Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Boletim Acontece na FFLCH-USP n. 262

 

 

A programação de eventos, defesas de mestrado e doutorado da FFLCH pode ser vista em http://fflch.usp.br/calendar/2015

 

Acesse o Portal de Vídeos da FFLCH em nossa página http://comunicacao.fflch.usp.br/portaldevideos

 

 

 

 

Inquietudes Urbanas: A Universidade pública em questão, com Valeria De Marco e Soraya Smaili

 

No dia 11 de maio, às 19h, o Centro Universitário Maria Antonia realiza mais um debate da série Inquietudes Urbanas com o tema A Universidade pública em questão. Participam as Profas. Dras. Valeria De Marco e Soraya Smaili.
 
A possibilidade de gestões mais democráticas, os rumos da produção acadêmica e a construção de espaços de diálogo com a comunidade em tempos de crise na universidade pública são objetos de reflexão do debate. A série de debates Inquietudes Urbanas está voltada para a discussão das relações entre a universidade pública e a cidade no contexto contemporâneo, trazendo à tona questões nas quais os mais diversos problemas urbanos atuais, ligados à violência e à segregação social, entre outros, contracenam com o papel formador do ensino universitário, entendido como o ‘lugar’ em que as fissuras da sociedade são tratadas de forma crítica.
 
Soraya Smaili é doutora em Farmacologia pela UNIFESP, onde ocupa atualmente o cargo de Reitora. É membro da International Cell Death Society (ICDS) desde 2004 e contribui, entre outros, para o periódico Brazilian journal of medical and biological research.
 
Valeria de Marco é professora de Literatura Espanhola da FFLCH-USP, coordena o grupo lusobrasileiro do Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC) e desde 2013 participa do corpo editorial da revista Caracol (FFLCH-USP).
 
Entrada franca - retirar senha 30 min. antes
 
contato: (11) 3123 5200
 
 
SEG | 11.05.2015 | 19 às 22h00
 
 
Centro Universitário Maria Antonia. Rua Maria Antonia, 294, Vila Buarque, São Paulo
 
 
 

 

 

VI Colóquio Mindlin: O Abolicionismo, de Joaquim Nabuco, história de um clássico

 

 
A Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) convida para o VI Colóquio Mindlin: O Abolicionismo, de Joaquim Nabuco, história de um clássico, que acontecerá nesta segunda-feira, 11 de maio de 2015, às 10h, na sala de palestras do Complexo Brasiliana USP.
 
O evento é coordenado pela docente do Departamento de Sociologia da FFLCH/USP, Profa. Dra. Angela Alonso, e faz parte da série de atividades acadêmicas organizadas pela BBM na intenção de apresentar e debater sob diversos ângulos figuras importantes da intelectualidade brasileira ou estrangeira que se destacaram na vida do nosso país.
 
 
SEG | 11.05.2015 | 10h00
 
 
 
Complexo Brasiliana USP (sala de palestras).  Rua da Biblioteca s/nº, Cidade Universitária, São Paulo
 

 

 
 

 

Seminário: Índios no Brasil: Vida, Cultura e Morte

 

O Laboratório de Estudos sobre Etnicidade, Racismo e Discriminação (LEER/USP) promove de 12 a 14 de maio, no Auditório István Jancsó, o Seminário "Índios no Brasil: Vida, Cultura e Morte".
 
Inscrições por e-mail: leer@usp.br
 
O evento é gratuito. Serão emitidos certificados aos participantes.
 
Consulte a programação.
 
Auditório István Jancsó. Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin. Rua da Biblioteca, s/n, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 

 

Exposição: Ciganos - Entrelinhas, na Biblioteca Florestan Fernandes

 

Ainda é possível conferir na Biblioteca Florestan Fernandes FFLCH/USP a exposição Ciganos - Entrelinhas, organizada por alunos da disciplina Filologia Portuguesa, do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas.
 
A mostra traz informações sobre a cultura cigana e a perspectiva do não cigano brasileiro, incluindo tabus e preconceitos decorrentes do contato com um diferente modo de vida.
 
Local: saguão da Biblioteca Florestan Fernandes - FFLCH/USP. Avenida Prof. Lineu Prestes, travessa 12, nº 350, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 

 

 

Lançamento: "Brasil: uma biografia", de Lilia Moritz Schwarcz e Heloisa Starling

 

 

 

 

 

 

Lançamento: "História do Brasil: Uma interpretação", de Carlos Guilherme Mota e Adriana Lopez

 

 

 

 
 

 

 

Lançamento: "A estrutura do conto de magia", Aurora Fornoni Bernardini e S.I. Nekliúdov (orgs.)

 

 

Nos anos 1960, a formação da Folclorística Estrutural estava relacionada a transformações ideológicas radicais no campo das Humanidades. Naquela época, na União Soviética, surgia uma nova orientação de pesquisa, que propunha métodos exatos nas Ciências Sociais. A isso se dedicaram as Escolas de Verão de Tártu, coordenadas por I. M. Lótman. Como se sabe, as tradições orais, por sua especificidade, podem ser compreendidas particularmente pelas pesquisas semiótico-estruturais. Daí o fato de que, nos programas das Escolas de Verão, o folclore, representado no início de modo bem tímido, tenha passado a ocupar um espaço cada vez maior. Uma das abordagens dessas pesquisas foi o desenvolvimento das ideias de V. I. Propp em Morfologia do conto maravilhoso (1928). A combinação de princípios dos níveis de análise sintagmático/paradigmático e sincrônico/diacrônico é traço característico dos trabalhos de E. M. Meletínski e da sua escola, como os que são apresentados nesse livro, sobre mito e conto de magia.

