Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Boletim Acontece na FFLCH-USP nº 227

 

Debate de lançamento do livro: "As Barbas do Imperador: D. Pedro II", de Lilia Moritz Schwarcz

 

A Livraria Cultura e a Editora Companhia das Letras convidam para o debate de lançamento do livro As Barbas do Imperador: D. Pedro II, a História de  um Monarca em Quadrinhos.
 
O evento, que terá a participação da autora, Profa. Dra. Lilia Moritz Schwarcz, e do ilustrador Spacca, acontece neste sábado, 26 de abril, a partir das 11h, no Teatro Eva Herz.
 
Confirmar presença por email: professores@companhiadasletras.com.br
 
Serão emitidos certificados de participação.
 
SÁB | 26.04 | 11h00 | Convite
 
Teatro Eva Herz - Livraria Cultura. Av. Paulista, 2073, São Paulo
 
 
Misto de ensaio interpretativo e biografia de d. Pedro II, As barbas do imperador, de Lilia Moritz Schwarcz, foi um marco na historiografia brasileira, apresentando uma visão nova e reveladora de nosso passado. O livro materializava o mito monárquico ao descrever, por exemplo, a construção dos palácios, a mistura de ritos franceses com costumes brasileiros, a maneira como a boa sociedade praticava a arte de bem civilizar-se, a criação de medalhas, emblemas, dísticos e brasões, a participação do monarca e o uso de sua imagem em festas populares. Promovendo um diálogo fértil entre sua argumentação e a riquíssima iconografia da época, a autora mostrava de que maneira a monarquia brasileira se tornou um mito não apenas vigoroso, mas extremamente singular.
 
Nesta edição em quadrinhos, Schwarcz volta à parceria com o premiado ilustrador Spacca, na dobradinha que já rendeu o best-seller D. João Carioca. Agora, Spacca conduz o leitor a um verdadeiro passeio pelos temas do livro, transpondo a linguagem do ensaio e da biografia ao universo das HQs de forma vibrante e esclarecedora. Dezenas de personagens da nossa história circulam pelos desenhos de Spacca, que recriou com fidelidade toda uma época, convertendo documentos, retratos, pinturas e obras arquitetônicas numa narrativa de tirar o fôlego. Ao fim, uma seção de extras amplia a discussão do livro, com textos sobre a Guerra do Paraguai, a escravidão e a fotografia no império, além de uma galeria de personagens do livro e uma alentada cronologia. 

 

 

 

Colóquio Internacional: “Figuras do Estranhamento”

 

O Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada promove  de 28 a 30 de abril, no Anfiteatro de História, o Colóquio Internacional: “Figuras do Estranhamento”.
 
Coordenação: Profas. Dras. Cleusa Rios P. Passos e Yudith Rosenbaum
 
SEG a QUA | 28 a 30.04 | Programação
 
Anfiteatro de História. Av. Prof. Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, São Paulo
 

 

 


 

 

Seminário temático "Sociologia, Política e História”

 

Dando continuidade a série de seminários "Sociologia, Política e História”, o LAPS - Laboratório de Pesquisa Social do Departamento de Sociologia da FFLCH/USP - promove nesta segunda-feira, 28 de abril, às 17h30, o seminário A juventude da nova classe trabalhadora vai ao paraíso? A experiência social de jovens em um cursinho popular na cidade de São Paulo, que será dirigido por Eduardo Bonaldi, com comentários de Edison Bartoncelo, ambos do Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
 
As atividades do seminário temático "Sociologia, Política e História” acontecem às segundas-feiras, das 17h30 às 19h30, na sala 2073 do prédio de Filosofia e Ciências Sociais.
 
A programação completa pode ser conferida em http://sociologia.fflch.usp.br/node/698
 
Contato: laps@usp.br
 
SEG | 28.04 | 17h30
 
 
Prédio de Filosofia e Ciências Sociais (sala 2073). Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, Cidade Universitária, São Paulo
 
 

 


 

 

Palestra: "Kongo responses to early colonialism", com Hein Vanhee

 

O Núcleo de Apoio à Pesquisa Brasil África convida para a palestra Kongo responses to early colonialism, que será proferida pelo Professor Hein Vanhee, na segunda-feira, 28 de abril, às 14h30, na sala de vídeo do Departamento de História.
 
