Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Boletim Acontece na FFLCH-USP n. 275

 

"Fenômenos centrais, fenômenos marginais, e a linguística de corpus", mesa redonda Johannes Kabatek & Albert Wall (Universidade de Zurique)

 

A equipe do Projeto de História do Português Paulista II convida para a Mesa Redonda “Fenômenos centrais, fenômenos marginais e a Linguística de Corpus”, com os Profs. Drs. Johannes Kabatek  &  Albert Wall (Universidade de Zurique). O evento será realizado na terça-feira, 11 de agosto, às 10h, no prédio de Letras (sala 107).
 
Ementa/Conteúdo: Nas últimas décadas, o surgimento dos grandes corpora revolucionou a maneira de estudar fenômenos linguísticos em várias direções. Uma das questões metodológicas mais discutidas foi a preocupação pela representatividade do corpus quanto à língua "total" como sistema complexo. Do ponto de vista gramatical stricto sensu, essa questão parece menos relevante no caso de fenômenos frequentes porque estes, de qualquer forma, já são reconhecidos como elementos centrais do sistema linguístico. Outro caso é o dos fenômenos marginais (ou até ausentes), cujo status gramatical pode ser considerado mais precário ou pelo menos questionável. Isso indica que para certos fenômenos o corpus representativo é a ferramenta de estudo adequada e para outros não necessariamente.
Na nossa contribuição, essa questão da centralidade e marginalidade será discutida por um lado com respeito a um corpus especializado que ainda se encontra em construção - o corpus do projeto Projeto de História do Português Paulista II (Projeto Caipira II, disponibilizado em www.phpp.fflch.usp.br/corpus), e por outro lado, as implicações da questão serão exemplificadas a partir de certos fenômenos do Português Brasileiro. Nos concentraremos em estudos de caso de variações inerentes que incluem diferentes usos marignais, os quais muitas vezes não chegam à visibilidade na literatura. Queremos assinalar as possibilidades e as limitações do corpus e ao mesmo tempo a necessidade da ampliação metodológica em vários casos em que fenômenos de occorrência marginal de fato são fenômenos centrais para a compreensão da gramática do Português Brasileiro como sistema dinâmico complexo.
 
Organizadores: Profs. Drs. Verena Kewitz (DLCV), José da Silva Simões (DLM) e Manoel Mourivaldo Santiago-Almeida (DLCV, coordenador do PHPP II), pesquisadores do Projeto Temático de Equipe História do Português Paulista (FAPESP Proc. N.º 11/51787-5).
 
Público-Alvo: professores, pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação da área de Humanas e público interessado em geral.
 
Evento gratuito; sem necessidade de inscrição; serão distribuídos certificados.
 
Contato: (11) 3091.4294
 
TER | 11.08.2015 | das 10 às 13h | convite
 
Prédio de Letras (sala 107). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 

 

Seminário: Imigração Internacional Recente para São Paulo

 

O NUPPs - Núcleo de Pesquisa de Políticas Públicas da USP - convida para o Seminário: Imigração Internacional Recente para São Paulo, que será realizado no dia 11 de agosto, a partir das 09h30, na sala 8 do prédio de Filosofia e Ciências Sociais.
 
Evento aberto ao público, mediante inscrição.
 
Informações e inscrições: nupps@usp.br | (11) 3091.3272
 
TER | 11.08.2015 | Programação
 
Prédio de Filosofia e Ciências Sociais (sala 8). Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 
 

 

Seminário: "A Política Distributiva Via Entidades Não-Estatais: Evidências de Regressões Descontinuadas"

 

A pesquisadora Natália Salgado Bueno (PhD candidate, Yale University) apresentará no dia 12 de agosto de 2015, o seminário CEM "A Política Distributiva Via Entidades Não-Estatais: Evidências de Regressões Descontinuadas", abrindo a série de eventos Metodológicas. O evento será realizado na sala 14 do Prédio de Filosofia e Ciências Sociais, das 10 às 12 horas e é aberto ao público em geral, sem necessidade de inscrição prévia. O objetivo é ilustrar o uso da técnica regressão descontinuada - uma estratégia analítica para inferência causal com dados observacionais.
 
Perfil: Natália S. Bueno é candidata ao PhD em ciência política na Yale University e estudante do mestrado em economia do desenvolvimento na mesma instituição. Ela trabalha nas áreas de política comparada e economia política, com interesse em delegação de serviços públicos para entidades não-estatais, comportamento político e métodos experimentais.
 
