalmente nos seguintes temas: hebraico, aramaico, língua hebraica no contexto das línguas semíticas, Bíblia Hebraica, aramaico e sua dialetologia, e língua acádica.

Literatura, Cultura e Sociedade
A África no Brasil e o Brasil na África: novos horizontes
Literatura e experiência histórica nos países de língua portuguesa
Estudos comparados: Graciliano Ramos - pontes literárias, socioculturais e com outras artes
Imbricações entre os campos da literatura e da história: Brasil e países do continente africano
Literatura, história e vida social: literaturas africanas de língua portuguesa
Literatura, Cultura e Sociedade nos países de língua portuguesa
Literatura e História nos países africanos de língua portuguesa

Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1990), graduação em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1987), mestrado em Letras (Est.Comp. de Liter. de Língua Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (1994) e doutorado em Letras (Est.Comp. de Liter. de Língua Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é professora doutora RDIDP da Universidade de São Paulo. Membro do Núcleo de Apoio à Pesquisa Brasil-África (FFLCH/USP). Tem experiência na área de Letras, com ênfase nas Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: história, literatura, cultura, sociedade e utopia. 

Discurso teórico greco-latino
A dinâmica da intertextualidade na obra poética do humanista português Antônio de Gouveia e em suas fontes clássicas

Possui graduação em Cinema (Comunicação Social) pela ECA/USP (Universidade de São Paulo) (1989), graduações incompletas em Filosofia e Letras (Unicamp), mestrado (2002) e doutorado (2007) em Letras Clássicas pela Universidade de São Paulo, com estágio de doutorado na Universidade de Coimbra. Atualmente é Professor Doutor da área de Língua e Literatura Latina da Universidade de São Paulo e membro de diversas associações científicas e culturais. É líder do grupo de pesquisa "República das Letras - Estudos da Literatura Renascentista em Latim". Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Letras Clássicas, atuando principalmente nos seguintes temas: Literatura Latina, Literatura Neolatina, Renascimento, Língua Latina (tradução), Literatura Infantojuvenil e Poesia Infantil. Foi agraciado, como escritor e poeta, com vários prêmios literários, incluindo, por duas vezes, o Prêmio Jabuti. 

Poesia brasileira do século XX
Literatura Brasileira na passagem dos séculos XIX-XX
Literatura e Historiografia
Literatura, História e Nação na passagem dos séculos XIX-XX: Joaquim Nabuco, Euclides da Cunha e Oliveira Lima
Literatura de viagem de Oliveira Lima (1899-1920)

Professor de Literatura Brasileira na Universidade de São Paulo. Bacharel em Letras, Mestre e Doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo. Autor do livro A Espanha de João Cabral e Murilo Mendes, 1º lugar na categoria Teoria/crítica literária do 54º Prêmio Jabuti . Atua principalmente nos seguintes temas: literatura brasileira do século XIX e da virada XIX-XX; escrita da história; ensaio. 

Nação e narrativa pós-colonail
O romance contemporâneo no contexto africano de língua portuguesa
Literatura e colonização nos países africanos de língua portuguesa
A literatura colonial: reinventando terras e gentes

Professora Associada de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da USP. Possui graduação em Letras pela Universidade Federal Fluminense (1978), mestrado em Letras pela Universidade Federal Fluminense (1984) e doutorado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo (1993), com dois estágios de Pós-doutorado na Universidade Eduardo Mondlane, de Moçambique. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Outras Literaturas Vernáculas, Atua principalmente nos seguintes temas: Literatura Angolana,Literatura Moçambicana, África, Angola, Literatura e Antropologia.

A linguagem do olhar: literatura e outras expressões artísticas
Teorias e práticas da tradução literária entre Itália e Brasil
Questões literárias: os desafios da escrita italiana dos séculos XX e XXI
Questões literárias: os desafios da escrita italiana dos séculos XX e XXI
A linguagem do olhar: literatura e outras expressões artísticas
Teorias e práticas da tradução literária entre Itália e Brasil
Estudos de Literatura Italiana - Estudo crítico das manifestações literárias contemporâneas nos diversos gêneros e em seus movimentos estéticos representativos, no contexto das relações entre Itália e Brasil na área da literatura

Roberta Barni é graduada em Direção Teatral pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (1981), obteve a especialização em Tradução-Italiano (Pós-Graduação Lato Sensu) pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP (1995) pela qual também obteve o mestrado em Letras (Língua e Literatura Italiana) (1999), com bolsa FAPESP, e o doutorado em Lingüística (Semiótica e Lingüística Geral Tradutologia) (2005). Foi bolsista de pós-doutorado no exterior da CAPES, realizando seu trabalho de pesquisa em teoria literária e italianistica na Universidade de Bologna (2007-2008). Atualmente é professora doutora de Literatura Italiana junto ao Departamento de Letras Modernas (DLM) da FFLCH da USP. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Italiana, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura italiana moderna e contemporânea, commedia dell arte, teatro italiano, literatura e cinema, tradução literária, novas textualidades (hipertexto) aplicadas à tradução, diálogos Brasil/Itália. 

Roberta Ferroni, nascida em Arezzo - Italia - é graduada em Letras pela Universidade de Florença, com especialização em Literatura Italiana Moderna e Contemporânea. Concluiu em 2003 o Mestrado em Didática do Italiano como Língua Estrangeira na Università per Stranieri di Perugia-Italía e em 2008 o Mestrado em Língua e Literatura Italiana pela Universidade de São Paulo. Trabalhou como professora de italiano como língua estrangeira na Italía e em outros paises.Pesquisadora atuando no projeto -Estudos linguísticos e aquisição/aprendizagem do Italiano como língua estrangeira- (UFSC). Doutorado em Língua, Literatura e Cultura Italiana pela Universidade de São Paulo concluido em 2013. Atua na área de Lingüística Aplicada, especificamente investiga os fenômenos de contato entre línguas tipologicamente próximas e a interação na aula de língua estrangeira com base na abordagem sociointeracionista.

