Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Luiz Bernardo Murtinho Pericás

Aposentado: 
Não
Departamento: 
História
Linhas de Pesquisa: 
Caio Prado Júnior e o mundo do socialismo
Memória Paulista
Observações: 

Luiz Bernardo Pericás é formado em História pela George Washington University, doutor em História Econômica pela USP (Universidade de São Paulo), pós-doutorado pela FLACSO (Facultad Latino-Americana de Ciencias Sociales), México e pela University of Texas at Austin. Foi professor-convidado da FLACSO, México e Visiting Scholar da University of Texas at Austin. Foi também Visiting Fellow da Australian National University em Camberra. Publicou em diversas revistas e jornais, como O Estado de S. Paulo, Correio Braziliense, Memoria (México), Contexto Latinomericano (Cuba), Quaderni della Fondazione Ernesto Che Guevara (Itália), Lua Nova (Cedec), Política Externa, Cadernos do Terceiro Mundo, Novos Rumos, História Unisinos, Estudos Avançados (IEA/USP), Teoria e Debate (Fundação Perseu Abramo), Revista de História da Biblioteca Nacional, Margem Esquerda (Boitempo), Lutas Socias (NEILS/PUC), História e Luta de Classes, História (Unesp), Outubro (Cemarx/Unicamp), CartaCapital, Afro-Ásia (UFBA), Teorema, Cult, A Tarde, Le Monde Diplomatique, entre outros. Traduziu, organizou e prefaciou livros de diversos autores, como Jack London, John Reed, James Petras, Edward Said, A. Alvarez, Christopher Hitchens, Slavoj Zizek e José Carlos Mariátegui. É autor de vários livros, como Che Guevara and the Economic Debate in Cuba (Nova Iorque, Atropos Press, 2009) e Os cangaceiros (São Paulo, Boitempo, 2010), entre outros. Foi pesquisador do CBELA (Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos/USP) e da Fundap (Fundação do Desenvolvimento Administrativo), no projeto Memória Paulista, e professor-pesquisador da FLACSO, sede acadêmica do Brasil. Foi professor-pesquisador visitante (pós-doutoral) do Instituto de Estudos Brasileiros da USP. Recebeu a Menção Honrosa do Prêmio Casa de las Américas 2012, Cuba, por seu livro Os cangaceiros: ensaio de interpretação histórica. Membro do júri do LV Prêmio Casa de las América. Ganhador do Prêmio Ezequiel Martínez Estrada, da Casa de las Américas, Cuba, em 2014. É professor de História Contemporânea da USP.