Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Carlos de Almeida Prado Bacellar

Aposentado: 
Não
Departamento: 
História
Email: 
Linhas de Pesquisa: 
História da População
Demografia Histórica
História do Brasil Colônia
História da Família
Regimes Demográficos no Oeste Paulista: a vila de Itu, do bandeirantismo ao café, 1684-1890
Além do Centro-Sul: por uma história da população colonial nos extremos dos domínios portugueses na América
População e Regime Demográfico no Oeste Paulista: a paróquia de Nossa Senhora da Candelária, da vila de Itu, 1684-1890
A família do escravo na lavoura paulista no início do século XIX
Cafeicultura e escravidão no Caminho Novo da Piedade
Migração, Humanismo Latino e Territorialidade na Sociedade Paulista (1850-1950)
Levantamento, digitação e publicação das listas nominativas de habitantes da capitania e província de São Paulo
História Paulista: Estudo de Ribeirão Preto, séculos XVIII a XX
História do Vale do Rio Pardo
Observações: 

É graduado em História pela Universidade de São Paulo (1981), mestre em História Social pela Universidade de São Paulo (1987) e doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (1995). Atualmente é professor do Departamento de História da Universidade de São Paulo. Foi Coordenador do Arquivo Público do Estado de São Paulo, órgão vinculado à Casa Civil, entre março de 2007 e julho de 2013. É membro do Conselho Curador da Fundação Padre Anchieta, São Paulo, desde abril de 2010. Foi Coordenador, entre abril de 2010 e julho de 2013, do Comitê Gestor do SPdoc Sistema Informatizado Unificado de Gestão Arquivística de Documentos e Informações, além de Coordenador dos seguintes Grupos Técnicos, criados no âmbito do Comitê de Qualidade da Gestão Pública: GT CC-3/2012, para promover estudos e pesquisas necessárias à elaboração de minuta de decreto que visa regulamentar a Lei Federal nº 12.527/2011 no âmbito da Administração Pública Estadual; GT CC-63/2012, para promover estudos e propor medidas necessárias à criação, composição, organização e funcionamento da Comissão Estadual de Acesso à Informação e dar providências correlatas; GT CC-71/2012, para propor ações estratégicas que objetivem a efetividade da política de acesso as informações, notadamente a implantação do SPdoc e dos Serviços de Informações ao Cidadão SIC. Foi diretor do CEDHAL/Centro de Estudos de Demografia Histórica da América Latina (FFLCH/USP), e supervisor técnico-científico do Museu Republicano Convenção de Itu/USP. Desenvolve projetos na área de Demografia Histórica e História da População, com enfoque nos seguintes temas: história da família, população, demografia da escravidão e elites agrárias. (Texto informado pelo autor)