Oralidade e escrita no Brasil
A recepção de Paul Valéry no Brasil
Poesia moderna e contemporânea

Roberto Zular nasceu em São Paulo em 1971. Em 1993, gradua-se em direito e recebe o prêmio Projeto Nascente da Universidade de São Paulo, categoria poesia, com o livro Superfície, Transparência, Espelho. Em 2001, obtém o título de Doutor em Língua e Literatura Francesa pela mesma Universidade com a tese No limite do país fértil Os escritos de Paul Valéry entre 1894 e 1896. Desde 2002 é Prof. Dr. do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (USP). É autor dos livros Criação em processo Ensaios de Crítica Genética, Dois ao cubo alguma poesia francesa contemporânea e Escrever sobre escrever uma introdução crítica à crítica genética. Atualmente, como desdobramento do estudo da recepção de Paulo Valéry no Brasil, sua linha de pesquisa principal está ligada à questão da oralidade, a relação entre corpo e escrita e um outro modo de pensar a noção de historicidade e ritmo.

O palimpsesto epigramático de Marcial: intertextualidade e geração de sentidos na obra do poeta de Bílbilis
Metapoesia nos epigramas de Marcial: tradução e análise
Tradução e anotação da 'Vita Neronis', de Suetônio

É Professor Doutor MS-3 na graduação em Língua e Literatura Latina da Universidade de São Paulo (USP). Possui graduação em Letras - Bacharelado e Licenciatura - pela Universidade Estadual de Campinas (2000), mestrado em Linguística/Letras Clássicas pela Universidade Estadual de Campinas (2004) e doutorado em Linguística/Letras Clássicas pela Universidade Estadual de Campinas (2008). Participou do grupo responsável pela tradução do método Reading Latin ao português. Integra os grupos de pesquisa "Verve: Verbum Vertere: Estudos de Poética, Tradução e História da Tradução de Textos Latinos e Gregos" e "Grupo de Trabalho Odorico Mendes", ambos registrados no CNPq. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literaturas Clássicas, atuando principalmente nos seguintes temas: epigrama, Marcial, poesia latina da época de Augusto e de Nero, intertextualidade, biografia latina, Suetônio.

SP2010 - Construção de uma Amostra da Fala Paulistana
Projeto de Estudos sobre a Intolerância Lingüística do Laboratório de Estudos da Intolerância

É bacharel e licenciado em Francês e Português pela Universidade de São Paulo (1996). Obteve seu título de Mestre (1999) e Doutor (2005) pela Universidade Estadual de Campinas. Fez doutorado-sanduíche na New York University (EUA) e na York University (Canadá). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo e chefe do Departamento de Linguística da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. É especialista na área de Sociolinguística e desenvolve pesquisas sobretudo nos seguintes temas: variação, mudança, correlações entre categorias sociais e usos linguísticos. Seu principal projeto de pesquisa em andamento, financiado pela FAPESP (Processo No. 2011/09278-6) focaliza a fala paulistana.

Estudos de Linguística Aplicada do Português
Ensino-aprendizagem de português para falantes de outras línguas
Aquisição do português como L2 pelos povos timbira
Aquisição/aprendizagem do português por falantes de outras línguas

Possui bacharelado em Letras, habilitação Árabe- Português, pela Universidade de São Paulo (1993), licenciatura em Português pela Universidade de São Paulo (1996), mestrado e doutorado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (2000 e 2004, respectivamente) em pesquisa sobre o Pykobjê-Timbira, língua indígena da família Jê. Atualmente é professora doutora da Universidade de São Paulo e coordena o Grupo de Estudos de Português para Falantes de Outras Línguas (GE-PFOL). Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Fonologia, atuando principalmente nos seguintes temas: línguas indígenas, português como segunda língua e morfofonologia.

Literatura e ensino: a Lei 11.645/08 em perspectiva
A África no Brasil e o Brasil na África: novos horizontes
Literatura e história no domínio da narrativa: constituição das identidades nos países de língua oficial portuguesa

Possui graduação em Letras - Inglês e Português pela Universidade de São Paulo (1984) e Doutorado em Letras (Estudos Comprados de Literaturas de Língua Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (2005). Atualmente é professora doutora junto ao Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da USP. Atua na área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, na seguintes linhas de pesquisa: literatura e história; literatura e sociedade, ensino de literatura (a lei 11.645/08 em perspectiva) e literatura comparada nos países de língua oficial portuguesa. 

Revelando os Processos Naturais Através do Laboratório: A busca por Princípios Materiais nos três Reinos até a Especialização das Ciências no Setecentos
Fixação do texto do manuscrito árabe do séc. IX (O livro do tesouro de Alexandre)
Descrição e análise de sistemas linguísticos: o árabe e o português
As complexas transformações da ciência da matéria: entre o compósito do saber antigo e a especialização moderna

- É PROFESSORA ASSOCIADA da Universidade de São Paulo no Departamento de Letras Orientais. - LIVRE-DOCENTE pela Universidade de São Paulo (2010/ Pós-Doutorado em História de Ciência no Centro Simão Mathias (Cesima) na PUC de São Paulo, onde é pesquisadora. - DOUTORA em Linguística pela Universidade de São Paulo (2001)/ MESTRE em Linguística pela Universidade de São Paulo (1996). - BACHAREL em Letras pela Universidade de São Paulo (1990)/ Tem experiência nas Áreas de Letras e Linguística. - Tem projetos de pesquisa nas seguintes campos: LÍNGUA E LINGUÍSTICA ÁRABE, Literatura árabe, Fonética e Fonologia, Filologia árabe, TRADUÇÃO e VERSÃO e História da Ciência. - É membro do Conselho Editorial da Revista TIRAZ (1807-0604) e do periódico CIRCUMSCRIBERE (The international Jouranl of the History of Science, ISSN: 1980-7651). - É COORDENADORA do Programa de Pós-Graduação em Estudos Judaicos e Árabes (2013-) - É MEMBRO PESQUISADOR do grupo de Pesquisa Etimologia da Língua Portuguesa. - É LÍDER do Grupo de pesquisa TARJAMA - ESCOLA DE TRADUTORES DE LITERATURA ÁRABE MODERNA

