Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Boletim Acontece na FFLCH-USP nº 229

 

Exposição Ateliê Universalista László Zinner

 

O Laboratório de Estudos sobre Etnicidade, Racismo e Discriminação (LEER/USP) convida para a abertura da Exposição Ateliê Universalista László Zinner, que acontece neste sábado, 10 de maio, das 16 às 20h, na Casa da Fazenda (Av. Morumbi, 5594, São Paulo).
 
A exposição ficará em cartaz de terça a sábado, das 11 às 18h, até o dia 10 de junho.
 
Curadoria: Profa. Dra. Maria Luiza Tucci Carneiro
 
László Zinner nasceu em Dömös (Hungria), em 28 de setembro de 1908, naturalizou-se brasileiro em 1961 e faleceu em São Paulo em 1977. Projetou-se como escultor e desenhista formado pelos mais importantes centros de arte da Europa do entreguerras: Budapeste, (1924-1928), Bruxelas (1928-1932), Paris (1937-1940). Em Tânger (Marrocos), lecionou modelagem no serviço de Belas Artes e Artesania Indígena da Delegação da Cultura (1940-1945).
 
No auge da Segunda Guerra, buscou refúgio em terras europeias, marroquinas e brasileiras, transformando sua arte em testemunho da sua travessia que, além de geográfica, foi também cultural. Suas esculturas e desenhos de “paisagens e tipos marroquinos” entraram para o mundo das representações interagindo com diferentes culturas valorizadas nas suas singularidades. Como artista exerceu o papel de agente social, modelando identidades e vaidades.
 
Radicado no Brasil desde 1946, foi professor de modelagem e artes plásticas na Faculdade de Arquitetura da Universidade Mackenzie, fundando e coordenando mais tarde, a Faculdade de Artes Plásticas (atual Faculdade de Comunicação Visual) na mesma universidade (entre 1954 e 1977).
 
Foi também o escultor do Troféu Juca Pato concedido, anualmente, em São Paulo pela União Brasileira dos Escritores. Seus inúmeros ateliês expressam um mundo plural povoado por personalidades e por pessoas comuns, saídas do anonimato. Neste ano de 2014, através desta exposição, abrimos as portas do seu Ateliê Universalista.
 
 
 
 

 

Palestra: "A Problemática da Fiação Aérea em São Paulo"

 

Nesta segunda-feira, 12 de maio, das 14 às 17h, acontece na Tenda Cultural Ortega y Gasset a palestra-debate A Problemática da Fiação Aérea em São Paulo, que contará com a participação de Cássio Vasconcellos (fotógrafo); Sueli Angelo Furlan (biogeógrafa e professora da FFLCH-USP); Nabil Bonduki (vereador e professor da FAU-USP); Alessandro Barghini (ecólogo); além da contribuição do jornalista e colunista da Folha de S.Paulo, Leão Serva.
 
 
SEG | 12.05 | das 14 às 17h00
 
Tenda Cultural Ortega y Gasset. Rua do Anfiteatro, s/n, Cidade Universitária, São Paulo
 

 


 

Tardes de Linguística na USP, com Luiz Carlos Cagliari (Unesp / Araraquara)

 

O Departamento de Linguística da FFLCH/USP convida para palestra com o Prof. Dr. Luiz Carlos Cagliari (Unesp / Araraquara), nesta segunda-feira, 12 de maio, a partir das 14h, na sala 266 do Prédio de Letras. A palestra faz parte do evento "Tardes de Linguística na USP". 
 
A história das ideias linguísticas é fascinante. Os estudos linguísticos sempre procuraram se atualizar, seguindo correntes filosóficas, literárias e científicas. Cada tempo deixou sua contribuição. A história trouxe muitas teorias e metodologias descritivas. A relevância do caráter científico dos estudos linguísticos tornou-se irreversível no século XX. Com o grande desenvolvimento da física, da biologia, da bioquímica, das neurociências e das tecnologias de investigação científica, a linguística começou a desvendar novos rumos para sua atuação. A história deixou para trás muitas abordagens que, hoje, já não são tão atraentes. Novos parâmetros colocaram os estudos linguísticos em um novo patamar científico, cobrindo uma vasta área de pesquisas e de estudos. Esses novos horizontes dos estudos linguísticos são os aspectos principais a serem abordados na palestra.
 
SEG | 12.05 | 14h00
 
Prédio de Letras (sala 266). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo
 
 

 

XIV Encontro de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa

 

O Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa (Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas) convida para o XIV Encontro de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, a realizar-se de 14 a 16 de maio, na FFLCH.
 
