Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron

Aposentado: 
Não
Departamento: 
História
Email: 
Linhas de Pesquisa: 
Groupe de recherche sur les missions religieuses ibériques modernes
Groupe de recherche sur la maîtrise de la nature en Amérique et dans la péninsule ibérique
Groupe de recherche antijésuitismes à l époque moderne (Centre d Anthropologie Religieuse Européenne e Centre National pour la Recherche Scientifique)
Unité Mixte de Recherche 8168, CNRS, Empires, sociétés, nations: Amérique latine et Méditerranée occidentale (XVe-XXIe siècle)
Grupe de recherche sur la Restauration de la Compagnie de Jésus
Groupe de recherche Américanisation et américanité: dynamiques spatio-temporelles et enjeux multiculturels
Escravidão e história atlântica - Programa de Pós-Graduação em História Social
História social das idéias políticas - Programa de Pós-Graduação em História Social
Dicionário Musical de Mário de Andrade
Dimensões do império português: estruturas e dinâmicas do antigo sistema colonial
Briga de Padres: natureza e sociedade nas disputas da Companhia de Jesus no Brasil (século XVII)
Bem comum e utilidade pública: o bom governo dos índios nas Américas de colonização portuguesa e espanhola
Quinto Império e pertencimento nacional
Rasteira, encruzilhada e corta-capim: usos contraditórios da autoridade de Juan de Solórzano Pereira por Antônio Vieira, Paulo da Silva Nunes e Francisco Xavier de Mendonça Furtado
Observações: 

Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1985), mestrado em História Social pela Universidade de São Paulo (1991), doutorado em Histoire et Civilisations pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, França (1998) e livre-docência em História Moderna pela Universidade de São Paulo (2010). Atualmente é professor titular de História da Universidade de São Paulo. Foi professor visitante da Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (1997, 2002, 2007 e 2013) e da Universidad Internacional de Andalucía (2004); foi também pesquisador convidado do Musée du Quai Branly (2009). É pesquisador do CNPq (nível I-D), desde 2003. Realiza pesquisas sobre a escravidão indígena e africana, sobre a legislação indigenista na América de colonização portuguesa e espanhola e sobre o pensamento jurídico moderno (com ênfase nas obras produzidas pelos teólogos da Companhia de Jesus e por juristas espanhóis e portugueses). (Texto informado pelo autor)