É doutor em Letras, com uma tese sobre os Três Contos de Gustave Flaubert, defendida em 2003 no Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da Universidade de São Paulo, onde leciona desde 2005. Fundou a coleção Prosa do Mundo, que dirigiu entre 2001 e 2006. Em janeiro e fevereiro de 2007, foi pesquisador visitante junto ao Departamento de Literatura Comparada da Universidade da Califórnia em Berkeley. Além da atividade docente, é tradutor de diversas obras de ficção e crítica e membro do conselho editorial das revistas "Serrote", "Zum" e "Cadernos de tradução". Temas principais: Gustave Flaubert (1821-1880), literatura francesa, literatura alemã, teoria literária, literatura comparada, tradução literária, edição. 

Ideias sobre o romance no Brasil do século XIX
A Circulação Transatlântica dos Impressos e a Globalização da Cultura no Século XIX
Caminhos do romance inglês no Brasil do século XIX

Possui graduação em Português-Inglês pela Universidade de São Paulo (1975), mestrado e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo. Pós-doutorado na Universidade de Cambridge (Bolsa FAPESP) e na Universidade de Manchester (Bolsa CAPES). Foi pesquisadora visitante no Centre for Brazilian Studies da Universidade de Oxford (Reino Unido). Atualmente é professora titular de Literaturas de Língua Inglesa da Universidade de São Paulo. Autora de Puras Misturas (HUCITEC/FAPESP, 1997), Dez Lições sobre o Romance Inglês do Século XVIII (Boitempo, 2002) e A Formação do Romance Inglês: ensaios teóricos (HUCITEC/FAPESP, 2007), que recebeu o Prêmio Jabuti 2008 na categoria Teoria/Crítica Literária. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: romance inglês, relações Inglaterra-Brasil no século XIX, romance brasileiro, Guimarães Rosa. Participou do Projeto Temático FAPESP "Caminhos do romance no Brasil: séculos XVIII e XIX" (2004-2007). É curadora do Arquivo João Guimarães Rosa, do Instituto de Estudos Brasileiros (USP), e pesquisadora do CNPq (Bolsa de Produtividade em Pesquisa - nível 1A). Atualmente, coordena o Laboratório de Estudos do Romance e participa do Projeto Temático FAPESP "A circulação transatlântica dos impressos: a globalização da cultura no século XIX". 

Osman Lins dialoga com Gide
Literatura Comparada (história, teoria e crítica)
O intertexto canônico em Avalovara

Possui graduação em Letras Português - Francês pela Universidade de São Paulo (1968), mestrado em Letras - Ecole Pratique Des Hautes Etudes de Paris (1974) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1984). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura brasileira, critica literaria, literatura comparada, literatura francesa e critica comparatista. 

Negação sintática, prosódia e pragmática em diálogos do alemão

Professora livre-docente em Língua Alemã pela Universidade de São Paulo (2012), graduou-se como Bacharel (Inglês-Port-Alemão) e Licenciada (Inglês-Alemão) em Letras pela Universidade de São Paulo, onde posteriormente concluiu o mestrado (1991) e o doutorado (1997) em Letras (Língua e Literatura Alemã). Atua como docente junto à Área de Alemão do Departamento de Letras Modernas da FFLCH/USP desde 1987, lecionando alemão como língua estrangeira e linguística alemã. Realiza e orienta pesquisas com ênfase em Lingüística Contrastiva, atuando principalmente nos seguintes temas: negação, pragmática, interculturalidade e ensino de alemão como língua estrangeira, bem como abordagens interdisciplinares da linguagem das histórias em quadrinhos.

A teoria dialógica da linguagem em textos do Círculo de Bakhtin no final dos anos 1920: introdução, tradução e notas
Divulgação científica: linguagem, esferas e gêneros
Análise de textos e discursos. Gêneros, interação, sociocognição e ensino de língua portuguesa
Ensino-aprendizagem da escrita na formação de profissionais de nível universitário
O funcionamento de formas do português em gêneros de transmissão de saberes

Possui graduação em Letras Português/Inglês pela Universidade de São Paulo (1989), mestrado em Lingüística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (1995) e doutorado em Lingüística pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente é professora livre-docente (2013) da Universidade de São Paulo. É membro-pesquisador dos grupos GP/CNPq/USP "Grupo de Estudos do Discurso da USP" e GP/CNPq/PUC-SP" Linguagem, Identidade e Memória" e do GT de "Estudos Bakhtinianos" da ANPOLL.Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Teoria e Análise Lingüística, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria bakhtiniana, divulgação científica, enunciados verbo-visuais, livro didático, discurso, tradução de textos do Círculo de Bakhtin.

A prática de tradução literária japonês-português : de Momotarô (Ryunosuke Akutagawa) a Semento taru no naka no tegami (Yoshiki Hayama)
Abordagens em estudos de Artes, História, Linguistica e Literatura Japonesa: tradição autóctone e tradição ocidental-europeia
Presença dos estrangeiros na literatura brasileira
Tradução da obra da literatura japonesa clássica Makurano sôshi (O livro de cabeceira, XI)
Estudo dos gramáticos japoneses Yamada, Hashimoto, Tokieda e Watanabe
Tópicos de gramática da língua japonesa

Graduada em Letras Japonês e Português pela FFLCH-USP (1992). Mestre em Língua Japonesa pelo Programa de Pós-Graduação em Língua, Literatura e Cultura Japonesa (USP, 2004) e Doutora em Literatura Brasileira pelo Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (2013). Atualmente é docente do Departamento de Letras Orientais (Letras Japonês), pesquisadora do Centro de Estudos Japoneses da USP e coordenadora dos cursos de Cultura e Extensão: "Artes Tradicionais do Japão: Ikebana (arranjo floral) e Cerimônia do Chá"; e do Programa de Bolsas de Iniciação Científica da Província de Toyama (Japão). Coautora do Curso Básico de Língua Japonesa, 6 volumes, da Aliança Cultural Brasil Japão. Autora de artigos relacionados à Língua e Literatura Japonesas e Literatura Brasileira. Tradutora de obras literárias (do japonês para o português), atualmente possui 16 obras traduzidas, de literatura japonesa clássica a contemporânea, sendo 4 em cotradução. Desenvolve projetos nas áreas de Literatura Japonesa, Literatura Brasileira e Tradução. Áreas de atuação: literatura japonesa, literatura brasileira, língua japonesa e tradução.