Em sua 14ª edição, o Encontro de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa pretende comemorar 20 anos da criação da área, celebrando no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, com apresentação de palestras, exibição de vídeos/filmes e debates sobre os projetos de pesquisa em curso.
 
Ao dar foco nas atividades desenvolvidas pelos pós-graduandos, o evento colocará em pauta os desdobramentos investigativos do comparativismo literário contemporâneo, envolvendo sobretudo a relação entre literatura e a esfera audiovisual na atualidade, através de projetos vinculados à realização de docentes e do corpo discente.
 
O evento é aberto aos interessados.
 
Contato: email: celp@usp.br   (11) 3091-3751
 
 
QUA a SEX | 14 a 16.05 |  Programação
 
FFLCH/USP. Prédios diversos, consulte a programação.
 
 
 

 

A Rosa Branca: resistência, cultura e memória, com Juliana P. Perez e Tinka Reichmann

 

Dia 15 de maio, a Tenda Cultural Ortega y Gasset promove o evento A Rosa Branca: resistência, cultura e memória, para contar a história do grupo contrário ao nazismo. Das 14 horas às 19h30, haverá encenação teatral, mesa-redonda, exposição e exibição de filme.
 
O debate conta com a participação de Juliana P. Perez e Tinka Reichmann, professoras da FFLCH/USP e organizadoras da segunda edição brasileira do livro A Rosa Branca: a história dos estudantes alemães que desafiaram o nazismo.
 
O livro recebeu o selo de Altamente Recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) na categoria tradução/adaptação. 
 
Para participar não é necessária inscrição prévia.
 
QUI | 15.05 | 14 às 19h30 | Programação 
 
Tenda Cultural Ortega y Gasset. Praça do Relógio,  s/n, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 
 

 

Seminário: "Dynamic pie: a rich menu of research possibilities", com Guy Whitten (Texas A&M University)

 

O Programa de Pós-Graduação em Ciência Política e o Departamento de Ciência Política da FFLCH convidam para o seminário Dynamic pie: a rich menu of research possibilities, que será dirigido por Guy Whitten (Texas A&M University), na quinta-feira, 15 de maio, às 17h30, na sala 14 do prédio de Filosofia e Ciências Sociais.
 
Aberto ao público e à imprensa, sem necessidade de inscrição prévia.
 
QUI | 15.05 | 17h30 
 
Prédio de Filosofia e Ciências Sociais (sala 14). Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 
 
 

 

Palestra: "Experiências de leitura e escrita na periferia do capitalismo", com Sandra Vasconcelos

 

Centro Ángel Rama convida para a palestra Experiências de leitura e escrita na periferia do capitalismo, a ser proferida pela Profa. Dra. Sandra Vasconcelos, Professora Titular do Departamento de Letras Modernas da FFLCH-USP, no dia 15 de maio, quinta-feira, às 16 horas, na sala 107 do Prédio de Letras.
 
Aberta aos interessados. Serão emitidos certificados aos participantes.
 
Contato: carama@usp.br   (11) 3091-4879
 
QUI | 15.05 | 16h00
 
Prédio de Letras (sala 107). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 

 

Ciclo de conferências: “Literatura na escola”

 

O Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada convida para o Ciclo de conferências: “Literatura na escola”, que será realizado às quintas-feiras, dias 15, 22 e 29 de maio, em duas sessões, às 10h (sala 200) e às 19h30 (sala 169), no Prédio de Letras (Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo).
 
 
15 de maio → Profa. Dra. Helena Bonito Couto Pereira – “Impasses e desafios no ensino da literatura”
 
22 de maio → Profa. Dra. Gabriela Rodella de Oliveira – “Práticas de leitura literária de professores e alunos do ensino médio paulistano”
 
29 de maio → Profa. Dra. Neide Luzia de Rezende – “Leitor comum, leitor especialista, leitor professor: dimensões do professor de literatura”
 
 
 

 
 

Mini-curso: "Passagens do pensamento medieval moderno", com José Carlos Estêvão

 

Estão abertas, junto ao Centro Universitário Maria Antonia, as inscrições para o curso Passagens do pensamento medieval moderno, que será ministrado pelo Prof. Dr. José Carlos Estêvão, professor livre-docente de filosofia medieval da FFLCH-USP, nos dias 15, 22 e 29 de maio e 05 de junho, quintas-feiras, das 20 às 22h.
 