Hein Vanhee é historiador especializado na história da África Central dos séculos XIX e XX e curador das célebres coleções africanas de arte e cultura material do museu real da África Central, em Tervuren, Bélgica.
 
A palestra será em inglês.
 
QUA | 28.04 | 14h30 
 
Sala de vídeo do Departamento de História. Av. Prof. Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, São Paulo
 
 

 


 

 

Palestra: “Possível o que não foi: escrita, experiência e projecção em Grandes Sertão: Veredas e na ficção rosiana”, com Clara Rowland (Universidade de Lisboa)

 

Nesta terça-feira, 29 de abril, a área de Literatura Brasileira do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas e o Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada promovem a palestra Possível o que não foi: escrita, experiência e projecção em Grandes Sertão: Veredas e na ficção rosiana, que será proferida pela Profa. Dra. Clara Rowland (Universidade de Lisboa), às 17h30, na sala 102 do prédio de Letras.
 
TER | 29.04 | 17h30
 
Prédio de Letras (sala 102). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo
 

 

 


 

Seminário: "Execução Orçamentária", com Rodrigo Orair (CFP/Dimac/IPEA)

 

O Núcleo de Estudos Comparados e Internacionais (NECI) e o Programa de Pós-Graduação em Ciência Política  convidam para o seminário Execução Orçamentária, que será dirigido por Rodrigo Orair (Coordenação de Finanças Públicas, Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas (CFP/Dimac), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), no dia 09 de maio, às 10h, na sala 24 do Prédio de Filosofia e Ciências Sociais.
 
O evento faz parte da programação do ciclo de seminários sobre "A Economia Política do Processo Orçamentário no Brasil" e é aberto ao público e à imprensa, sem necessidade de inscrição prévia.
 
Debatedora: Lorena G. Barberia
 
Texto de referência:
ORAIR, Rodrigo Octávio. Especificidades do processo orçamentário brasileiro e os obstáculos à harmonização contábil: uma análise aplicada aos investimentos das administrações públicas. XVII Prêmio Tesouro Nacional–2012. 2012.
 
Programação completa, bibliografia e textos de referência em http://neci.fflch.usp.br
 
Informações: (11) 3091-0329 e neci@usp.br
 
SEX | 09.05 | 10h00
 
Prédio de Filosofia e Ciências Sociais (sala 24). Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, Cidade Universitária, São Paulo
 
 

 


 

 

Palestra: "Experiências de leitura e escrita na periferia do capitalismo", com Sandra Vasconcelos

 

O Centro Ángel Rama convida para a palestra Experiências de leitura e escrita na periferia do capitalismo, a ser proferida pela Profa. Dra. Sandra Vasconcelos, Professora Titular do Departamento de Letras Modernas da FFLCH-USP, no dia 15 de maio, quinta-feira, às 16 horas, na sala 107 do Prédio de Letras.
 
Aberta aos interessados.
 
QUI | 15.05 | 16h00
 
Prédio de Letras (sala 107). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo
 
 

 


 

 

Palestra: "Os Intelectuais na China Imperial/Republicana: o caso de Liang Qichao", com Shu Changsheng

 

O Laboratório de Estudos da Ásia (LEA), do Departamento de História - FFLCH/USP, convida para a palestra: "Os Intelectuais na China Imperial/Republicana: o caso de Liang Qichao", que será proferida pelo professor Shu Changsheng, na quinta-feira, 22 de maio, às 18h30, no Anfiteatro do Departamento de História.
 
Shu Changsheng é formado em Letras pela Universidade de Fudan (China), com doutorado em história pela UFF. Professor recém-concursado na USP, é autor do livro História da China Popular no Século XX (editora FGV). A palestra será baseada na monografia "O Pensamento de Liang Qichao", concluída pelo palestrante na Universidade de Fudan, sob a orientação do professor Sun Li. 
 
O evento é gratuito e aberto ao público em geral.
 