Relações entre filosofia, retórica e poética em textos latinos
Invectiva em filosofia e invectiva na oratória pública. Cícero filósofo e orador
Oradores e filósofos no De finibus de Cícero
A exposição da ética de Epicuro no De finibus de Cícero
Projeto Odorico Mendes

Graduou-se como Bacharel em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas (2003); Realizou Mestrado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas, Área de Letras Clássicas (2004) e Doutorado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas, Área de Letras Clássicas (2009), com período de Estágio de Doutorando na Universidade Paris IV, Sorbonne (2007-2008). Atualmente, é Professor Doutor na Área de Língua e Literatura Latina da Universidade de São Paulo, onde é responsável pela linha de pesquisa "Relações entre retórica e filosofia no mundo romano". É também colaborador em projeto de pesquisa da Universidade Estadual de Campinas, onde faz parte do projeto "Odorico Mendes". Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Letras Clássicas, atuando principalmente nos seguintes temas: Literatura Clássica, Literatura Latina, Filosofia Helenística, Filosofia Romana, Retórica Antiga, obras de Cícero.

Dicionário terminológico de estudos textuais
Demanda do Santo Graal: edição do ms. 2594 da Biblioteca Nacional de Viena
Projeto de História do Português Paulista (PHPP - Projeto Caipira)
Fontes para a História da Língua Portuguesa: edição de manuscritos dos períodos médio e clássico
Filologia de textos manuscritos e impressos: métodos e técnicas de edição
Manuscritos portugueses da Regra de São Bento
Constituição de corpora
Filologia Bandeirante 2
A escrita em documentos originais em Língua Portuguesa

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1992), mestrado em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (1996), doutorado em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (2001) e pós-doutorado pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2004). Atualmente é professor doutor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo e professor colaborador do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa (equipa de Filologia). Participa atualmente, como coordenador ou pesquisador, dos seguintes projetos: Demanda do Santo Graal: edição do ms. 2594 da Biblioteca Nacional de Viena (vinculado ao Projeto WOChWEL - UL); Projeto Para a História do Português Paulista (USP); Filologia de textos manuscritos e impressos: métodos e técnicas de edição (USP); Fontes para a História da Língua Portuguesa: edição de manuscritos dos períodos médio e clássico (USP); e Manuscritos Portugueses da Regra de São Bento (UL). Coordena o Grupo de Estudos Filológicos: Crítica Textual e Ciências Afins (USP) e participa do Grupo de Pesquisa Etimologia da Língua Portuguesa (USP). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Filologia Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: Crítica Textual, História da Língua Portuguesa, Paleografia e Codicologia.

História do conto cabo-verdiano
Elaboração e coordenação científica da História da Literatura de Cabo Verde
Cabo Verde: tradições orais e literatura em Língua Portuguesa
Literatura em Língua Portuguesa e tradições orais em Cabo Verde
Literatura e cultura em Cabo Verde: da formação à contemporaneidade; literatura e música popular, literatura e pintura
Contravento Pedra-a-Pedra: I Seminário Internacional de Estudos Cabo-verdianos

Site pessoal www.simonecaputogomes.com . Professora de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da Universidade de São Paulo (USP), recebeu em 4 de julho de 2007 a Medalha Ordem do Vulcão, condecoração outorgada pelo Presidente da República de Cabo Verde, por decreto número 8/2007. Designada como Membro Honorário da Academia Cabo-verdiana de Letras, pelo Plenário da ACL, 09/11/2013. Coordenadora dos convênios internacionais da FFLCH-USP (Universidade de São Paulo) com a UNICV, a UNIPIAGET e a UNISantiago, da República de Cabo Verde. Conselheira (Assessora), junto à Associação de Escritores Cabo-verdianos (AEC), para a criação da Academia Cabo-verdiana de Letras (fundada em 2013), bem como para desenvolvimento de projetos comuns relativos aos escritores cabo-verdianos no âmbito da AEC e da Academia. Foi-lhe concedida ainda a Comenda Oxum Muiwá, outorgada pela Universidade Estadual da Bahia (UNEB), 2010. Assessora FAPESP, CAPES e Pro-Ciência UERJ; internacionalmente, assessora das Universidades de Harvard, Michigan, Minnesota e King's College. Coordenadora-Geral do evento Contravento, pedra-a-pedra: I Seminário Internacional de Estudos Cabo-verdianos, 2008. Doutora em Letras (Literaturas de Língua Portuguesa) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1988), com Mestrado em Letras pela mesma universidade (1979) e Graduação em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1975). Pós-Doutorados (4) realizados, respectivamente, na Universidade de Aveiro, na Universidade de Lisboa (2) e na Universidade de Coimbra, nas áreas de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa (em especial, Literatura Cabo-verdiana e História da Literatura) e Poesia Portuguesa Contemporânea. Linhas de pesquisa na área Outras Literaturas Vernáculas: Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa; Estudos Africanos; Cultura e Literatura Cabo-verdianas; Escritura de Autoria Feminina; Patrimônio Imaterial de Cabo Verde e Tradições Orais Crioulas: Literatura e outras Artes; História da Literatura Cabo-verdiana; Relações sociais de gênero (feminismos , estudos gays, masculinidades). Atua nas áreas de Letras e Educação (Especialista em Educação), com ênfase, nesta, em Consultorias de Língua Portuguesa e Literatura/Redação realizadas para o Ministério da Educação e Cultura-INEP, tendo como objeto os Exames de Avaliação em Larga Escala. Coordenadora Geral da Construção de Temas e Correção da Redação - Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM - pela Fundação Cesgranrio - INEP/ MEC, nos anos de 2001, 2002 e 2003.

