Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Boletim Acontece na FFLCH-USP nº 168

Aula Aberta: "Espaço Público e Resistência", com Vladimir Safatle (Departamento de Filosofia FFLCH/USP)

 

 

Nesta quinta-feira, 04 de abril, o Prof. Dr. Vladimir Safatle (Departamento de Filosofia FFLCH/USP) ministrará a palestra "Espaço Público e Resistência", às 17h, no Auditório da FAU/USP. 
 
Após a palestra haverá uma mesa redonda com os professores Vera Pallamin e Eugenio Queiroga (FAU/USP), e com o aluno Gabriel Lima (Letras-FFLCH/USP).
 
Evento gratuito e aberto aos interessados, sem necessidade de inscrição.
 
QUI | 04.04 | 17h00 | Convite
 
Auditório da FAU/USP. Rua do Lago, 876, Cidade Universitária, São Paulo

 

 


 

Palestra: "In Algeria. Pierre Bourdieu's self initiation into fieldwork in ethnography and sociology", com Franz Schultheis (Universidade de St. Gallen)

 

 

O Programa de Pós-Graduação em Sociologia convida para a palestra "In Algeria. Pierre Bourdieu's self initiation into fieldwork in ethnography and sociology", que será proferida pelo Prof. Dr. Franz Schultheis (Universidade de St. Gallen, Suíça), na quinta-feira, dia 4 de abril, às 18h, na sala 118 do Prédio de Filosofia e Ciências Sociais.
 
QUI | 04.04 | 18h00  | Convite
 
 
Prédio de Filosofia e Ciências Sociais (sala 118). Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, Cidade Universitária, Sâo Paulo
 

 

Leia mais

 

 

 

Ciclo de Palestras sobre Tradução recebe os Professores José Lambert e Berthold Zilly (UFSC)

 

 

O CITRAT (Centro Interdepartamental de Tradução e Terminologia), o Departamento de Letras Modernas, os Programas de Mestrado e Doutorado em Tradução (TRADUSP) e em Língua Inglesa e Literaturas de Língua Inglesa (LILINA) convidam para as próximas palestras do ciclo sobre tradução, na sexta-feira, 05 de abril, a partir das 14h, na sala 266 do Prédio de Letras.
 
14h: José Lambert, Universidade Católica, Leuven, & Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC):  "Translation Culture, Translation History, Translation Historiography".
 
15h15: Berthold Zilly: Freie Universität Berlin e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC): "Grande Sertão: Veredas, em Alemão".
 
As atividades são gratuitas e abertas aos interessados, sem necessidade de inscrição.
 
Prédio de Letras (sala 266). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo
 

 

 


 

Mesa redonda: "Sociabilidade e ética na Universidade", com Cícero Araújo, Leopoldo Waizbort e Sérgio Adorno

 

 

A Comissão de Ética e o Instituto de Estudos Avançados da USP convidam para a mesa redonda "Sociabilidade e ética na Universidade", no dia 10 de abril, quarta-feira, às 15h, no Auditório Freitas Nobre da ECA/USP, com a participação dos Profs. Drs. Cícero Araújo, Leopoldo Waizbort e Sérgio Adorno (FFLCH/USP), Yves de La Taille (IP/USP) e moderação de Renato de Figueiredo Jardim (IF/USP).
 
Evento gratuito com transmissão ao vivo em www.iea.usp.br/aovivo
 
Contato: (11) 3091-1666    ou rborsanelli@usp.br
 
 
QUA | 10.04 | 15h00 | Convite
 
 
Auditório Freitas Nobre da ECA/USP. Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443, Cidade Universitária
 

 

 

 

Palestras Gratuitas do GMHP (Grupo de Morfologia Histórica do Português), com Indaiá de Santana Bassani e Ana Paula Scher

 

A Área de Filologia e Língua Portuguesa do DLCV/FFLCH/USP convida para as Palestras de 2013 do GMHP (Grupo de Morfologia Histórica do Português)Os encontros, que tiveram início no último dia 06 de março, têm atividades previstas para os dias 10 de abril, 8 de maio, 5 de junho, 3 de julho e 7 de agosto, sempre na sala 266 do Prédio de Letras.

Coordenação Profs. Drs. Nilsa Areán-García e Mário Eduardo Viaro.

As atividades são gratuitas e abertas aos interessados, sem necessidade de inscrição.

Mais informações: gmhp@usp.brhttp://www.usp.br/gmhp/Reun.html

Prédio de Letras (sala 266). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo

 

Leia mais

 

 

 

Seminário: "Marxismo como ciência social", com Adriano Codato (UFPR) e Renato Perissinotto (UFPR)

 

A Coordenação de Seminários do Departamento de Ciência Política (Profs. Drs. Adrian Gurza Lavalle e Rogério Arantes) convida para o Seminário: "Marxismo como ciência social", que será dirigido pelos Profs. Drs. Adriano Codato (UFPR) e Renato Perissinotto (UFPR), no dia 11 de abril, às 10h, na sala 08 do Prédio de Filosofia e Ciências Sociais. O evento é gratuito e aberto aos interessados, sem necessidade de inscrição prévia.