Resumo:
How do incumbents prevent the opposition from hijacking credit for spending? The researcher argues that allocating money to non-state welfare providers allows officials to bypass the opposition and reduce credit hijacking. Using regression-discontinuity and difference-in-differences designs with data from Brazil, I provide evidence that the election of an opposition mayor causes the central government to shift resources to non-state organizations.
 
QUA | 12.08.2015 | das 10h às 12h00
 
Prédio de Filosofia e Ciências Sociais (sala 14). Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 
 

 

Figuras do pensamento crítico atual - Encontros com Vladimir Safatle no Maria Antonia

 

O curso apresenta as linhas gerais da filosofia de Giorgio Agamben, Alain Badiou, Judith Butler e Jacques Rancière, quatro dos mais relevantes pensadores da atualidade, explorando seus pontos de convergência e ruptura e as maneiras pelas quais cada um encara as questões da existência em transformação acelerada no mundo atual.
 
12 de agosto            
Giorgio Agamben: vida nua e estado de exceção.
 
19 de agosto            
Alain Badiou: acontecimento e situação.
 
26 de agosto            
Judith Butler: gênero e identidade.
           
2 de setembro    
Jacques Rancière: a força política da experiência estética.
 
quartas, 20 às 22h
 
 
Vladimir Safatle é professor do Departamento de Filosofia da FFLCH-USP e  um dos coordenadores da International Society of Psychoanalysis and Philosophy e do Laboratório de Pesquisa em Teoria Social, Filosofia e Psicanálise. Publicou, dentre outros livros, A esquerda que não teme dizer seu nome (Três Estrelas, 2012) e Grande hotel abismo: por uma reconstrução da teoria do reconhecimento (Martins Fontes, 2012). 
 

Leia mais

 
 
 

 

Simpósio Negros nas cidades brasileiras 1890-1950 | pré-inscrições até 13 de agosto de 2015

 

O Simpósio “Negros nas Cidades Brasileiras” tem como objetivo colocar em relevo a questão do espaço urbano no Brasil sob a perspectiva das relações raciais. Tradicionalmente, no campo das ciências humanas, os estudos relativos à questão racial privilegiam uma dimensão histórico-temporal, observando as desigualdades entre as raças e suas transformações no tempo, de acordo com a conjuntura social e política do país. Nesse contexto, pouco têm sido investigadas as questões relativas às disputas pelo espaço por parte dos diferentes grupos étnico-raciais. Por outro lado, o enfoque dos estudos em relação às lutas pelo espaço urbano, desde a década de 1970, tem privilegiado o recorte por classes sociais. Dessa forma, torna-se necessário um esforço duplo: por um lado, ampliar o campo de discussões em torno das relações raciais, de modo a incorporar os aspectos da produção e das disputas pelo território urbano; por outro, recompor o debate sobre o próprio espaço urbano, fazendo observar a construção histórica da desigualdade e da segregação do ponto de vista racial. Olhar para o objeto urbano a partir da questão racial traz uma leitura que permite criar novos significados para o debate sobre a produção e apropriação do espaço urbano no Brasil, a segregação e a cidadania, colocando esses problemas em um novo prisma e pressupondo novos recortes, periodizações, orientações metodológicas e epistemológicas.

 
Participação dos docentes da FFLCH, Profs. Drs. Maria Arminda do Nascimento Arruda, Lilia Schwarcz, Antônio Sérgio Guimarães e Maria Helena Pereira Toledo Machado.
 
Mais informações pelo e-mail: cpcpublic@usp.br
 
Evento gratuito.
 
Inscrições até 13 de agosto em: http://bit.ly/1euwQ78
 
SEG a QUA | 24 a 26.08.2015 | Das 14h às 20h30 (abertura no dia 24 de agosto, às 13h) | Programação
 
Centro Universitário Maria Antonia (CEUMA-USP). Rua Maria Antonia, 294, Vila Buarque, São Paulo
 

Leia mais

 
 
 

 

Homenagem ao Professor Nicolau Sevcenko

 

 

Anfiteatro de História.  Av. Prof. Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, São Paulo

 
 

 

VIII Encontro dos Alunos de Pós-Graduação em Historiografia Linguística da USP (Mini-Enapol de Historiografia Linguística)

 

O Centro de Documentação em Historiografia Linguística do Departamento de Linguística (CEDOCH-USP) convida para o VIII Encontro dos Alunos de Pós-Graduação em Historiografia Linguística da USP (Mini-Enapol de Historiografia Linguística). O evento será realizado na sala 266 do prédio de Letras, de 12 a 14 de agosto de 2015, e contará com a participação de alunos e professores de várias universidades brasileiras.
 