Realismo e introspecção no moderno romance brasileiro
Mário de Andrade e os impasses da vanguarda brasileira

É graduada em Letras (português e francês) pela Universidade de São Paulo. Possui mestrado e doutorado em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo. Atua como professora e crítica literária. Atualmente é professora de Literatura Brasileira da Universidade de São Paulo. É autora de "Favor e Melancolia: estudo sobre 'A menina morta', de Cornélio Penna"

Tópicos e Comentários da Bíblia Hebraica
Estudos Hermenêuticos da Bíblia Hebraica

Suzana Chwarts iniciou seus estudos de Bíblia Hebraica no Colégio Israelita Moysés Chwarts, em Recife, sua cidade natal. Estudou Arqueologia Bíblica na Universidade Hebraica de Jerusalém; Letras Clássicas e Jornalismo na Universidade de Tel Aviv. Em 2003, obteve seu doutoramento em Língua, Literatura e Cultura Judaicas pela USP , universidade na qual leciona e pesquisa, desde 2004, Estudos da Bíblia Hebraica, tornando-se professora associada livre- docente em 2012 ; ocupa também o cargo de coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Estudos Judaicos e Árabes (FFLCH,USP).

Possui graduação em Farmácia pela Universidade de São Paulo (1985), mestrado em Educação pela Universidade de São Paulo (1994) e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é professor da Universidade de São Paulo no Departamento de Línguas Orientais, área de chinês. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Sinologia, atuando principalmente nos seguintes temas: relação língua/pensamento chinês, literatura chinesa, educação a partir de uma perspectiva pessoal e biográfica.

Angola no novo milênio: os desafios da paz
A construção dos inimigos: uma semântica dfo colonialismo português e sua apropriação pela literatura
Os anos de pólvora: ficção, história e memórias em narrativas de Angola e Moçambique
Sob o signo da crueldade: literatura, cidades e violência
Malandragens transoceânicas: aventuras do anti-herói nas literaturas de Angola e do Brasil

Tania Celestino de Macedo concluiu o doutorado em Letras pela Universidade de São Paulo em 1990. Aposentou-se pela UNESP-Campus de Assis. Atualmente é PROFESSORA TITULAR pela Universidade de São Paulo onde leciona Literaturas Africanas de Língua Portuguesa. É Vice-Diretora do Centro de Estudos Africanos da USP e Secretária-Geral do Instituto Casa das Áfricas. Publicou 13 artigos em periódicos especializados e 24 trabalhos em Anais de eventos. Possui 15 capítulos de livros e 7 livros publicados. Possui 57 itens de produção técnica. Participou de 14 eventos no exterior e 52 no Brasil. Orientou 23 dissertações de mestrado e co-orientou 1, orientou 8 teses de doutorado, 01 Estágio de Pos-Doutoramento, além de ter orientado 10 trabalhos de Iniciação científica na área de Letras. Atualmente coordena 02 projetos de pesquisa. Atua na área de Letras, com ênfase em Estudos Comparados de Literaturas de Línguas Portuguesa. Em suas atividades profissionais interagiu com 44 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Em seu currículo Lattes os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Literatura angolana, Literatura brasileira, Literatura comparada, Estudos comparados de literaturas língua portuguesa, Literaturas de língua portuguesa, Literaturas africanas de língua portuguesa, João Antônio, Luandino Vieira, Literatura portuguesa e Pepetela. Pesquisas atuais: "Angola no novo milênio: os desafios da paz".

Mestre e doutor em letras (língua e literatura alemã) pela Universidade de São Paulo(2006). Atualmente é professor de literatura alemã na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas dessa universidade.

Investigação de normas scripto-lingüísticas localizadas em centros de produção de documentação notarial produzido entre 880 e 1080 no Reino de Leão

Possui graduação em Letras e Linguística Espanhol e Letras Alemão (B.A.) pela Universdade de Cambridge (2001), mestrado em Linguística Geral e Filologia Comparativa (M.Phil.) (2003) e Doutorado em Linguística (D.Phil) pela Universidade de Oxford (2008). Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Linguística Histórica, atuando principalmente nos seguintes temas: línguas neolatinas, consciência linguística, sociofilologia, sociolinguística, escrita e psicologia da leitura. Fez pós-doutorado na área de linguística histórica no Departamento de Línguas Neolatinas da Faculdade de Letras da UFRJ com bolsa de pós-doutorado recém-doutor da FAPERJ. Atualmente, ministro o cursos de Linguística Histórica e Elementos de Linguística 1 e 2, e oriento alunos de Iniciação Científica no Departamento de Linguística (FFLCH) da Universidade de São Paulo. 

Possui graduação em Tradução (Diplom-Übersetzen) (alemão, português, francês, inglês, espanhol) com ênfase em tradução jurídica pela Universidade do Sarre, Alemanha (Universität des Saarlandes) (1998) e doutorado em Linguística Aplicada e Tradução pela mesma universidade (2005). Desde 2008 é Professora Doutora de Tradução e Tradutologia no Departamento de Letras Modernas na Universidade de São Paulo. Foi diretora do CITRAT de 2009 a 2013. É Vice-presidente da Associação "Transcultura - Institut International pour une Connaissance Réciproque des Civilisations", Paris, Leitora Regional do DAAD (Ortslektorin), representante da "Gesellschaft für deutsche Sprache" em São Paulo e membro do Conselho Cultural do Instituto Martius Staden, São Paulo.