Informações: (11) 3091-3754

QUI | 11.04 | 10h00

Prédio de Filosofia e Ciências Sociais (sala 08). Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, Cidade Universitária, São Paulo

A Programação completa de Seminários do Departamento de Ciência Política para o 1º Semestre de 2013 pode ser acessada aqui

 

 


 

Seminário CEM /Cebrap com o Prof. Dr. Eduardo Marques

 

 

O Centro de Estudos da Metrópole convida para o seminário “O centro de São Paulo voltou a crescer? Trajetórias demográficas diversas e heterogeneidade nos anos 2000”, que será dirigido pelo Prof. Dr. Eduardo Marques (Departamento de Ciência Política) no dia 12 de abril, às 11 h.
 
O seminário integra a série do Cebrap para 2013. Evento aberto aos interessados sem necessidade de inscrição prévia.
 
SEX | 12.04 | 11h00
 
Cebrap. Rua Morgado de Mateus, 615, Vila Mariana, São Paulo

 

 

 

Laboratório de Estudos do Romance recebe Professores da Universidade de Surrey

 

O Laboratório de Estudos do Romance/FFLCH convida para as palestras "The Haunted Travel Text", com o Prof. Justin Edwards e "O Brasil no Mapa da Moda no Século XIX : o Papel da Imprensa", com a Profa. Ana Claudia Suriani da Silva, no dia 15 de abril, a partir das 14h, na sala 271 do Prédio de Letras.

 
SEG | 15.04 | 14h00 | Convite
 
 
Prédio de Letras (sala 271). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo

 

 

 

 

VII Jornada de Formação dos Cursos Extracurriculares de Francês

 

 

 
A Área de Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês (Departamento de Letras Modernas) promove no dia 19 de abril a "VII Jornada de Formação dos Cursos Extracurriculares de Francês: Apprendre pour agir ou agir pour apprendre? Pratiques et réflexions sur le rôle de l'inter-action dans l'apprentissage d'une langue étrangère ". A atividade tem por objetivo oferecer palestras e oficinas sobre o ensino-aprendizagem do francês como língua estrangeira, proporcionando um espaço de formação continuada para os monitores que atuam nos cursos extracurriculares de francês, mas também para os professores de francês em geral. O idioma da jornada é o francês, sem tradução. Serão emitidos certificados aos participantes inscritos.
 
Inscrições: pratiquesetreflexions@gmail.com
 
 
 SEX | 19.04 | 9h00 às 18h30
 
Prédio de Letras (sala 266). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo

 

 

 

 

Vídeo em Destaque: Aula inaugural do novo curso de graduação em língua coreana da FFLCH

 

 

Assista aqui à Aula Inaugural "O 'outro lado do mundo' nos revela o nosso mundo".
Proferida pelo Prof. Dr. Jung Mo Sung (Universidade Metodista de São Paulo), a aula inaugura o curso de graduação em língua coreana da FFLCH.
 

 

 

 

 

Lançamento: "História do Teatro Brasileiro, Volume 2: Do Modernismo às Tendências Contemporâneas", direção de João Roberto Faria

 

Com este segundo volume de História do Teatro Brasileiro, chega a termo um projeto que a editora Perspectiva começou a desenvolver a partir de 2002, sob a direção de João Roberto Faria, com a participação de um corpo de colaboradores de notória competência teórica e crítica. Trata-se, pois, de uma obra coletiva; e nem poderia ser diferente, dada a amplitude, diversidade e profundidade que o movimento teatral e os trabalhos em arte dramática assumiram em nosso país, como efetiva resposta ao que ocorre internacionalmente nesse domínio. Atento às várias épocas e modos de realizar a arte teatral no Brasil, os dois volumes, Das Origens ao Teatro Profissional da Primeira Metade do Século XX e Do Modernismo às Tendências Contemporâneas, consideram e avaliam as suas inter-relações e diferenças. O teatro jesuítico, por exemplo, requer uma abordagem diacrônica, voltada mais para um trabalho arqueológico, em virtude da escassez documental e textual em que está envolvido, ao passo que o novo teatro, desde a sua fase modernizante, a partir da segunda metade do século XX, até a contemporânea, oferece um panorama, cujas linhas mestras nem sempre já são discerníveis, sobretudo na sua multifária e tumultuada expressão na atualidade, pois se encontram em pleno fazer-se na vida do aqui-agora. Assim sendo, relevam não só os aspectos ligados ao escrito dramatúrgico como tudo o que ele envolve para expor-se e comunicar-se com seu espectador de hoje, não menos do que com o de ontem, num movimento de captura da materialização ao vivo das manifestações teatrais no Brasil. É claro que neste conjunto se incluem tanto as cenas da vanguarda como o que tem recebido o nome de "teatrão", na medida em que ambos contaram, e preservaram para a lembrança histórica, com espetáculos e artistas de vitalidade e significações convincentes. Todavia, cabe ressaltar que, como parte dessa trajetória, à lente diacrônica do primeiro tomo contrapõe-se, até certo ponto, um enfoque mais sincrônico no segundo, cujo ponto focal se desloca para um exame crítico e teórico de problemas estéticos e artísticos, vigentes na ordem do dia do teatro que se apresenta ao público brasileiro do século XXI - daí por que o percurso Das Origens ao Teatro Profissional da Primeira Metade do Século XX se integra ao Do Modernismo às Tendências Contemporâneas, perfazendo o processo de uma História do Teatro Brasileiro em processo.

 
Editora: 
Editora Perspectiva/Sesc