 
QUA a SEX | 12 a 14.08.2015 |  programação
 
 
Prédio de Letras (sala 266).  Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 
 

 

VI JEALAV - Jornada de ensino e aprendizagem de línguas em ambientes virtuais

 

A programação de 2015 prevê a realização de conferência, mesa-redonda e apresentação de comunicações. O eixo condutor das discussões deste ano girará em torno do tema “Tecnologias na sala de aula” e o evento será aberto à participação de professores e pesquisadores, além de alunos de graduação e de pós-graduação interessados em divulgar seus trabalhos de Iniciação Científica ou pesquisas de Mestrado e Doutorado na área. 
 
As inscrições para a VI JEALAV estarão abertas até o dia 10 de outubro de 2015 e devem ser realizadas no site: http://jealavusp.wix.com/jealav2015 . No entanto, a data limite para envio de resumos com propostas de comunicações é o dia 15/08/2015.
 
Contato: jealav.usp@gmail.com  ou monitoriadofrances@gmail.com
 
 
SEX | 16.10.2015 | das 8h às 18h
 
Prédio de Letras. Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 

 

I Jornada do Romance Antigo

 
O evento tem por objetivo divulgar as pesquisas que investigam o romance na Antigüidade, particularmente na tradição grega, e propiciar o debate e o intercâmbio entre pesquisadores de diversas instituições brasileiras. Serão conferencistas os Profs. Drs. Jacyntho Lins Brandão (UFMG), Pedro Ipiranga Junior (UFPR), Lúcia Sano (UNIFESP) e Adriane da Silva Duarte (FFLCH/USP).
 
Público alvo: aberto a todos os interessados, mas voltado particularmente aos estudantes de Letras.
 
Não é preciso se inscrever para participar, mas certificados poderão ser emitidos conforme demanda.
 
 
SEG | 17.08.2015 | das 10 às 16h | Programação
 
 
Prédio de Letras (sala 266). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo

 

 

 

Filiações: encontro sobre a obra de Laura de Mello e Souza

 

Em setembro de 2014  Laura de Mello e Souza aposentou-se de suas funções no Departamento de História da FFLCH-USP e assumiu a Cátedra de Estudos Brasileiros da Universidade de Paris IV - Sorbonne em Paris. 
 
Autora de obras fundamentais para o pensamento brasileiro e a História do Brasil, tais como,  Desclassificados do ouro (1982), O diabo e a Terra de Santa Cruz (1986), Inferno atlântico (1993) e O sol e a sombra (2006), Laura de Mello e Souza continua a atuar de forma intensa na escrita da história e na orientação de pesquisas de pós-graduação, agora também na França. 
 
Este encontro tem por objetivo fazer um primeiro balanço de sua produção acadêmica, e desse modo render homenagem à professora, orientadora e grande intelectual brasileira. 
 
 
TER e QUA | 18 e 19.08.2015 |  programação
 
Anfiteatro do Departamento de História - FFLCH/USP. Av. Prof. Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 

 

Palestra: “Rússia e Migração: desafios do espaço pós-soviético”, com Sergei Ryazantsev

 

O Laboratório de Estudos da Ásia (LEA) da USP convida para a palestra: “Rússia e Migração: desafios do espaço pós-soviético”, que será proferida pelo professor Sergei Ryazantsev (Instituto de Pesquisas Sociopolíticas da Academia de Ciências da Rússia), no dia 21 de agosto, sexta-feira, às 18h30, no Anfiteatro de História.
 
A entrada é franca e não é necessária inscrição prévia.
 
SEX | 21.08.2015 | 18h30
 
Anfiteatro de História. Av. Prof. Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, São Paulo
 
 
 
 

 

Chamada para a 7ª Edição Anual da Escola de Verão IPSA-USP em Conceitos, Métodos e Técnicas em Ciência Política

 

 
 Inscrições podem ser feitas até 4 de outubro de 2015
 
Criada em 2010, a Escola de Verão IPSA-USP em Conceitos e Métodos em Ciência Política busca proporcionar aos acadêmicos das ciências sociais acesso a uma capacitação avançada  e de alta-qualidade em métodos em ciências sociais. Integram o corpo docente, os melhores talentos no ensino dessa área na Europa e nas Américas, ministrando cursos em uma ampla gama de métodos das ciências sociais. Além de serem destaques em suas áreas de estudo e pesquisa, os instrutores são docentes experientes.
 
 A programação da Escola de Verão IPSA-USP 2016 é dividida em três módulos de sessões de uma semana. A programação inclui sessões de informações especiais (special information sessions) que trazem capacitação em habilidades especiais e seminários que proporcionam aos participantes a oportunidade de vislumbrar o impacto de várias metodologias em temas substantivos específicos.
 