Tradução e cultura
Teorias do texto e práticas pedagógicas
Discursos midiáticos: estudos comparados em língua materna e língua estrangeira

Professora doutora do Departamento de Letras Modernas, Curso de Língua e literatura francesa, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (FFLCH). Fez seu mestrado em literatura francesa na Université de Franche-Comté, França, doutorado na USP em língüística francesa e pós-doutorado na Université de Paris X, França. Foi professora de português no Centre de Linguistique Appliquée de Besançon (CLAB).É docente de língua francesa na graduação e na pós-graduação orienta em nível de doutorado e mestrado na área da análise do discurso e o ensino e aprendizagem das línguas. 

Modernidade, tradição e anacronismo na lírica brasileira dos anos 1940 e 1950
La voz de los libros y el cambio digital. Figuras del archico linguistico-literario ibérico y brasileño de los siglos áureos a la actualidad
T. S. Eliot e Paul Valéry: interlocuções na lírica e na crítica brasileiras do pós-guerra
A recepção do New Criticism no Brasil e as tendências formalistas na lírica e na crítica de poesia do pós-guerra
Formações estéticas e formações estéticas e formações sociais: mediações e impasses (Séculos XIX e XX)
O Fazendeiro do Ar e o legado da Culpa (Leitura de Drummond)

Professor adjunto (livre-docente) de Literatura Brasileira da Universidade de São Paulo, com pesquisas voltadas para os seguintes temas relacionados à historiografia e à crítica literárias: poesia brasileira do século XIX, poesia brasileira do século XX (Carlos Drummond de Andrade, Jorge de Lima, João Cabral...), crítica de poesia (Sérgio Buarque de Holanda), recepção de idéias críticas no Brasil e relações entre lírica, história e sociedade. Possui graduação em Letras (Língua e Literatura Portuguesas) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1988), mestrado em Teoria e História Literárias pela Universidade Estadual de Campinas (1993), doutorado em Teoria e História Literárias pela Universidade Estadual de Campinas (1999) e livre-docência em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (2013). Atualmente, orienta duas (02) pesquisas de Iniciação Científica, cinco (05) de mestrado e quatro (04) de doutoramento. É membro do projeto de pesquisa LA VOZ DE LOS LIBROS Y EL CAMBIO DIGITAL. FIGURAS DEL ARCHIVO LINGÜÍSTICO-LITERARIO IBÉRICO Y BRASILEÑO DE LOS SIGLOS ÁUREOS A LA ACTUALIDAD, vinculado à Universidad de Salamanca.

Escrituras do exílio republicano espanhol
Testemunho e formas literárias na literatura espanhola e no contexto ibero-americano
Mulher e Literatura no contexto ibero-americano do século XX
A narrativa espanhola durante o franquismo, a transição e a consolidação democráticas

Possui graduação em Português e Espanhol pela Universidade de São Paulo(1973), mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo(1983), doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo(1991), pós-doutorado pela Universidad Alcalá de Henares(1997), pós-doutorado pelo Consejo Superior de Investigaciones Científicas(1995) e pós-doutorado pela Fundación Max Aub(2004). Atualmente é Professor Titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literaturas Estrangeiras Modernas. Atuando principalmente nos seguintes temas:Narrativa espanhola contemporânea, Romance de Pos-Guerra Civil Espanhola, Literatura e Mulher.

Núcleo de Apoio à Pesquisa em Etimologia e História da Língua Portuguesa
Variação e mudança no sistema lingüístico histórico galego-português: primeiros encontros para uma comparação entre o galego e o português popular brasileiro
Estudos comparativos sincrônicos e diacrônicos da língua portuguesa em relação às línguas românicas
Formação da Diversidade do Português Brasileiro
Morfologia Histórica do Português
Estudo comparado dos possessivos nas línguas galega e portuguesa

Possui doutorado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo (2003). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Filologia Românica, com ênfase nas línguas ibero-românicas, atuando principalmente nos seguintes temas:Romania Nova, Lingüística Histórica, línguas minoritárias românicas, morfologia histórica, sociolingüística. É Diretora da Cátedra de Estudos Galegos da Universidade de São Paulo e responsável pelo protocolo de intenções entre a USP e o Consello da Cultura Galega, Galicia, Espanha. 

Fontes para a História da Língua Portuguesa: edição de manuscritos dos períodos médio e clássico
Projeto de História do Português Paulista (PHPP - Projeto Caipira)
Caminhando mato dentro: documento do ouro do século XVIII
Filologia Bandeirante 2
Constituição de corpora: acolhe documentação referente ao Brasil colonial, bem como a sua transcrição e edição semidiplomática para o estudo da língua nas trilhas das bandeiras

Possui graduação em Bacharelado em Letras - Português pela Universidade de São Paulo (2002), graduação em Licenciatura Plena em Letras - Português pela Universidade de São Paulo (2002), mestrado em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (2007) e doutorado em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (2013). Atualmente é docente, em regime de dedicação exclusiva, e pesquisadora da Faculdade de Letras da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). Tem experiência na área de Língua Portuguesa, com ênfase em Filologia, atuando principalmente nos seguintes temas: século xviii, história da língua portuguesa, manuscritos e português brasileiro.

Edição de manuscritos dos séculos XIX e XX: formação de corpus do Projeto História do Português Paulista
Vésperas Brasilianas: uma agenda para os estudos sintáticos do Português Brasileiro nos primeiros séculos
Estudos das preposições do Português Brasileiro - Séculos XVI a XX
Formação de Corpora do Português Paulista
Projeto de História do Português Paulista
Formação de corpora e estudos linguísticos: contribuições para a História do Português Paulista (sécs. XVII-XX)
A representação do ESPAÇO no Português Paulista
Projeto Para a História do Português Brasileiro

Possui graduação em Letras Português pela Universidade de São Paulo (1997), mestrado em Letras (Filologia e Língua Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (2002) e doutorado em Letras (Filologia e Língua Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (2007). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: Abordagem multissistêmica da língua, História do Português Brasileiro, Estudos de Língua falada, Linguística Cognitiva, Semântica Cognitiva, Tradições Discursivas, verbos, preposições, edição de corpora do Projeto de História do Português Paulista (PHPP) e Projeto Para a História do Português Brasileiro (PHPB).

