Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Timor Leste e o espaço de Língua Portuguesa na Ásia – Horizontes comunitários supranacionais: Consensos e Contradições

Data do Evento: 
qua, 18/10/2017 - 09:00 - sex, 20/10/2017 - 17:30
Participe do III Congresso Internacional do  Laboratório de Interlocuções com a Ásia, que terá lugar na Casa de Portugal nos próximos dias 18, 19 e 20 de outubro, com a presença do Sr. Embaixador da Republica Democrática de Timor-Leste, Gregório de Sousa, na mesa de abertura do Congresso. 
 
 
QUA a SEX | 18 a 20.10.2017 | Programação
 
Casa de Portugal. Av. da Liberdade, 602, Liberdade, São Paulo
 
 
 
 
 
 
O III Congresso Internacional do LIA – 2017, tendo como tema central "Timor-Leste e o Espaço da Língua Portuguesa na Ásia Horizontes comunitários supranacionais: consensos e contradições"pretende estabelecer um amplo debate sobre a complexa situação linguística de Timor-Leste, país de colonização portuguesa até 1975 e dominado pela Indonésia até 1999 – período em que se proibiu o uso da língua portuguesa, se minimizou a comunicação na língua nacional - o tétum - e foi imposta a língua indonésia.  Pretende também discutir formas de aumentar o interesse pelas emergentes literaturas de língua portuguesa na Ásia, tornando-as mais conhecidas no Brasil.
Refletir sobre a presença do português em Timor Leste e, acima de tudo, sobre a literatura que vem sendo ali produzida é a tarefa primordial desse congresso. Em se tratando de uma região repleta de disputas ainda muito vivas no campo da língua e da literatura, não há como refletir sobre os consensos que ali foram estabelecidos sem considerar as contradições que geram. É a partir desse enfoque crítico que se pretende olhar para a realidade linguística e literária de Timor Leste.
É esse o presente quadro que sugere a realização deste Congresso em São Paulo, a maior cidade de língua portuguesa do mundo, reunindo estudiosos vindos dos diferentes países, que procurará, a partir de experiências e pesquisas particulares a cada um dos espaços de realidades diversas, apontar caminhos comuns visando:
à difusão da comunicação em língua portuguesa;
ao estabelecimento de uma política lingüística adequada a contextos plurilíngües e, destacadamente,
às questões colocadas pelas literaturas emergentes no espaço da língua portuguesa na Ásia.
É necessário realizar um diagnóstico da situação da língua portuguesa em Timor-Leste no período que vai do restabelecimento da estabilidade política até os dias atuais - período comumente denominado ”período pós-conflito”. Porém, no que concerne ao aspecto linguístico e literário, questões fundamentais ainda não foram devidamente formuladas e equacionadas. O problema do ensino do português em Timor-Leste passa ainda pelas condições materiais de trabalho. Finalmente, diante da diversidade lingüística do Timor, revela-se evidente a necessidade de o ensino do português dialogar com a dinâmica sociolingüística gerada por tal contexto. É a complexidade desse universo lingüístico e, portanto, cultural, e a urgência de encontrar possíveis soluções para uma prática de ensino da língua portuguesa adequada que justificam a realização deste Congresso. Vale lembrar que muitos dos desafios enfrentados pelos timorenses já fizeram, em alguma medida, parte da história de outras ex-colônias portuguesas, como Brasil, Goa e Macau, e ainda se fazem presentes na história atual das ex-colônias africanas.