 Os participantes da Escola de Verão IPSA-USP em geral se constituem em acadêmicos de alto potencial em ciência política, relações internacionais, sociologia e disciplinas correlatas. Enquanto o maior número dos participantes constitui-se de docentes, estudantes de doutorado e de pós-doutorado, existe também um número crescente de alunos de mestrado excepcionais que completaram com sucesso os cursos da Escola. Os participantes da Escola de Verão IPSA-USP representam também um número variado de países e perfis metodológicos.
 
 A 7ª edição da Escola de Verão IPSA-USP 2016 acontecerá na Universidade de São Paulo entre 18 de janeiro a 5 de fevereiro de 2016. Todos os cursos e seminários são ministrados em inglês.
 
 Mais informações veja no site: http://summerschool.fflch.usp.br/
 
A lista completa de cursos também já está on line: http://summerschool.fflch.usp.br/course-offerings/courses
 
 
 

 

Simpósio Internacional 70 Anos do Fim da Segunda Guerra Mundial

 

Já está disponível a programação do Simpósio Internacional 70 Anos do Fim da Segunda Guerra Mundial, evento que será realizado pelo Departamento de História da FFLCH /USP, de 10 a 12 de novembro de 2015.
 
As inscrições, gratuitas, serão disponibilizadas em breve no site www.segundaguerra.usp.br    
 
Serão emitidos certificados de frequência.
 
 
 
 

 

Chamada para a revista Criação & Crítica n. 15

 

Texto, Tecido, Tessitura - A moda e as roupas em literatura
 
A palavra “texto" tem na sua origem epistemológica o “tecido”, o “entrelaçamento”, formato de relações e construções que produzem sua “textura”. Essa aproximação é potencializada se pensamos, por outro lado, o texto literário.
A roupa parece já de saída um signo a ser decifrado pela literatura. A vestimenta é, por exemplo, um traço essencial na construção de diversos personagens: Lazarillo de Tormes, Gato de Botas, Barry Lyndon, Rastignac, Dorian Gray, Charles Swann… A maneira de se vestir interfere na dinâmica de como o personagem é apreendido pelo leitor e pelo contexto no qual se insere, de forma que a literatura tende a problematizar a função da vestimenta, seu significado e seu papel tanto no contexto social representado quanto no contexto de recepção.
Na relação entre texto e tecido há ainda outras dimensões a se considerar. O tecido traz à tona a materialidade mesma da composição literária. Para o narrador de Proust, que pretende construir o seu livro “simplesmente como um vestido”, por exemplo, a roupa passa a servir de modelo estético para uma composição literária, que por sua vez é tecida como a costura, através de modelos, projetos, arremates, cortes e emendas. Tendo em mente as diversas dimensões (sociais, narrativas, genéticas e estéticas) em que podemos observar a abordagem literária do tema da moda e das roupas, chamamos para o número 15 da Revista Criação & Crítica textos científicos, criativos e ensaísticos que se proponham a abordar essa questão sob os mais diversos ângulos.
 
Temas propostos:
 
- A representação das roupas e das modas em literatura
- A costura e o tecido como metáforas da criação literária
- A moda do escritor ou como se vestir como um escritor: ethos, códigos e representações
- As roupas, o corpo e a literatura - figuração, controle e etiqueta dos corpos na moda e naliteratura
- As roupas e o teatro - relações entre texto e figurino na obra teatral
- Imprensa, moda e literatura
 
A revista aceita artigos em português, francês, espanhol e inglês.
 
As contribuições devem ser enviadas através do site http://www.revistas.usp.br/criacaoecritica, de acordo com as normas da revista, até o dia 15 de agosto de 2015.
 
 
 
 

 

Cancelamento de Palestra:

 
GMHP (Grupo de Morfologia Histórica do Português) e o NEHiLP (Núcleo de Apoio à Pesquisa em Etimologia e História da Língua Portuguesa) comunicam que por motivo de saúde da palestrante está cancelada a palestra "Corpus textual e história do léxico português: o caso do Dicionário Histórico do Português do Brasil", que seria proferida pela Profa. Dra. Maria Filomena Gonçalves (Universidade de Évora/Portugal), no dia 12 de agosto de 2015, no prédio de Letras da FFLCH-USP.
 
 
 

 
 

Próximas Defesas:

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

A programação de eventos, defesas de mestrado e doutorado da FFLCH pode ser vista em http://fflch.usp.br/calendar/2015

Acesse o Portal de Vídeos da FFLCH em nossa página http://comunicacao.fflch.usp.br/portaldevideos