Editora UFSC
 
 
 
 

 


 

II Encontro Nacional de Produções Literárias e Culturais para Crianças e Jovens - Fantástico e Imaginário: Reflexões Contemporâneas

 

O II Encontro Nacional de Produções Literárias e Culturais para Crianças e Jovens – Fantástico  e Imaginário: Reflexões Contemporâneas acontecerá nos dias 13, 14 e 15 de maio, na FFLCH/USP, e tem como objetivo propor uma discussão, em perspectiva interdisciplinar, considerando o fantástico em sua estreita relação com o imaginário, tendo como foco a literatura para os jovens e seus diálogos com outras linguagens. 

 
O evento, organizado pelo Grupo de Pesquisa em Produções Literárias e Culturais para Crianças e Jovens-USP, irá contemplar a apresentação de seminários, mesas redondas e conferências, promovendo debate entre pesquisadores da Universidade de São Paulo e de instituições no âmbito nacional.
 
Entre os participantes, destacam-se os Profs. Drs. Maria José Palo (PUC), Ricardo Iannace (FATEC), Regina Michelli (UNERJ) e Luciane Santos (UFPB-PB), entre outros convidados.
 
O último dia do encontro será palco do lançamento da publicação Tecendo Literatura, livro-homenagem à Prof. Dra. Lúcia Pimentel Góes, da Universidade de São Paulo. 
 
A programação completa pode ser consultada no site: http://grupoplccj.webnode.com.br , onde também estão disponíveis as inscrições de ouvintes. 

 
Haverá emissão de certificados aos participantes.
 
 
 

 

Jornada Discurso Religioso: possibilidades retórico-argumentativas

 

O Grupo de Estudos de Retórica e Argumentação (GERAR), coordenado pela Prof. Dra. Lineide do Lago Salvador Mosca, convida para a Jornada Discurso Religioso: possibilidades retórico-argumentativas, a realizar-se no dia 14 de maio, das 9 às 17h, na sala 102 do Prédio de Letras.
 
O evento reunirá estudiosos do discurso religioso de algumas perspectivas teóricas, tais como teoria literária, semiótica da cultura, ciências da religião, sociologia e estudos discursivos, criando um espaço de diálogo interdisciplinar em torno de diferentes objetos de pesquisa.
 
Haverá emissão de certificados aos participantes.
 
Confira a programação
 
 
QUI | 14.05.2015 | 9 às 17h
 
Prédio de Letras (sala 102). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 

 

Palestra: Thomas Mann: uma dialética da Aufklärung (Iluminismo), com Anderson Gonçalves da Silva

 

O Laboratório de Estudos do Romance (LERo) convida para a Palestra "Thomas Mann: uma dialética da Aufklärung" (Iluminismo), que será proferida pelo Prof. Dr. Anderson Gonçalves da Silva, na sexta-feira, 15 de maio, às 14h30, na sala 212 do prédio de Letras.
 
Anderson Gonçalves da Silva é docente do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da FFLCH/USP.
 
SEX | 15.05.2015 | 14h30
 
Prédio de Letras (sala 212). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 

 

XVIII ENAPOL: Novas perspectivas em pesquisa linguística

 

O Departamento de Linguística promove, entre os dias 18 e 22 de maio, no Auditório da Casa de Cultura Japonesa, XVIII ENAPOL (Encontro dos Alunos de Pós-Graduação em Semiótica e Linguística Geral).
 
Informações detalhadas em: http://linguistica.fflch.usp.br/node/1211
 

 Auditório da Casa de Cultura Japonesa. Av. Prof. Lineu Prestes, 159, Cidade Universitária, São Paulo

 

 


 

 
 
A Faculdade de Educação da USP realiza, de 18 a 22 de maio, a XII Semana de Estudos Clássicos e Educação: Antiguidades Contemporâneas
 
As inscrições estão abertas no site da FEUSP, onde constam as informações detalhadas sobre o evento: http://www3.fe.usp.br/secoes/inst/novo/eventos/detalhado.asp?num=2204
 
 
 

 

Conferência Internacional: Dostoiévski: múltiplas perspectivas

 

O Departamento de Letras Orientais da FFLCH/USP convida para a Conferência Internacional “Dostoiévski: múltiplas perspectivas”, que será realizada de 19 a 21 de maio, no Prédio de Letras (Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, sala 266).
 
Consulte a programação
 
As inscrições para participação como ouvinte podem ser feitas no site http://letrasorientais.fflch.usp.br/node/486
 
Serão emitidos certificados aos participantes.
 
 
 

 
 

Debate: Visões da Crise

 
 
O Centro de Estudos dos Direitos da Cidadania (CENEDIC) e o Laboratório de Estudos Marxistas (LEMARX) promovem no dia 20 de maio, quarta-feira, às 17h30,  mais um debate do ciclo "Observatório da Conjuntura e da Democracia: Visões da Crise".
 
Os debatedores serão Alexandre Padilha (Secretário municipal de Relações Governamentais e ex-Ministro da Saúde) e Luciana Genro (PSOL), com mediação de Ricardo Musse (USP).
 
 
QUA | 20.05.2015 | 17h30
 

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (Auditório Istvan Jancsó). Rua da Biblioteca, s/n, Cidade Universitária, São Paulo

 

 

 

Lançamento: "Cidades da Patrimonialização Global", com Amália Inés Geraiges Lemos e Francisco Capuano Scarlato