Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Boletim Acontece na FFLCH-USP nº 191

 

Pós-graduando da FFLCH recebe prêmio internacional Joven Investigador

 

Osmany Porto de Oliveira, doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da FFLCH, sob orientação do Prof. Dr. Adrian G. Lavalle, recebeu no último dia 15 de junho, por seu artigo “Do ‘tipping-point’ à difusão massiva: Mecanismos da internacionalização do Orçamento Participativo”o Prêmio Joven Investigador, do Conselho Europeu de Investigações Sociais sobre América Latina (CEISAL).
 
O artigo explora uma faceta ainda obscura nos estudos sobre a democracia e a participação, que consiste na dimensão da circulação internacional. Como explicar a proliferação simultânea de dispositivos de governança participativa em diversos países? O artigo procura responder esta questão a partir de um estudo de caso sobre o Orçamento Participativo (OP). Este dispositivo originário de Porto Alegre no Brasil é significativo para entender a circulação internacional de ideias e tecnologias de governança participativa. Defende-se que a ação de um conjunto de indivíduos em interação constante com instituições internacionais, foi uma elemento importante para introduzir o OP na agenda internacional. A partir deste momento de legitimação internacional, denominado tipping-point, muitos municípios passam a adotar o OP na América Latina, Europa e África, iniciando-se uma escalada para a sua disseminação massiva.
 
 
 

 

 


 

 

De mãos dadas com a cultura brasileira: Carpeaux,Caro, Meyer-Clason, Rosenfeld e Segall

 

 
Dia 27 de agosto, terça-feira, das 09 às 13h, será realizada, no Auditório da Biblioteca Brasiliana “Guita e José Mindlin”, a Mesa-Redonda Comemorativa do Ano da Alemanha no Brasil: De mãos dadas com a cultura brasileira: Carpeaux, Caro, Meyer-Clason, Rosenfeld e Segall.
 
O evento, organizado pela Profa. Dra. Celeste Ribeiro de Sousa (Departamento de Letras Modernas - FFLCH/USP), terá participação dos Professores Doutores Alfredo Bosi, Roberto Schwarz e Marcus Mazzari.
 
 
TER | 27.08 | das 09 às 13h00 | Convite
 
 
 
Auditório da Biblioteca Brasiliana “Guita e José Mindlin”. Rua da Biblioteca s/nº, Cidade Universitária, São Paulo

 

 


 

 

Simpósio Internacional: "Um mundo em convulsão"

 

 

Já está disponível em mundoemconvulsao.fflch.usp.br o link para inscrições no Simpósio Internacional "Um mundo em convulsão", que será promovido pelo Programa de Pós Graduação em História Econômica da FFLCH/USP, pelo PROLAM/USP e pelo Laboratório de Estudos da Ásia (LEA), nos dias 08 e 09 de outubro deste ano, das 9 às 22h, no Prédio de História e Geografia da FFLCH/USP.
 
Grandes nomes das Ciências Humanas e Análise das Relações Internacionais confirmados. 
 
A Programação sofreu pequenos acréscimos e alterações. Confira a programação atualizada aqui.
 
O evento, organizado pelos professores Lincoln Secco, Osvaldo Coggiola, Francisco Alambert, Rodrigo Ricupero e Jorge Grespan, é gratuito e aberto aos interessados, sem necessidade de inscrição. No entanto, os participantes que desejarem receber certificado poderão inscrever-se no site informado.
 
 
Informações: (11) 3091-3786
 
Prédio de História e Geografia. Av. Prof. Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, São Paulo

 

 


 

 

Minicurso "Personagens e perversões literárias", com Eliane Robert Moraes

 

Estão abertas junto ao Centro Universitário Maria Antonia as inscrições para o minicurso "Personagens e perversões literárias", que será ministrado pela Profa. Dra. Eliane Robert Moraes (Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da FFLCH), nos dias 07, 14, 21 e 28 de agosto (quartas-feiras), das 16 às 18h00.

Na literatura, a perversão se realiza por meio de palavras, muitas vezes orientadas pela noção de desvio, desmentindo os imaginários correntes e deslocando os discursos sociais para além de sua habitual zona de conforto. É daí que provém seu poder de perturbação. Essas questões são abordadas por meio da análise de personagens de obras de Georges Bataille, Vladimir Nabokov e Hilda Hist, que, cada qual à sua maneira, associam a perversão à infância.
 
 

Leia mais