 
QUI | 15, 22 e 29.05  e 05.06 | 20 às 22h00
 
 
Centro Universitário Maria Antonia. Rua Maria Antonia, 294, Vila Buarque, São Paulo
 
 
 

 
 

Seminário: "Processo Orçamentário Federal pós Constituição de 1988: Experiências e Tendências", com Ricardo Volpe

 

O Núcleo de Estudos Comparados e Internacionais (NECI) e o Programa de Pós-Graduação em Ciência Política  convidam para o seminário Processo Orçamentário Federal pós Constituição de 1988: Experiências e Tendências, que será dirigido por Ricardo Volpe (Diretor da Consultoria de Orçamentos e Fiscalização Financeira, Câmara dos Deputados), no dia 16 de maio, às 14h, na sala 24 do Prédio de Filosofia e Ciências Sociais.
 
O evento faz parte da programação do ciclo de seminários sobre "A Economia Política do Processo Orçamentário no Brasil" e é aberto ao público e à imprensa, sem necessidade de inscrição prévia.
 
Debatedor: Sérgio Praça, Universidade Federal do ABC
 
Programação completa, bibliografia e textos de referência em http://neci.fflch.usp.br
 
Informações: (11) 3091-0329 e neci@usp.br
 
SEX | 16.05 | 14h00
 
Prédio de Filosofia e Ciências Sociais (sala 24). Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 

 

 

Lançamento: "Militância Cultural: A Maria Antonia nos anos 60", de Adelia Bezerra de Meneses

 

O Centro Universitário Maria Antonia, a Com-Arte Editora e a autora, Profa. Dra. Adelia Bezerra de Meneses, docente aposentada do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada, convidam para o lançamento do sexto volume da Coleção Memória Militante: Militância Cultural: A Maria Antonia nos anos 60.
 
Haverá performance de Jean e Joana Garfunkel, interpretando canções da década de 60, além de encenação do poema "Operário em construção", de Vinícius de Morais, por Tim Turbinatti.
 
SÁB | 17.05 | 15 às 18h00 | convite
 
 
Centro Universitário Maria Antonia. Rua Maria Antonia, 294, Vila Buarque, São Paulo

 

 

 
 

IX Semana de Filologia na USP

 

De 19 a 23 maio, no Anfiteatro de História, será realizada a IX Semana de Filologia na USP.
 
Contato: semanadefilologiausp@gmail.com
 
Inscrições de ouvintes e programação do evento, na página do Serviço de Cultura e Extensão da FFLCH.
 
Serão emitidos certificados de participação.
 
 
 
 

 

Colóquio Internacional Centenário Marguerite Duras

 

Marguerite Duras é considerada, hoje, uma das mais importantes escritoras da segunda metade do século XX na França, sendo sua obra conhecida e traduzida em mais de quarenta países, no Oriente e no Ocidente. Personagem midiática e polêmica, destacou-se também como cineasta e dramaturga.
 
Para celebrar seu centenário, a FFLCH/USP e o Mackenzie organizam nos dias 19, 20 e 21 de maio de 2014 o Colóquio Internacional Centenário de Marguerite Duras, que reunirá palestrantes de várias regiões do Brasil, além de França, Inglaterra e Bélgica.
Inscrições em: monitoriadofrances@gmail.com
 
Haverá também uma Mostra de Cinema na Cinemateca Brasileira (de 15 a 18 de maio) e no CINUSP (de 19 a 23 de maio), além da encenação da peça Agatha, no teatro da Aliança Francesa (20 de maio), com Elisa Fingermann e Paulinho Faria.
 
A realização do Colóquio conta com o apoio da CAPES/Ministério da Educação, Embaixada da França no Brasil, Institut Français e Cinemateca da Embaixada da França, Consulado Geral da Bélgica, bem como da Société Internationale Marguerite Duras.
 
O colóquio propõe revisitar seus romances e filmes, muitas vezes herméticos, ouvir sua poesia, seu canto, a melodia de suas palavras. Serão examinadas as várias facetas da obra da autora, sua trajetória de mulher, de desejo, de paixão, de loucura, de escrita, de transgressão.
 
Mais informações: Folder  | Programação

 

 

 

"As afinidades eletivas". Debate com Helmut Galle, Tercio Redondo e Marcus Mazzari

 

Na segunda-feira, 19 de maio, os professores Helmut Galle e Tercio Redondo (Departamento de Letras Modernas) e Marcus Mazzari (Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada) participarão de um debate sobre a obra "As afinidades eletivas", de Goethe
 
O evento será realizado no Prédio de Letras, na sala 266, a partir das 16h30. 
 
