Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Pesquisadores da FFLCH recebem o Prêmio Capes de Tese 2013

Autor: 
Luis Ricardo Bérgamo

O Prêmio Capes de Tese contemplou três pesquisadores da FFLCH em sua edição de 2013. Foram escolhidas teses de Ciência Política, Filosofia e História Social, todas defendidas em 2012. Os premiados recebem certificado, medalha e bolsa de pós-doutorado.

O pesquisador Sérgio Eduardo Ferraz recebeu o Prêmio Capes de Tese 2013 na área de Ciência Política e Relações Internacionais. O trabalho premiado intitula-se “O Império Revisitado - Instabilidade Ministerial, Câmara dos Deputados e Poder Moderador (1840-1889)”, apresentado em 2012 ao Programa de Pós-Graduação em Ciência Política e Relações Internacionais da USP. A tese teve a orientação do Prof. Dr. Paolo Ricci.

O Prêmio Capes de Filosofia foi atribuído à pesquisadora Celi Hirata, pelo trabalho “Leibniz e Hobbes: Causalidade e princípio de razão suficiente”, que teve orientação do Prof. Dr. Luís César Guimarães Oliva.

Já o pesquisador Aldair Carlos Rodrigues, recebeu o Prêmio Capes de melhor tese em História Social. O título do trabalho, que teve orientação da Profa. Dra. Laura de Mello e Souza é “Poder eclesiástico e inquisição no século XVIII luso-brasileiro: agentes, carreiras e mecanismos de promoção social”.

Recebeu menção honrosa a tese “Construir a delinquência, articular a criminalidade - um estudo sobre a gestão dos ilegalismos na cidade de São Paulo”, de Alessandra Teixeira, defendida no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da FFLCH, sob orientação do Prof. Dr. Sérgio Adorno. O trabalho foi reconhecido com menção honrosa também pelo Prêmio Tese Destaque USP e pela ANPOCS.

Também recebeu menção honrosa no Prêmio Capes de Tese 2013, na área de Ciências Ambientais, a aluna Pilar Carolina Villar, com o trabalho "A Busca pela Governança dos Aquífero Transfronteiriços e o Caso do Aquífero Guarani", no Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental do IEE/USP. O trabalho foi orientado pelo Prof. Dr. Wagner Costa Ribeiro, docente do Departamento de Geografia da FFLCH/USP.