Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Boletim Acontece na FFLCH-USP n. 295

Aula Magna da FFLCH

 

 

 

Tradições estéticas e cultura contemporânea no Japão

 

Tradições estéticas e cultura contemporânea no Japão
com Michiko Okano, Madalena Hashimoto Cordaro e Christine Greiner

Um panorama da sociedade e cultura japonesas, com enfoque nas formas expressivas dos principais gêneros pictóricos, literários e cênicos do país.  O curso analisa as características essências das artes visuais japonesas e seus diálogos com a China e o Ocidente, a produção poética e ficcional no país desde os anos 700 e, ainda, as diferentes visões sobre o corpo presentes no teatro kabuki, no butô e na cultura pop.

Leia mais

 

 

Seminário no Brazil Institute do Wilson Center (transmissão online)

 

Seminário no Brazil Institute do Wilson Center, em Washigton/DC (EUA), discute as pesquisas do livro Trajetórias das Desigualdades no Brasil

* Haverá transmissão online

Os desafios que o Brasil enfrenta contemporaneamente, em particular a crise de governabilidade e a recessão econômica levantam importantes perguntas sobre a capacidade do país preservar importantes ganhos alcançados em  décadas recentes na redução dos historicamente altos graus de desigualdades sociais, econômicas e políticas. Este é o contexto do seminário que  o Brazil Institute of the Wilson Center (Washington, EUA) convoca para o dia 16 de fevereiro, em parceria com o Centro de Estudos da Metrópole da Universidade de São Paulo e a Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (FAPESP).

A discussão reunirá co-autores do estudo mais abrangente já realizado sobre as várias manifestações de desigualdade no maior país da América do Sul bem como acadêmicos de instituições norteamericanas. Publicado no ano passado,  Trajetórias das Desigualdades: como o Brasil mudou nos últimos 50 anos foi recebido como uma importante contribuição para as ciências sociais em temas que se relacionam com as conexões entre democracia, políticas públicas e desigualdade. O livro apresenta novas pesquisas nas trajetórias das desigualdades no Brasil durante os últimos 50 anos. "A sua contribuição primordial reside em ser o primeiro estudo abrangente baseado em sólida pesquisa empírica lidando com mudanças de longo prazo no Brasil", escreveu a professora de Ciência Política da Universidade de São Paulo Marta Arretche, que organizou o volume. "No âmbito teórico, a principal contribuição do livro consiste em demonstrar que a trajetória da redução da desigualdade contempla múltiplas e relacionadas dimensões cujas origens são independentes. Nem a industrialização nem a democracia são condição suficiente para este propósito".

Trajetórias das Desigualdades traz em um único volume uma compilação de estudos em diferentes aspectos das estruturas sociais e econômicas consideradas centrais nos estudos sobre desigualdades, tais como: participação política; acesso a educação, saúde e serviços públicos; inserção no mercado de trabalho; raça e estudos de gênero. Também foram contemplados no livro estudos detalhados acerca das conexões entre desigualdade e a trajetória das migrações e a filiação religiosa. O volume apresenta, em 14 capítulos temáticos, uma perspectiva detalhada e abrangente sobre a desigualdade, contemplando diversas dimensões do problema.

Todos os capítulos têm estudos quantitativos e longitudinais baseados em dados de seis edições do Censo Demográfico, de 1960 a 2010. O estudo examina  as conexões entre diversas macro transições - do país rural ao urbano; do regime autoritário ao democrático; da economia estagnada até a crescente -  e a direção das políticas públicas dos governos democráticos.

Leia mais

 

 

Chamada de Trabalhos para a edição número 3 da Revista Epígrafe

 

Está aberta a nova Chamada de Trabalhos (de 02/02 a 29/02) para a edição de número 3 da Revista Epígrafe, publicação acadêmica organizada por estudantes de graduação em História da USP.
 
São mais que bem-vindos artigos, ensaios, resenhas e propostas de traduções na área de História e em áreas correlatas que abordem temas históricos. Trata-se de um estímulo e uma oportunidade para graduandos divulgarem seus trabalhos de pesquisa e poderem ter acesso a produções de seus colegas. Desse modo, a Revista Epígrafe espera fomentar o debate intelectual na graduação e reconhecer o mérito dos estudantes como autores e pesquisadores.
 
Mais detalhes das normas para publicação e das seções da revista: http://www.revistas.usp.br/epigrafe/announcement
 
Mais informações, dúvidas, sugestões e críticas: Facebook (https://www.facebook.com/RevistaEpigrafe/) ou e-mail (revepigrafe@gmail.com).

Nietzsche e o riso

Morfologia em diacronia-os caminhos e devios de um afixo na história da língua: o percurso histórico-semântico do prefixo des- em bases sufixadas em formações parassintéticas

Da luta pela terra à territorialização quilombola: o caso da comunidade Porto Velho, Iporanga/SP

Natureza e patrimônio cultural: a geomorfologia como referencial metodológico no tombamento de áreas naturais

Efeitos literários e níveis de pertinências: o papel da literatura na obra Anatomia de um instante, de Javier Cercas

O rei Lear da estepe, de Ivan Turguêniv: uma tragédia russa

Terminologia e neologia em silvicultura urbana: o léxico na ressignificação do espaço urbano

As possibilidadesnde relacionamento entre capitalismo e a economia islâmica a partir da perspectiva de Muhamad Baqir Assadr

O pequeno Decameron de Luigi Capuana: proposta de tradução comentada e anotada

Um olhar sobre o grou, a felicidade, a neve e o mistério: as quatro irmãs Makioka

O ensino de Geografia e do urbano na Educação de Jovens e Adultoa (EJA) no Brasil: as possibilidades e uma formação cidadã para a conquista do direito à cidade

Formas de representação de densidade demográfica para a região metropolitana de São Paulo com base em dados do Censo 2010 do IBGE

Uma revista da ditadura à democracia: cultura e política em Punto de Vista (1978-2008)

A associação cultural ítalo-brasileira do Rio de Janeiro: história, identidades e práticas de ensino de italiano em uma escola pública

 

A programação de eventos, defesas de mestrado e doutorado da FFLCH pode ser vista em http://fflch.usp.br/calendar/2016

 

Acesse o Portal de Vídeos da FFLCH em nossa página http://comunicacao.fflch.usp.br/portaldevideos