SEG | 19.05 | 16h30
 
Prédio de Letras (sala 266). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo
 

 

 

 
 

Grupo de Estudos de Retórica e Argumentação (GERAR) completa 20 anos

 

O Grupo de Estudos de Retórica e Argumentação (GERAR), coordenado pela Prof. Dra. Lineide do Lago Salvador Mosca, convida para a Jornada comemorativa dos seus vinte anos de fundação, que acontece no dia 22 de maio, quinta-feira, das 09 às 17h, no Anfiteatro de Geografia, sob o tema “Percorrendo a História da Retórica: dos gregos e romanos aos nossos dias”.
 
Inscrições e mais informações em http://www.gerar-usp.org 
 
QUI | 22.05 | das 09 às 17h00
 
 
Anfiteatro de Geografia. Av. Prof. Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, São Paulo
 

 

 

 
 

Ignácio Rangel - Seminário Nacional em Comemoração aos 100 anos do Nascimento do Pensador

 

O (LABOPLAN) Laboratório de Geografia Política e Planejamento Territorial e Ambiental convida para seminário que homenageará o pensador Ignácio Rangel, um dos grandes analistas do desenvolvimento econômico brasileiro.
 
Formado em direito, Ignácio Rangel acabou abraçando a carreira de economista. Fez parte do grupo de assessoramento econômico de Getúlio Vargas. Foi um dos redatores dos projetos de criação da Petrobrás e Eletrobrás, duas das mais importantes estatais brasileiras. Escreveu seu primeiro livro, A Dualidade Básica da Economia Brasileira, em 1957. Ao lado de intelectuais como os sociólogos Hélio Jaguaribe e Cândido Mendes e o historiador Sérgio Buarque de Hollanda, firmou-se como um dos principais analistas da estrutura formativa do Brasil. 
 
 
O Seminário será realizado no Departamento de Geografia (Av. Prof. Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária), contará com duas Conferências e um Minicurso, nos dias 29 e 30 de maio.
 
Confira a Programação
 
Inscrições por e-mail: laboplan@usp.br
 
Valor da inscrição com direito ao certificado: R$10,00 (para o Seminário e/ou Minicurso)
 
 
Comissão Organizadora: Ana Pereira, Armen Mamigonian, Breno Pedrosa e Paul Clívilan Firmino
 
 

 

 

XII Graduação em Campo - Seminários de Antropologia Urbana

 

As inscrições para apresentação de trabalho no XII Graduação em Campo - Seminários de Antropologia Urbana foram prorrogadas até o dia 12 de maio. O evento será realizado entre os dias 25 e 28 de agosto.
 
 
 
 

 
 

Chamada de trabalhos: Revista Diversitas

 

A  Revista Diversitas está recebendo trabalhos para o seu terceiro número.
 
Vinculada ao Diversitas – Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerâncias e Conflitos, da FFLCH/USP e ao Programa de Pós-Graduação Humanidades, Direitos e Outras Legitimidades, a publicação pretende ser espaço de divulgação e contribuição permanente para a reflexão sobre diversidades, intolerâncias e conflitos. Numa perspectiva interdisciplinar, a revista publica artigos, resenhas, documentos e entrevistas.
 
Os trabalhos devem ser enviados ao e-mail diversitas@usp.br, até 31 de julho.
 
 
 
 

 

Chamada de trabalhos: Revista Vértices

 

A Revista Vértices, Revista dos Pós-Graduandos da Área de Estudos Judaicos do Programa de Pós-Graduação em Estudos Judaicos e Árabes do Departamento de Letras Orientais da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (ISSN: 2179-5894), aceita colaborações para o número 16, a ser lançado em 2014.
 
Os artigos devem ser inéditos e a temática é livre, desde que esteja relacionada aos Estudos Judaicos. Temas sugeridos: Língua Hebraica, Língua Iídiche, Literatura Hebraica e Judaica, Sociedade Israelense, Estudos da Bíblia Hebraica, Judaísmo Medieval, Moderno ou Contemporâneo, Holocausto e Genocídio.
 
Para as próximas edições, a Revista Vértices estará dividida em seções, com um corpo editorial responsável, composto pelos seguintes membros:
 
 
a. Estudos Bíblicos e Línguas Semíticas - Edson Nunes (edsonnunes_jr@hotmail.com) e Lucas Iglesias (lucasigle@gmail.com)
b. História e Cultura Judaica - Fernando Klabin (fernandokla@gmail.com) e Patricia Barlach (pbarlach@gmail.com)
c. Literatura Hebraica e Judaica - Thais Lancman (lank.thais@gmail.com)  e Evandro Neto (evandro.neto@usp.br)
d. Filosofia Judaica - Eva Batlickova (eva.batlickova@usp.br) e André Bacci (brucelab@hotmail.com)
 
 
Os trabalhos deverão ser enviados até o dia 30 de junho.
 