Observatório de Escrituras Contemporâneas
GELLE (Grupo de Estudos Literatura Loucura Escritura)
Arrebatados por um hipopótamo. Loucura e literatura em Machado de Assis e Gustave Flaubert

Possui graduação em Letras Modernas Francês Português pela Universidade de São Paulo (1997), mestrado em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (2000) e doutorado em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (2003). Dirige o Grupo de Estudos Literatura Loucura Escritura (GELLE). É autora de Fogos de Artifício. Flaubert e a escritura. Ateliê: 2009. Atualmente pesquisa a prosa contemporânea francesa (Pascal Quignard e Marcel Cohen). 

Autobiografias linguageiras e identidade em contexto de bi ou plurilinguismo
GRIFAR - Grupo Interdisciplinar de Pesquisa, Formação, Auto.Biografia e Representações
As culturas escritas brasileira e francesa
Didática comparada das gramáticas e articulação das aprendizagems de Português Língua Materna e Francês Língua Estrangeira
Construção do sentido e aquisição das línguas

Possui graduação (1980) e mestrado (1984) em Letras pela universidade de Tours, França, Doutorado em Letras Semiótica dos Textos e dos Documentos - Universidade de Paris VII (1990) e pós-doutorado na École Normale de Lyon (2011). Foi professora na universidade de Lublin (Polônia) e de Porto (Portugal), Professora Visitante na UFRN, na Universidade das Antilhas e da Guiana e na Universidade de Paris III - Sorbonne Nouvelle. Atualmente, ela é Professora Titular pela Universidade de São Paulo. Voltada, num primeiro momento, para a linguística do escrito (pontuação, sintaxe, ritmo) e na Didática das Línguas (aquisição da escrita), ela é autora de "Ponctuation et Énonciation", 2003, Ibis Rouge Editora/ GEREC-F e "As (man)obras da pontuação. Usos e significações", 2006, Associação Editorial Humanitas/FAPESP. Hoje, os seus temas de pesquisa remetem à subjetividade e identidade dos sujeitos plurilingues (autobiografias linguageiras) e à analise discursiva dos textos de comunicação, com enfase nos Memoriais acadêmicos (Análise de discurso francesa). É membro do Conselho editorial dos periódicos Semen/Revue de Sémio-linguistique des textes et discours, Sitientibus (UEFS), TradTerm (USP) e Redatora chefe de Synergies-Brésil. 

Ensino e aprendizagem das literaturas de língua portuguesa
Literatura e marginalidade social nos países de língua portuguesa
A exclusão nas malhas da ficção
Ações literárias pelo sertão

Possui graduação em Bacharelado e Licenciatura em Letras Português pela Universidade de São Paulo (1992), mestrado em Letras (Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (1998) e doutorado em Letras (Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (2005). Atualmente é professora doutora RDIDP da Universidade de São Paulo. Membro do Núcleo de Apoio à Pesquisa Brasil-África (FFLCH/USP). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, e desenvolve os seguintes projetos de pesquisa: literatura e marginalidade social e ensino de literaturas de língua portuguesa. É co-autora de obra didática de Língua Portuguesa para Ensino Médio.

Poéticas da modernidade
Poesia nos anos 70 no Brasil
Os poemas gatográficos de Ana Cristina César, na linha Literatura e Sociedade
A poesia de John Ashbery: estudo crítico, tradução e discussão sobre a literatura contemporânea, especialmente a norte-americana

Possui graduação em Letras Português Inglês pela Universidade de São Paulo (1984), mestrado em Educação pela Universidade de São Paulo (1991) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1997). Fez pesquisa de pós-doutorado na Casa de Rui Barbosa, no Rio de Janeiro (2007). Trabalhou durante sete anos na Universidade Estadual Paulista, em Araraquara. Atualmente é professora do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada na Universidade de São Paulo. Defendeu sua livre-docência apresentando a tese "Poesia em risco: itinerários a partir dos anos 60" (2011). Tem experiência na área de Letras, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria literária, poesia brasileira contemporânea, literaturas estrangeiras modernas. Escreveu o livro John Ashbery, um módulo para o vento (1999), assim como diversos ensaios sobre poetas brasileiros contemporâneos (Ana Cristina Cesar, Francisco Alvim, Armando Freitas Filho, Rubens Rodrigues Torres Filho e outros). Organizou o livro Antigos e soltos (2008), com textos na maior parte inéditos de Ana Cristina Cesar.

Análise automática de manifestações emocionais em PB: aplicações do programa ExProsodia
ExProsodia - Análise automática da entoação na língua portuguesa
Aquisição da escrita em sociedades com predomínio da oralidade
Descrição das línguas indígenas atualmente faladas no Brasil
Evasão e tempo de permanência no curso de Letras USP

Tem graduação em Letras Português pela Universidade de São Paulo (1985), mestrado em Lingüística, com trabalho sobre a fonologia da língua portuguesa na fronteira Brasil-Paraguai, pela Universidade de São Paulo (1989), doutorado em Lingüística, na área de educação escolar indígena guarani, pela Universidade de São Paulo (1994), e livre-docência sobre a prosódia da língua portuguesa na Universidade de São Paulo (2006). Atualmente é Professor Titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Fonologia, atuando principalmente nos seguintes temas: prosódia e fonética da língua portuguesa português. É pesquisador bolsista do CNPq. 