QUI | 22.05 | 18h30
 
Anfiteatro do Departamento de História. Av. Prof. Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, São Paulo
 

 

 


 

 

Grupo de Estudos de Retórica e Argumentação (GERAR) completa 20 anos

 

O Grupo de Estudos de Retórica e Argumentação (GERAR), coordenado pela Prof. Dra. Lineide do Lago Salvador Mosca, convida para a Jornada comemorativa dos seus vinte anos de fundação, que acontece no dia 22 de maio, quinta-feira, das 09 às 17h, no Anfiteatro de Geografia, sob o tema “Percorrendo a História da Retórica: dos gregos e romanos aos nossos dias”.
 
Inscrições e mais informações em http://www.gerar-usp.org 
 
QUI | 22.05 | das 09 às 17h00
 
 
Anfiteatro de Geografia. Av. Prof. Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, São Paulo
 

 

 


 

 

Lançamento: "Da palavra", de Bhartrhari, tradução Adriano Aprigliano

 

 
Escrito no século V da Era Comum, Vakyapadiya (Da palavra), aqui apresentado em tradução feita diretamente do sânscrito, trata de questões conceituais da Filosofia da Linguagem segundo a tradição gramatical hindu. O autor, o filósofo e linguista indiano Bhartrhari, apresenta suas ideias em versos, sendo o texto dividido em duas seções ou "livros": o Brahmakanda, de 183 dísticos, e o Vakiakanda, de 490 dísticos.
O texto aqui apresentado é o do Brahmakanda. O autor começa por um discurso que afirma a unidade ontológica entre o princípio atemporal e absoluto e a palavra ou linguagem, produzindo, na verdade, uma espécie de introdução geral à tradição gramatical.
O grande modelo de Bhartrhari aqui é Patañjali, que viveu cerca de sete séculos antes. Ele inspira-se na Paspasã, introdução do Mahabhsasya ("Grande comentário") do gramático, o que se evidencia na escolha de temas, argumentos e ilustrações, e ainda nos tratos de linguagem e estilo. Bhartrhari não só revisita e reinterpreta problemas clássicos, como o da natureza da palavra, de sua perenidade, da relação da gramática com os Vedas e o rito, como também antecipa, em forma condensada, alguns dos assuntos pormenorizados nas seções seguintes, dentre os quais a questão da grandeza de comunicação da língua, as teorias sobre o universal e o particular.
 
Editora: Unesp
 
Sobre o autor:  
Filósofo e linguista indiano, Bhartrhari viveu no século 7 da Era Comum. Precursor da Filosofia da Linguagem, escreveu dois dos textos mais influentes da cultura indiana medieval, entre os quais Vakyapadiya (Da palavra).
 
Sobre o tradutor:  
Adriano Aprigliano é docente do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da FFLCH/USP (Área de Língua e Literatura Latina).
 
 

 

 

 


 

 

Chamada para publicação: Revista Angelus Novus

 

Com um dossiê sobre racismo e antirracismo, a Revista Angelus Novus vem a público divulgar a chamada para seu sexto número. O dossiê visa a reunir artigos que discutam a discriminação racial e o seu contrário em perspectiva histórica. Discutir o fenômeno do racismo exige a definição de uma leitura do conceito de “raça”. A interpretação segundo a qual o racismo é um fenômeno socialmente construído permite aos historiadores discuti-lo em perspectiva histórica: tornar-se possível compreender os sujeitos das relações raciais na história. Entre o sujeito racista (o “branco”) e o sujeito racializado (o “negro”), eis que surgem, no século 20, sujeitos intermediários agenciadores da luta antirracista. Nessa forma contemporânea do fenômeno encontram-se os intelectuais, os ativistas dos movimentos negros e as elites dirigentes, entre outros. A proposta do dossiê é, portanto, reunir reflexões acerca de variados aspectos da questão racial no século 20, como práticas discriminatórias e conflitos, de um lado, e ideias, agendas e iniciativas de antirracismo, de outro.
 
Prazo para envio dos textos: agosto de 2014.
 
Informações sobre procedimentos e normas editoriais em www.usp.br/ran
 
A Revista Angelus Novus é um periódico publicado pelos alunos do Programa de Pós-Graduação em História Social da FFLCH/USP.
 

 


 

* A programação de eventos, defesas de mestrado e doutorado da FFLCH está disponível em http://fflch.usp.br/calendar/2014