A submissão de trabalhos pode ser feita no seguinte endereço: http://revistas.fflch.usp.br/vertices/about/submissions#onlineSubmissions
 
As diretrizes para autores estão disponíveis no site da revista: http://revistas.fflch.usp.br/vertices/about/submissions#authorGuidelines
 
 
 
 

 

 

Menção honrosa à Tese de Doutorado "Fosse um Chico, um Gil, um Caetano: Uma análise retórico-discursiva das relações polêmicas na construção da identidade do cancionista Belchior”

 

GERAR - Grupo de Estudos de Retórica e Argumentação - parabeniza a pesquisadora Josely Teixeira Carlos pelo excelente trabalho apresentado em sua banca de defesa de tese, realizada no dia 06 de fevereiro, sob o título: “Fosse um Chico, um Gil, um Caetano: Uma análise retórico-discursiva das relações polêmicas na construção da identidade do cancionista Belchior”.
 
Josely teve como Diretor de Estudos de seu estágio doutoral na França (bolsa-sanduíche da CAPES) o Prof. Dr. Dominique Maingueneau, na Université Paris Est Créteil Val de Marne, junto ao CEDITEC (Centre d'étude des discours, images, textes, écrits et communications), e na Université Paris-Sorbonne, no contexto do grupo STIH (Sens, Texte, Informatique, Histoire). A principal tônica da tese de Josely constitui-se em torno da situação de debate, gerada em decorrência de diferentes posições em relação ao discurso verbomusical de personalidades que se destacaram no cenário musical brasileiro da geração MPB e outras, dentre eles, especialmente Belchior e Caetano Veloso. Na qualidade de discurso plurissemiótico, a análise dos diversos aspectos da canção e de sua performance traz questões relativas à construção de identidades, aos posicionamentos sociais e discursivos dos autores/intérpretes envolvidos.
 
Nesse processo, a argumentação e os procedimentos retóricos investidos ocupam um lugar fundamental, compreendendo inclusive o silêncio como atitude responsiva. Várias teorias confluem, portanto, no exame do objeto complexo “discurso verbomusical”, alvo da tese desenvolvida.
 
Participaram da banca a Profa Dra Lineide L. S. Mosca (Presidente e orientadora), a Profa Dra Rita de Cássia Lahoz Morelli (Unicamp), o Prof. Dr. Luiz Antonio Ferreira (PUC-SP), o Prof. Dr. Álvaro Antonio Caretta (UNIFESP) e a Profa Dra Beatriz Daruj Gil (FFLCH-USP).
 
Ao final da defesa, foi feita menção à Tese de doutorado de Josely como "trabalho de grande alcance dentro das ciências humanas, unindo pesquisas do domínio verbal e não verbal", além de a pesquisa ter sido recomendada para publicação.

 

 

 

Diretoria e Divisão Administrativa do Museu Paulista iniciam atendimento em novo local

 

A Diretoria do Museu Paulista da USP informa que no último dia 02 de maio foi concluída a mudança da Divisão Administrativa e da Direção do museu para imóvel situado na Rua Brigadeiro Jordão, 149, esquina com a Rua Bom Pastor. A alteração de endereço tem como objetivo proporcionar um atendimento mais eficiente ao público, pesquisadores e autoridades.
 
O novo prédio tem duas linhas fixas, sendo: 
 
- Recepção: (11) 2273-4390
- Diretoria: (11) 2215-0750
 
Esta ação inicia os preparativos para transferência de equipe e acervos para complementação de diagnósticos e projetos internos ao edifício do Museu Paulista e possibilitará as obras de restauro. O atendimento segue em atividade normal de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
 
Segundo a Diretora do Museu Paulista, Sheila Walbe Ornstein, “a novidade deve ser entendida como um primeiro passo positivo em direção ao planejamento das etapas que culminarão com o restauro do Edifício Monumento e outras ações coligadas”.
 

 


 

Próximas Defesas:

 

 
 
 
 
 
 
 

 


 

* A programação de eventos, defesas de mestrado e doutorado da FFLCH está disponível em http://fflch.usp.br/calendar/2014