Percepção e semiocepção: geração e gestão do sentido. Estudo semiótico
CAPES/WBI - Estudos Semióticos das Relações entre textos, imagens e gráficos nos discursos científicos
Corpo e Afeto em Semiótica Discursiva e Psicanálise. Bases epistemológicas para estudos de interface
Reflexões sobre o conceito de imanência em semiótica. Por uma epistemologia discursiva.
A imanência da linguagem no inconsciente. Psicanálise e semiótica do Discurso. Estudos de Interface
Pulsões e Paixões. Estudo Interdisciplinar entre a Psicanálise e a Semiótica
O homem e sua subjetividade no limiar do século XXI. Estudo interdisciplinar entre a Psicanálise e a Semiótica
Semiótica discursiva e psicanálise freudo-lacaniana. Bases epistemológicas para estudos de interface

Possui graduação em Línguas Neo Latinas Português e Francês pelo Centro Universitário Fundação Santo André (1973), mestrado em Letras: Lingüística, pela Universidade de São Paulo (1983) e doutorado em Semiótica e Lingüística Geral pela Universidade de São Paulo (1992). Obteve Pós-doutoramento na EHESS -Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (Paris-França) em 1999. Foi Professor Adjunto da UFRJ no Programa de Pós-Graduação em Teoria Psicanalítica de 1993 a 2003. Deste ano até 2006 foi Professor Colaborador do mesmo Programa. Atualmente é Professor Doutor no Departamento de Lingüística da USP (Graduação e Pós-Graduação). Sua pesquisa se situa na interface entre Lingüística, Semiótica e Psicanálise. Principais publicações: (a) Inconsciente et verbum. Psicanálise, semiótica, ciência, estrutura. São Paulo: Humanitas, 2000, 394pp.; (b) Inconsciente & Sentido. Ensaios de Interface. Psicanálise, Linguística, Semiótica. São Paulo: Annablume, 2009, 194pp.

Linguagem, Educação e Sociedade

Possui graduação em Letras Inglês-Português, mestrado em Filosofia da Educação (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) e doutorado em Linguagem e Educação (Universidade de São Paulo). É professora Livre-Docente da Universidade de São Paulo. Realizou pesquisa de pós-doutorado na Universidade de Manitoba (Canadá, 2007) e é pesquisadora adjunta do Center for Globalization and Cultural Studies desta universidade. É coordenadora do Núcleo de Estudos Canadenses da USP (NEC-USP). Co-coordena o Projeto Nacional de Formação de Professores "Novos letramentos, multiletramentos e línguas estrangeiras", cadastrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq. É coordenadora do GT da ANPOLL "Transculturalidade, Linguagem e Educação". Suas pesquisas recentes concentram-se em Linguagem e Educação, Novos Letramentos, Multiletramentos, Crítica e Construção de Sentidos, Pedagogia Crítica, Formação de Professores. É co-autora das Orientações Curriculares Nacionais para o Ensino Médio: Línguas Estrangeiras (MEC/2006). 

Pesquisa e elaboração do livro didático de língua japonesa voltado para o ensino superior
Estudo Morfossintático e Discursivo da Língua Japonesa
Grupo Interinstitucional de Estudos da Língua Japonesa
Elaboração do Livro Didático das Disciplinas Língua Japonesa I e Língua Japonesa II

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais, com ênfase em Sociologia e Ciência Política (1999), mestrado em Letras (Língua, Literatura e Cultura Japonesa) pela Universidade de São Paulo (2003) e doutorado em Sociologia pela mesma instituição (2012). Desde 2005, é docente da área de Língua e Literatura Japonesa do Departamento de Letras Orientais, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH), e atualmente ocupa o cargo de vice-diretor do Centro de Estudos Japoneses da FFLCH-USP. Realiza pesquisa e atua principalmente nos seguintes temas: língua japonesa, gramática da língua japonesa e sociedade japonesa.

Estudo Psicanalítico da obra de Clarice Lispector
Psicanálise e Literatura: A obra de Guimarães Rosa

Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1981), mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1990) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1997). Atualmente é professora doutora da Universidade de São Paulo na área de literatura brasileira .Trabalhou como psicóloga educacional durante quinze anos e atendeu por dez anos em clínica psicanalítica. Atua na interface da Literatura com a Psicanálise, especializando-se em autores do século XX, como Manuel Bandeira, Clarice LIspector e Guimarães Rosa.

Estudos discursivos sobre mídia na USP e na UP: implicações teóricas e práticas
Argumentação e Relações de Poder no Discurso da Mídia (vinculado ao GEDUSP - Subgrupo: Teorias da Argumentação)
Análise de textos e discursos. Gêneros, interação, sociocognição e ensino de língua portuguesa PROCAD
Diacronia dos processos constitutivos do texto e dos gêneros discursivos no Português Paulista - Vinculado ao Projeto História do Português de São Paulo (PHPP - Projeto Caipira)
Oralidade e escrita: características e usos dos gêneros midiáticos
Práticas discursivas na mídia falada e escrita
Projeto da Norma Urbana Culta - NURC/SP
Atividades de produção de texto e ensino

Professora Doutora do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas, da FFLCH/USP. Doutora em Linguística pela Universidade de São Paulo e Mestre em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Lidera o Grupo de Estudos do Discurso da USP (GEDUSP) e coordena os subgrupos Teorias da Argumentação e Análise Crítica do Discurso. Participa dos projetos interinstitucionais PROCAD (USP/PUCSP/UFRN) e JADIS (USP/Univ. do Porto). Coordenou a Área de Filologia e Língua Portuguesa, do Depto de Letras Clássicas e Vernáculas (FFLCH-USP), de 2008 a 2010 e foi editora responsável pela revista Linha D'Água (2005-2011). Integrou os seguintes Projetos - Projeto da Norma Urbana Culta - Núcleo São Paulo (NURC/SP), Projeto da Gramática do Português Falado (PGPF), Projeto da História do Português Paulista - Projeto Caipira (PHPP), Subgrupo Tradições Discursivas, vinculado ao Projeto para a História do Português do Brasil (PHPB). Pesquisa sobre os temas: argumentação, língua falada e escrita nas perspectivas sincrônica e diacrônica e no ensino, discurso político, discurso da mídia.